Descrição de chapéu Vinho
Bares

Conheça 10 wine-bares para apreciar um bom vinho nos dias frios de São Paulo

Taças e garrafas acompanham pratos saborosos em casas de ambiente aconchegante

Isabel Teles
São Paulo

Nem só de sopas e fondues vive a gastronomia paulistana nas noites de inverno. Apesar da oscilação da temperatura em São Paulo, com dias amenos e outros de friaca congelante, a estação também é ideal para uma boa taça (ou garrafa) de vinho. 

Além das sugestões tradicionais de países, como Chile, Argentina, Itália ou França, algumas casas oferecem vinhos de origens menos óbvias, como Grécia ou Eslovênia. Outros lugares também oferecem aulas relacionadas à bebida. Confira dez wine-bares com ambientes aconchegantes e cardápios ideais para aproveitar a frente fria na capital.


Beverino
O sommelier Bruno Bertoli oferece apenas vinhos naturais (feitos com uvas orgânicas e com menos intervenção química) nas poucas mesas do seu bar. Os rótulos são renovados periodicamente, com opções de vinhos em taça ou garrafa. A oferta de petiscos é rotativa, mas segue a linha das bebidas, com destaque para frios e embutidos artesanais e de produtores locais.
R. General Jardim, 702, Vila Buarque, região central, tel. 98438-3597. Qua. a sáb.: 14h às 18h. 

Alguns dos rótulos disponíveis no Beverino, bar de vinhos naturais e biodinâmicos na Vila Buarque
Alguns dos rótulos disponíveis no Beverino, bar de vinhos naturais e biodinâmicos na Vila Buarque - Thiago de Jesus/Folhapress

Bardega
São 110 rótulos disponíveis em 12 máquinas nas quais o próprio cliente se serve, basta escolher o tamanho da dose. As opções disponíveis são em taças de 120 ml, 60 ml ou 30 ml, as menores doses custam R$ 4 ou R$ 5. Para acompanhá-las, a casa oferece beliscos como as croquetas de jamón. 
R. Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 218, Itaim Bibi, tel. 2691-7578. Ter. a sáb.: 18h30 à 1h. 

Ciao! Vino e Birra
Vinho, cerveja e comida italiana compõem o menu desta casa no Paraíso. São cerca de 60 opções de rótulos, com uma alternativa rotativa de tinto em taça. Boas pedidas para acompanhar a bebida são a alcachofra recheada de mozarela de búfala, empanada e frita, o funghi trifolatti, feito na manteiga com vinho branco, queijo de cabra e pesto ou a schiacciata, um pão cítrico típico da toscana com molho pomodoro, mozalera de búfula gratinado acompanhado de pesto e sardella.
R. Tutóia, 451, Paraíso,  tel. 2306-3561 . Ter. a sex.: 12h às 15h e 18h à 0h. Sáb.: 12h à 0h. Dom.: 12h às 16h. 

Dionysos 
O bar começou como loja e, hoje, agregou o serviço de delivery. Para os convivas, são 110 rótulos de vinho dispostos em prateleiras para escolher, encher a taça e ir beber na varanda. Entre as sugestões está o espanhol Voraz Crianza (R$ 96), que pode ser acompanhado por quitutes como bruschettas ou uma tábua de embutidos Pirineus. No dia 27 de julho, a casa faz um coquetel de reinauguração, com ingressos a R$ 45 (que incluem os comes, bebidas serão cobradas à parte).
R. Dep. Lacerda Franco, 207, Pinheiros, tel. 2628-4645. Ter. a sáb.: 18h à 0h.

Taça de vinho branco, tábua de queijos e embutidos
Tábua de queijos e embutidos é opção de entrada no novo bar Dionysos - Vinicius Assencio/Divulgação

LiBar Vinhos
Com um nome que significa beber, a sommelière Alexandra Corvo mantém este balcão junto à escola Ciclo das Vinhas, onde também leciona sobre a bebida. Os cursos podem ser sobre os clássicos franceses, os portugueses ou ainda vinhos do novo mundo. Variedades de brancos, tintos e rosés são servidas em taças (R$ 28) ou garrafas (R$ 110), para acompanhar, vale pedir a tábua de queijos (R$ 28). 
R. Artur de Azevedo, 502, Cerqueira César, tel. 3284-3626. Seg. a sáb.: 12h às 20h.

Ovo e Uva 
A casa serve cerca de 140 variedades da bebida, com destaque para rótulos diferentões de países como Eslovênia e Grécia. Para acompanhar, um dos destaques é o brie empanado ao molho de mel e chutney de goiaba, criação do chef José Rosa.
R. Mateus Grou, 286, Pinheiros, tel. 3085-3070. Ter.: 12h às 15h e 18h às 23h. Qua. e qui.: 12h às 15h e 18h à 0h. Sex. e sáb.: 12h à 0h. Dom.: 12h às 22h.

 

Rubi Wine Bar
Em ambiente despojado, serve 125 opções de garrafas de vinho tinto, sendo 16 delas, servidas em taças de 185 ml (a partir de R$ 18). O menu tem petiscos que harmonizam com os rótulos, como o crostini de tartar de salmão, e pratos, como o ossobuco com risoto à milanês.
Al. Jaú, 1.595, Jardim Paulista, tel. 4323-1667. Seg. a sáb.: 12h às 15h30 e 18h à 0h. 

Prosa e Vinho
É no terraço da galeria Metrópole que fica a casa dos sommeliers Daniela Peres e Rubens Lastre. Esse misto de loja e bar de vinho garimpa produtores nacionais (a preços amigáveis). São quase 400 variedades que podem ser degustadas por valores entre R$ 10​ e R$ 25 a taça. 
Galeria Metrópole - Av. São Luís, 187, 3º piso, lj. 1, República, tel. 3151-3692. Seg. a sex.: 12h às 22h. Dom.: 11h às 18h. 

Salão do Prosa e Vinho, na Galeria Metrópole
Salão do Prosa e Vinho, na Galeria Metrópole - Divulgação

Sacra Rolha 
Especializada em vinhos com borbulhas, tem uma fornida carta de rótulos de diferentes origens. Com ambiente escurinho e intimista, ideal para ir a dois, combine as taças com receitas de acento italiano, caso do linguini ao gorgonzola e frango crocante. Há também sugestões de outros países, como o sul-africano pinotage Nederburg (R$ 79). Se a fome não for tanta, belisque brusquetas ou tábua de frios.
R. Rio Grande, 304, Vila Mariana, tel. 4304-0300. Ter. a sáb. 18h à 0h45.

Vino!
Assumindo de vez a vocação de bar, a marca abriu essa casa especializada em vinhos: são 300 rótulos 50 estão disponíveis em taça. Para acompanhar os brindes, ovo perfeito com espuma de queijo da serra da Canastra e crocante de bacon.
R. Fradique Coutinho, 47, Pinheiros, tel. 2614-0145. Seg. a qua.: 17h à 0h. Qui. 17h à 12h. Sex. e sáb.: 17h à 1h.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais