Mais longevo musical da Broadway, 'O Fantasma da Ópera' ganha nova montagem

Espetáculo dirigido por Harold Prince estreia na quinta (2)

Amanda Ribeiro
São Paulo

Vinda das profundezas da Ópera de Paris, a figura do Fantasma emerge nos palcos do Teatro Renault depois de 13 anos da estreia da primeira versão em São Paulo. Remontagem brasileira do mais longevo espetáculo da Broadway, “O Fantasma da Ópera” tem Thiago Arancam e Lina Mendes nos papéis principais e estreia na quinta (2).

Baseado no romance do francês Gaston Leroux, o musical de Andrew Lloyd Webber narra a história de um homem com o rosto deformado, que vive no subsolo de uma ópera, escondido de todos. Músico brilhante, ele se apaixona pela jovem soprano Christine e passa a persegui-la obsessivamente sem se preocupar com as consequências.

Com exceção de melhorias tecnológicas e ajustes na adaptação das canções, pouco mudou com relação à primeira montagem. Dirigida pelo americano Harold Prince, 90, que assina a montagem da Broadway, o musical não aposta em adaptações de roteiro.

A novidade, talvez, esteja no elenco. Ao contrário da produção anterior, que privilegiou atores do teatro musical como Saulo Vasconcelos e Kiara Sasso, a produção atual importou nomes do canto lírico. Este é o primeiro espetáculo teatral de Thiago Arancam e Lina Mendes, que atuavam apenas em óperas.

Teatro Renault - Av. Brig. Luís Antônio, 411, Bela Vista, tel. 4003-5588. 1.530 lugares. Qua. a sex.: 21h. Sáb.: 16h e 21h. Dom.: 15h e 20h. Estreia 2/8. Ingr.: R$ 75 a R$ 280.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais