Nova Eugênia Café Bar vende destaque feminino, mas deixa a desejar

Em Pinheiros, bar visa integrar movimento de dar destaque ao protagonismo feminino

Marina Consiglio
São Paulo

Inaugurado no começo do mês, em Pinheiros, o Eugênia se promove como um bar que faz parte de um movimento em voga atualmente: o de destacar o protagonismo feminino.

Este logo aparece no nome da casa, homenagem à jornalista, atriz e diretora de teatro Eugênia Álvaro Moreyra (1898-1948), pioneira do feminismo no Brasil.

Drinques Clitorea e Eugênia, do menu do novo Eugênia Café Bar - Gui Moane/Divulgação

Surge, também, na equipe que trabalha no local. A chef Isabela Cordaro assina o menu de comes, com itens como a polenta com creme de gorgonzola. No dia da visita da reportagem, porém, a tábua de antepastos da casa (com queijo da serra da Canastra, chorizo espanhol, geleia de tomates-verdes e tapenade; R$ 36) chegou à mesa com um pedaço de plástico na tapenade e quem lidou com a questão foi um homem, sócio da casa, com atendimento atencioso. 

Além dos cafés especiais, a casa destaca a coquetelaria. Preparados pela bartender Flavia Suppi (mas assinados pelo jornalista e sócio da casa Paulo Lima), os drinques ganham nomes de mulher e, muitos deles, aromas florais. O Samira é feito de vodca, xarope de rosas do Líbano e limão-siciliano (R$ 27).

R. Con. Eugênio Leite, 953, Pinheiros, tel. 99699-0323. Seg. a sáb.: 13h às 23h. Não aceita tíquetes. Drinque Eugênia: R$ 27.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais