Dez anos depois da última montagem, 'A Noviça Rebelde' volta a São Paulo

Musical da Broadway tem Malu Rodrigues, Gabriel Braga Nunes e Marcelo Serrado

 
Amanda Ribeiro
São Paulo

É só ouvir a primeira canção da nova montagem do musical “A Noviça Rebelde”, que estreia nesta quarta (28) no Teatro Renault, para ver que muito mudou desde que Charles Möeller e Cláudio Botelho estrearam uma versão da peça, em 2008.

“Quando estreamos, ainda estávamos tentando fazer os musicais acontecerem no Brasil. Na época, a dificuldade era construir a casa, e não escolher o que botar dentro”, diz Botelho. Essa é a primeira vez que a dupla remonta um dos quase 50 musicais que dirigiu.

Com o gênero consolidado, eles abandonaram o papel de construtores para lapidar detalhes na dramaturgia. As letras de algumas músicas mudaram e o texto passou a se guiar pela obra que deu início a tudo: o livro de memórias escrito por Maria von Trapp em 1949.

A trama se passa pouco antes da Segunda Guerra Mundial e tem como protagonista a  noviça Maria, que ama cantar. Por não se adaptar às regras do convento em que vive, ela vai trabalhar como governanta dos soturnos Von Trapp e usa a música para trazer a alegria de volta à família.

A história estreou na Broadway em 1959 e ganhou o mundo em 1965, quando Julie Andrews viveu Maria no cinema.

Nos palcos brasileiros, a noviça é interpretada por Malu Rodrigues, que trabalha pela décima vez ao lado de Möeller e Botelho. Na montagem de 2008, ela viveu uma das crianças Von Trapp. Larissa Manoela também retorna ao musical com um papel diferente: em vez de interpretar a caçula Gretel, agora é a filha adolescente Liesl.

A escolha do elenco —formado também por Gabriel Braga Nunes e Marcelo Serrado, atores do teatro falado— reforça o que, para Botelho, é uma das maiores mudanças na área da última década. “O musical deixou de ser um lugar onde o mais importante é atingir as notas altas e se tornou um espaço em que é fundamental ser ator e saber contar histórias.”

Teatro Renault - Av. Brig. Luís Antônio, 411, Bela Vista, tel. 4003-5588. 1.500 lugares. Qua. a sex.: 21h. Sáb.: 16h e 21h. Dom.: 15h e 20h. Até 27/5. Estreia 28/3. Ingr.: R$ 75 a R$ 310. Saiba mais 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais