Batalha do século 16 inspira 'Guanabara Canibal', peça sobre questão indígena

Amanda Ribeiro

Em 1567, os portugueses decidiram pôr fim ao domínio francês na baía de Guanabara. Obrigados a guerrear ao lado dos colonizadores, os índios acabaram sendo exterminados. Assim, foi fundado o Rio de Janeiro.

Essa é a história contada pelo espetáculo "Guanabara Canibal", da Aquela Cia., que estreia no sábado (20), no Sesc 24 de Maio.

A peça usa o extermínio do século 16 para debater a situação atual e questionar o que sobrou da presença indígena no local. Dirigido por Marco André Nunes, este é o último texto da trilogia sobre a cidade.

O segundo, "Caranguejo Overdrive", venceu três prêmios Shell no Rio em 2016.

Sesc 24 de Maio - R. Vinte e Quatro de Maio, 109, República, tel. 3350-6300. 216 lugares. Sex.: 21h. Sáb.: 18h e 21h. Dom.: 18h. Estreia 20/1. Até 18/2. Sessões extras 25/1, 14h e 18h. Ingr.: R$ 9 a R$ 30, p/ sescsp.org.br.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais