Osesp: Saiba como comprar ingressos para assistir à orquestra em 2022

Orquestra tem mais de 100 apresentações neste ano e homenagens à Semana de Arte Moderna

São Paulo

A Osesp, Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, é mais uma instituição a dedicar o seu ano de 2022 ao centenário da Semana de Arte Moderna. Com início nesta quinta, dia 10, a programação se estende até dezembro e está recheada com mais de cem concertos.

Chamada de "Vasto Mundo: Clássicos Modernistas", em homenagem aos versos de Carlos Drummond de Andrade, a nova temporada pretende exibir 122 obras que jogam luz sobre a produção musical modernista ou que, de certa forma, dialoguem com o movimento.

Em foto colorida, figura a Osesp em apresentação com maestro Neil Thomson na Sala São Paulo, em setembro de 2021
Osesp em apresentação com maestro Neil Thomson na Sala São Paulo, em setembro de 2021 - Isadora Vitti/Divulgação

São sinfonias e recitais com a orquestra, o Coro da Osesp e o Quarteto Osesp, por exemplo.

A temporada é dividida em ciclos, começando com o chamado "Clássicos Modernistas". Nas performances de quinta (10), sexta (11) e sábado (12), na Sala São Paulo, a Osesp toca duas peças de Heitor Villa-Lobos, que é o homenageado da programação. Obras do finlandês Jean Sibelius e do francês Maurice Ravel também aparecem no repertório. ​

Mas os ciclos podem se misturar –caso do "Escolha do Maestro", que se entrelaça ao "Clássicos Modernistas" na estreia da programação. O ciclo Maestro exibe uma amostra das sinfonias do finlandês Jean Sibelius, além de seu "Concerto para Violino", com participação do violinista Tedi Papavrami.

A estreia da temporada seria regida pelo suíço Thierry Fischer, regente titular da Osesp, mas sua apresentação neste início de ano precisou ser adiada depois que um familiar dele recebeu um diagnóstico positivo de Covid. Em seu lugar, sobe ao palco o maestro Neil Thomson.

A programação segue no domingo (13) com performance do Quarteto Osesp, que conta com o pianista israelense Tom Borrow em uma apresentação também na Sala São Paulo. No repertório, aparecem produções como "Quarteto nº 15", de Villa-Lobos, e o "Concerto para Violino, Piano e Quarteto", do francês Ernest Chausson. Depois, entre os dias 17 e 19 de março, Borrow deixa o Quarteto para subir ao palco com a Osesp.

A orquestra vai apresentar ainda os ciclos "Viva Villa!", com cerca de duas dezenas de peças de Villa-Lobos.

Os ingressos custam a partir de R$ 25, mas há durante o ano algumas apresentações gratuitas. As entradas para ver o Quarteto Osesp partem de R$ 112. As vendas são feitas online, na plataforma Inti, ou presencialmente na Sala São Paulo. É possível ver a programação prevista para o ano neste link.

Se for sair de casa para assistir aos espetáculos, não se esqueça de usar máscara.

Nova temporada da Osesp - 'Vasto Mundo: Clássicos Modernistas'

  • Quando Estreia nesta quinta (10), às 20h30. Sessões na sexta (11), às 20h30 e sábado (12), às 16h30. Quarteto Osesp no domingo (13), às 18h
  • Onde Sala São Paulo - praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos, região central
  • Preço Osesp: de R$ 25 a R$ 230. Quarteto Osesp: de R$ 112 a R$ 127
  • Link: https://osesp.byinti.com/#/ticket/

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais