Descrição de chapéu Cinema
Cinema

'O Festival do Amor', novo filme de Woody Allen, estreia nos cinemas de SP

'King's Man - A Origem' e 'Roda do Destino' são outros títulos que chegam às salas paulistanas

São Paulo

Enfim 2022 chegou, e o cinema segue com o seu fluxo de lançamentos após um ano de vários adiamentos e de um segundo semestre recheado de blockbusters.

Agora, começam a chegar filmes que estavam sendo comentados desde o ano passado, como "O Festival do Amor", de Woody Allen, em que o diretor resolve cutucar a própria indústria do cinema, em particular as aparências dos festivais internacionais.

Quem faz o alter ego cheio de manias de Allen desta vez é Wallace Shawn, que estreou no cinema em "Manhattan", de 1979, e agora faz um professor de cinema cuja mulher, papel de Gina Gershon, está tendo um caso com um badalado cineasta, vivido por Louis Garrell, a quem assessora. O festival de San Sebastián, na Espanha, é o cenário para essas crises e reflexões dessa comédia bem à moda dos últimos filmes do diretor —talvez mais reclamão do que nunca.

Na seara dos blockbusters, a estreia é "King's Man - A Origem", terceiro título da franquia inspirada nos quadrinhos e que se passa décadas antes dos filmes originais, acompanhando o nascimento da ordem de agentes secretos no começo do século 20. Ralph Fiennes é o protagonista que vai encontrar figuras históricas como Rasputin e Mata Hari nessa jornada para impedir a morte de milhares de inocentes.

Outra sequência de um trabalho de sucesso é "Sing 2", em que todo o repertório musical da Universal fica à disposição para serem interpretados pelos mais diversos animais. Na trama, um grupo de estrelas tenta convencer um lendário astro do rock a sair da reclusão e se juntar a eles em um espetáculo babilônico. O elenco de dubladores inclui Wanessa Camargo, Fiuk e Lexa.

A animação japonesa "My Hero Academia - Missão Mundial de Heróis" põe os heróis da franquia de sucesso em uma missão urgente em que eles devem salvar o mundo em apenas duas horas.

Mas, falando em produções japonesas, "Roda do Destino" é o destaque para quem quer um filme sobre relacionamentos, diálogos, acasos e desencontros. A direção é de Ryusuke Hamaguchi, diretor que está em alta e na corrida pelo Oscar com "Drive My Car", que deve ser lançado em circuito ainda neste ano.

Se for ao cinema, não deixe de seguir as orientações de prevenção contra o coronavírus. Mantenha as mãos higienizadas, use uma máscara adequada e não tire a proteção do rosto durante a exibição.

O Festival do Amor
Um professor de cinema sai da sua amada Nova York para acompanhar a mulher no festival de San Sebastián, na Espanha, onde ela assessora um badalado cineasta. O galã vivido por Louis Garrel não desgruda da mulher e, enquanto isso, o alter ego de Allen vai passear pela cidade em busca de novos horizontes, esquivando-se do sorriso falso no qual está mergulhado o ambiente artístico.
Espanha/EUA/Itália, 2021. Direção: Woody Allen. Com: Wallace Shawn, Louis Garrel e Gina Gershon. 12 anos
Leia a crítica.


King's Man - A Origem
Um tirano grupo de criminosos, no início do século 20, desperta a criação da ordem de agentes britânicos independentes e dispostos a salvar o mundo. Ralph Fiennes é o protagonista desse terceiro filme da franquia, que mostra os acontecimentos anteriores aos outros longas com Colin Firth e Taron Egerton.
Reino Unido, 2021. Direção: Matthew Vaughn. Com: Ralph Fiennes, Gemma Arterton e Rhys Ifans. 14 anos
Leia a crítica.


My Hero Academia - Missão Mundial de Heróis
Neste filme da famosa série de anime e mangá, a trupe de jovens super-heróis tem apenas duas horas para salvar a Terra de uma organização que quer explodir uma série de bombas ao redor do mundo e eliminar todos aqueles que têm um poder singular.
Japão, 2021. Direção: Kenji Nagasaki. 12 anos


Roda do Destino
Três histórias curtas movidas pelo acaso. Uma menina descobre o novo romance do ex. Outra não cumpre o pedido de um amigo e acaba destruindo sua vida. E, por fim, uma mulher acredita ter reencontrado uma figura importante de sua vida. Recheado de extensos diálogos, o japonês Ryusuke Hamaguchi faz uma ode ao desejo e à imaginação.
Japão, 2021. Direção: Ryusuke Hamaguchi. Com: Kotone Furukawa, Kiyohiko Shibukawa e Katsuki Mori. 16 anos
Leia a crítica.


Sing 2
A sequência da animação da Illumination traz a turminha de animais —que replica todo o universo do
showbiz e do repertório musical da Universal— em busca de um astro do rock lendário recluso para integrar uma apresentação que deve ficar para a história.
EUA, 2021. Direção: Garth Jennings. Com: Wanessa Camargo, Fiuk e Lexa.
Leia a crítica.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais