Descrição de chapéu música mpb
Shows

Com Ney Matogrosso, Maria Gadu e novatos, festival Coala chega a sexta edição

Evento convida Duda Beat, BaianaSystem e Djonga para os dois dias de shows

São Paulo

Depois de dobrar de tamanho em 2018, quando fez sua primeira edição com dois dias de shows, o festival Coala repete a estratégia em seu sexto ano, realizado neste sábado (7) e domingo (8), no Memorial da América Latina.

Inteiramente dedicado à música brasileira, o evento mantém a fórmula certeira, que alterna apresentações de artistas consagrados e recém-chegados e preza pelos encontros geracionais no palco. 

Se no ano passado Elza Soares cantou acompanhada do bloco Ilú Obá de Min e Criolo subiu ao palco com Milton Nascimento, em 2019, Elba Ramalho se apresenta ao lado de Mariana Aydar e Chico César divide o palco com Maria Gadu, por exemplo.

Os cantores Maria Gadú e Chico César
Os cantores Maria Gadú e Chico César apresentam show inédito no Coala Festival - Flora Pimentel

A baiana Josyara, que abre a ala das novidades no sábado (7), com seu “Mansa Fúria” (2018), é um dos destaques  recentes dessa nova cena. Já a pernambucana Duda Beat, a esta altura consolidada na música nacional, também toca no dia, que ainda tem a diva do carimbó, Dona Onete, a dobradinha entre Mestre Anderson Miguel e Renata Rosa e o sucesso soteropolitano que arrasta multidões carnavalescas do BaianaSystem.

No domingo (8), Curumin convida Geovana e Saulo Duarte no começo do dia, que segue com os baianos Afrocidade, influenciado pela música do Ilê Aiyê e do Timbalada, e Letieres Leite e sua Orkestra Rumpilezz, formada por músicos de percussão e sopro. 

O rapper Djonga, importante nome do gênero, e Ney Matogrosso, gigante da música nacional, encerram o último dia de evento.

Djonga
Djonga - Djonga

Sábado (7)

13h30: Josyara
14h50: Dona Onete
16h15: Duda Beat
17h35: Elba Ramalho convida Mariana Aydar
19h05: Mestre Anderson Miguel e Renata Rosa
20h40: BaianaSystem

A cantora paraense Dona Onete
A cantora paraense Dona Onete - Adriano Fagundes/Divulgação

Domingo (8)

13h30: Curumin convida Geovana e Saulo Duarte
14h50: Afrocidade
16h10: Chico César e Maria Gadu
17h40: Letieres Leite e Orkestra Rumpilezz
18h30: DKVPZ 
e Kevin O Chris
19h10: Djonga
20h40: Ney Matogrosso

Memorial da América Latina - Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664, Barra Funda, tel. 3823-4600. Sáb. (7) e dom. (8): 11h. 16 anos. Ingr.: R$ 180 a R$ 260. Com 1 kg de alimento não perecível: R$ 135 a R$ 160. Passe Coalático: R$ 190. Ingr. p/ totalacesso.com.br.  

Veja outros shows de música brasileira:

Héloa
A cantora sergipana lança seu novo trabalho, “Opará”, que tem o ritmo das marés como fio condutor. As tradições de origens africanas, indígenas e do sertão aparecem no disco com parcerias com Fabiana Cozza e Mestrinho. Luedji Luna, Zé Nigro e o Mulheres Livres, coral formado na penitenciária feminina do Carandiru, participam do lançamento.
Auditório Ibirapuera Oscar Niemeyer - plateia interna - Av. Pedro Álvares Cabral, portões 2 e 3, Parque Ibirapuera tel. 3629-1075. Sex. (6): 21h. 90 min. 18 anos. Ingr.: R$ 30. Ingr. p/ ingressorapido.com.br. 

Jaloo
No mesmo dia em que seu segundo disco é lançado, o paraense estreia o trabalho, “ft”, ao vivo. Levando para o show a energia do CD, criado a partir de colaborações com importantes nomes da música nacional, o cantor convida para o palco Lucas Santtana, Lia Clark, Karol Conka e a parceira de longa data, MC Tha.
Cine Joia - Pça. Carlos Gomes, 82, Centro, região central, tel. 3101-1305. 992 pessoas. Sex. (6): a partir das 23h30. 18 anos. Ingr.: R$ 60 a R$ 80. Doando um quilo de alimento não perecível: R$ 30 a R$ 40. Ingr. p/ ingresse.com.  

A cantora sergipana Héloa
A cantora sergipana Héloa - Divulgação

Luiza Lian
A cantora e compositora paulistana segue com a turnê do elogiado “Azul Moderno” (2018), que tem produção de Charles Tixier —que a acompanha no palco— e Tim Bernardes, que faz participação na noite. Inspirado no cinema expandido, o espetáculo audiovisual passa por músicas como “Pomba Gira do Luar” e anteriores, como “Tucum”.
Sesc Bom Retiro - teatro - Al. Nothmann, 185, Campos Elíseos, região central, tel. 3332-3600. 291 lugares. Sex. (6): 21h. Sáb. (7): 18h. 60 min. 12 anos. Ingr.: R$ 9 a 
R$ 30. Ingr. p/ sescsp.org.br.  

Marcelle
Música eletrônica e regional se misturam no trabalho da sergipana radicada em São Paulo, “discoNeXa”, lançado neste ano.
Sesc Paulista - praça (térreo) - Av. Paulista, 119, Bela Vista, região central, s/ tel. Sáb. (7): 17h30. 60 min. 18 anos. Ingr.: R$ 9 a R$ 30. Ingr. p/ sescsp.org.br.  

Maria Rita
No show Voz e Piano, a cantora paulistana se apresenta acompanhada do músico Rannieri Oliveira e passa por músicas como “Pagu” com arranjos intimistas, além de fazer releituras de canções de Gonzaguinha e Luiz Gonzaga.
Teatro Bradesco - R. Palestra Itália, 500, 3º piso, Perdizes, tel. 3670-4100. Sáb. (7): 21h. 75 min. 14 anos. Ingr.: R$ 120 a R$ 180. Ingr. p/ uhuu.com.  

O cantor paraense Jaloo
O cantor paraense Jaloo - Jr Franch/Divulgação

Orlando Bolão
O percussionista lança o instrumental “Happiness”, que sucede “Back 2 Bahia”, de 2001. Mesclando sons não convencionais, como os de antenas de TV e de extintores de incêndio, a instrumentos de nylon, madeira e couro, ele revela o trabalho que pesquisa ancestralidades rítmicas.
JazznosFundos - R. Card. Arcoverde, 742, Pinheiros, tel. 3088-0645. 120 pessoas. Qui. (12): 21h. 90 min. 18 anos. Ingr.: R$ 25 a R$ 40. Ingr. p/ sympla.com.br.

Otto
O músico pernambucano interpreta suas canções conhecidas por referenciar ritmos como frevo, forró, ciranda e sons eletrônicos presentes em discos como o mais recente, “Ottomatopeia”, de 2017.
Estrella Galícia Estação Rio Verde - R. Belmiro Braga, 119, Pinheiros, região oeste, tel. 3034-5703. 500 lugares. Qui. (12): 22h. 90 min. 18 anos. Ingr.: R$ 20 a R$ 30. Ingr. p/ web.lets.events.  

Saulo Duarte
O cantor e compositor paraense percorre seu disco solo, “Avante Delírio” (2018), que tem canções como “Flor do Sonho” e “As Luzes da Cidade”, sonoridade que mistura instrumentos de sopro, sintetizadores, clarinete e percussão. Ele também revisita canções conhecidas de sua trajetória na banda Saulo Duarte e a Unidade, caso de “Me Dei Conta” e “Mistério no Olhar”.
Mundo Pensante - R. Treze de Maio, 830, Bela Vista, região central, tel. 5082-2657. 420 pessoas. Ter. (10): a partir das 23h. 18 anos. Ingr.: R$ 20. Até as 24h: grátis. Ingr. p/ eventbrite.com.br.  

Tom Zé
No show inédito Comemoração, o cantor baiano percorre três importantes discos de sua carreira, formada por 23 álbuns. Celebrados como os melhores de suas respectivas décadas pelo site Pitchfork, “Grande Liquidação” (1968), “Estudando o Samba” (1976) e “Nave Maria” (1984) são relembrados por meio de canções como “Dói”, “São São Paulo” e “Mamar no Mundo”.
Casa Natura Musical - R. Artur de Azevedo, 2.134, Pinheiros, região oeste, tel. 4003-6860. 710 lugares. Sáb. (7): 22h. 90 min. 16 anos. Ingr.: R$ 80 a R$ 160. Ingr. p/ sympla.com.br.  

Toquinho, Ivan Lins e MPB4
O músico paulistano Toquinho segue com as comemorações dos seus 50 anos de carreira e divide o palco com os parceiros Ivan Lins e o grupo de Niterói MPB4. Juntos, eles passam por canções como “Aquarela” e “Dinorah, Dinorah”.
Tom Brasil - R. Bragança Paulista, 1.281, Vila Cruzeiro, região sul, tel. 4003-1212. 1.992 lugares. Sáb. (7): 22h. 90 min. 16 anos. Ingr.: R$ 119 a R$ 259. Ingr. p/ sympla.com.br.  

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais