Descrição de chapéu teatro
Teatro

Veja 17 peças teatrais gratuitas para curtir durante as férias de julho em SP

Guia seleciona espetáculos em que você não precisa pagar nada ou pode fazer uma contribuição

Sílvia Haidar
São Paulo

Com as universidades e o ensino médio em férias, o mês de julho é um bom período para colocar a programação cultural em dia.

Para não usar a falta de dinheiro ou os preços altos dos ingressos como desculpa, o Guia seleciona peças teatrais gratuitas ou com contribuição voluntária para curtir em São Paulo.

Entre os espetáculos estão "O Caderno Rosa de Lori Lamby", de Hilda Hilst, com direção de Bete Coelho, e "A Falecida", de Nelson Rodrigues, dirigido por Eloísa Vitz. 

'7 Leituras, 7 Autores, 7 Diretores'
Texto: Federico García Lorca. Direção: Roberto Alvim. Com: Beatriz Diaféria, Claudinei Brandão, Iara Jamra, Maíra Dvorek e Rubens Caribé. 80 min. 14 anos.
O ciclo de leituras dramáticas, que dedica seu 12º ano à obra do espanhol Federico García Lorca (1898-1936), apresenta neste mês a peça “Dona Rosita - A Solteirona”, com direção de Roberto Alvim.
Sesc Consolação - teatro Anchieta - R. Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, região central, tel. 3234-3000. 280 lugares. Ter.: 19h30. Até 24/7. sescsp.org.br. Retirar ingresso com antecedência de uma hora. GRÁTIS

'11 Selvagens'
Texto e direção: Pedro Granato. Com: Anna Galli, Beatriz Silveira, Mariana Marinho e outros. 90 min. 16 anos.
Criado ao longo de 2016 a partir de experiências de um grupo de jovens atores, o espetáculo traz 11 situações cotidianas nas quais as pessoas perdem o controle. Nos quadros, encenados em arena, relações violentas e sensuais explodem em músicas e coreografias.
Casa de Cultura do Butantã - teatro - Av. Junta Mizumoto, 13, Jardim Peri Peri, região oeste, tel. 3742-6218. Sáb.: 19h. Até 21/7. Estac. (grátis). facebook.com/ccbutanta. GRÁTIS 

'O Assassinato do Presidente'
Texto e direção: Paulo Faria. Com: Leona Jhovs e Paulo Faria. 60 min. 18 anos.
No espetáculo, Ulisses, chefe do tráfico e da prostituição da Boca do Lixo, convida a travesti Penélope para animar uma festa. Está em seus planos para o dia seguinte executar o presidente do país.
Teatro Cia. Pessoal do Faroeste - R. do Triunfo, 305, Santa Efigênia, região central, tel. 3362-8883. 80 lugares. Dom.: 18h. Até 5/8. Ingr.: contribuição voluntária. pessoaldofaroeste.com.br. 

'A Barragem de Santa Luzia'
Texto: Rudifran Pompeu. Direção: Tiche Vianna e Rudifran Pompeu. Com: Nataly Cavalcantti e Clayton Nascimento. 70 min. 16 anos.
A peça narra a batalha de uma mulher para não perder sua casa, que será destruída por uma usina hidrelétrica. Já sem esperanças, ela vê a situação mudar quando encontra uma caixa deixada pelo avô.
Oficina Cultural Oswald de Andrade - R. Três Rios, 363, Bom Retiro, região central, tel. 3222-9574. 30 lugares. Seg. a qua.: 20h. Até 1/8. oficinasculturais.org.br. GRÁTIS 

'O Caderno Rosa de Lori Lamby'
Texto: Hilda Hilst. Direção: Bete Coelho. Com: Iara Jamra. 50 min. 18 anos.
Quase 20 anos depois da estreia, Bete Coelho volta a dirigir essa peça de Hilda Hilst. Na trama, a garota Lori Lamby, de apenas oito anos, anota suas fantasias sexuais em um caderno. Ao longo do monólogo, ela as narra ao leitor.
Biblioteca Mário de Andrade - auditório - R. da Consolação, 94, Consolação, região central, tel. 3775-0020. 170 lugares. Seg.: 19h. Até 30/7. facebook.com/BibliotecaMariodeAndrade. Retirar ingresso com antecedência de uma hora. GRÁTIS

'Dama da Noite'
Texto: Caio Fernando Abreu. Direção: Andre Leahun. Com: Luiz Fernando Almeida. 50 min. 18 anos.
No monólogo, baseado em um conto homônimo do escritor gaúcho Caio Fernando Abreu (1948-1996), uma mulher fala sobre suas experiências, desejos e anseios ao longo de uma noite no bar.
Cabaret da Cecília - R. Fortunato, 35, Vila Buarque, região central, s/ tel. 40 pessoas. Qui.: 21h. Até 26/7. Não aceita cartões. Ingr.: contribuição voluntária. facebook.com/cabaretdacecilia. 

'Deadline'
Texto: Priscila Gontijo. Direção: Fernanda D?Umbra. Com: Eduardo Guimarães, Maria Fanchin e Nicole Cordery. 60 min. 18 anos.
Duas mulheres de meia idade se encontram na sala de espera de um ginecologista. Uma vive uma crise no relacionamento, outra tem problemas profissionais. As dificuldades acabam aproximando-as e as levam a desenvolver uma estranha amizade.
Oficina Cultural Oswald de Andrade - térreo - R. Três Rios, 363, Bom Retiro, região central, tel. 3222-9574. Qui. e sex.: 20h. Sáb.: 16h e 18h. Até 21/7. oficinasculturais.org.br. Retirar ingresso com antecedência de uma hora. GRÁTIS

'Diálogos sobre a Loucura'
Texto e direção: Conrado Dess. Com: André Saboya, Augusto Caliman, Elise Garcia, Ériko Carvalho e Gabriela Andrade. 130 min. 18 anos.
Criado a partir de uma pesquisa conduzida ao longo de dois anos pelo grupo de teatro paulistano Performatron, o espetáculo acompanha um grupo de médicos que, durante a ditadura militar, são demitidos do hospital psiquiátrico em que trabalham e decidem tomar uma atitude drástica.
Oficina Cultural Oswald de Andrade - auditório - R. Três Rios, 363, Bom Retiro, região central, tel. 3222-9574. 30 lugares. Seg. a qua.: 20h. Até 15/8. oficinasculturais.org.br. Retirar ingresso com antecedência de uma hora. GRÁTIS 

'Doc. A. A. A.'
Texto e direção: Lee Taylor. Com: Anderson Vianna, Flávia Meyer, Giovanna Siqueira, Livia Matuti, Paulo Victor Gandra e Rebeca Ristoff. 90 min. 14 anos.
A peça apresenta uma reunião de um grupo de adictos de afeto anônimos, pessoas que sentem não receber carinho suficiente dos que os cercam. Sentados em meio à plateia, os atores dão seus depoimentos sobre dependência afetiva.
Centro Cultural Olido - Av. São João, 473, Centro, região central, tel. 3397-0171. Sex.: 18h30. Até 6/7. prefeitura.sp.gov.br. Retirar ingresso com antecedência de uma hora. GRÁTIS

'Epidemia Prata'
Texto: Cia. Mungunzá de Teatro. Direção: Georgette Fadel. Com: Gustavo Sarzi, Leonardo Akio, Lucas Beda, Marcos Felipe, Pedro Augusto, Verônica Gentilin e Virginia Iglesias. 60 min. 16 anos.
A Cia. Mungunzá comemora dez anos com este espetáculo, que homenageia as crianças que se pintam com tinta prateada para pedir dinheiro nos semáforos e metrôs da cidade. Em um palco coberto por moedas, os personagens discutem temas como miséria e exclusão social.
Teatro de Contêiner Mungunzá - R. dos Gusmões, 43, Santa Efigênia, região central, tel. 97632-7852. 99 lugares. Seg., sáb. e dom.: 20h. Até 30/7. Estac. a partir de R$ 10 (nº 119). ciamungunza.com.br. Retirar ingresso com antecedência de duas horas. GRÁTIS 

'À Espera' 
Texto: Sergio Roveri. Direção: Hugo Coelho. Com: Ella Bellissoni, Jean Dandrah e Regina Maria Remencius. 60 min. 18 anos.
O espetáculo acompanha a vida de duas mulheres sem memória. A mais jovem cuida da outra, mais velha, sem se preocupar com o mundo lá fora. A situação muda com a chegada de um homem, que irrompe pela porta trazendo bebidas e anunciando a intenção de comemorar um aniversário.
Oficina Cultural Oswald de Andrade - sala 7 - R. Três Rios, 363, Bom Retiro, região central, tel. 3222-9574. 30 lugares. Qui. e sex.: 20h. Sáb.: 16h e 18h. Até 21/7. oficinasculturais.org.br. Retirar ingresso com antecedência de uma hora. GRÁTIS 

'A Falecida'
Texto: Nelson Rodrigues. Direção: Eloísa Vitz. Com: Eloisa Vitz, Miriam Jardim, Daniel Gonzales, Laura Vidotto, Mariana Fidelis, Lilian Peres, Rodrigo Vicenzo e Jailton Nunes. 80 min. 16 anos.
Indicado ao prêmio Aplauso Brasil de Teatro, a montagem do grupo Gattu do texto de Nelson Rodrigues conta a história de Zulmira, mulher fanática pela morte que corre de funerária em funerária para planejar o próprio enterro com pompas e cerimônias.
Teatro do Sol - R. Damiana da Cunha, 413, Santa Teresinha, região norte, tel. 3791-2023. 60 lugares. Sáb.: 21h. Dom.: 20h. Até 29/7. teatrodosol.com.br. GRÁTIS

'Molière - Uma Comédia Musical'
Texto: Sabina Berman. Direção: Diego Fortes. Com: Matheus Nachtergaele, Elcio Nogueira Seixas, Renato Borghi e outros. 120 min. 14 anos.
Na corte francesa do século 17, dois dramaturgos travam uma guerra para se tornarem os favoritos do rei: Molière, mestre da comédia, e Racine, entusiasta da tragédia. Aproveitando-se do conflito entre os dramaturgos, o arcebispo Péréfixe propõe que o teatro e os artistas sejam banidos do reino.
Centro Cultural Fiesp - teatro Sesi São Paulo - Av. Paulista, 1.313, térreo, Bela Vista, região central, tel. 3146-7439. 456 lugares. Qui. a sáb.: 20h. Dom.: 19h. Até 29/7. É necessário fazer reserva p/ centroculturalfiesp.com.br. centroculturalfiesp.com.br. GRÁTIS 

'Quero Morrer com meu Próprio Veneno'
Texto: Ana Carolina. Direção: Mika Lins. Com: Luisa Micheletti, Luiza Curvo e Luna Martinelli. 60 min. 14 anos.
A montagem mostra o que aconteceria na cabeça de Ofélia, personagem de Shakespeare, se ela pudesse se apropriar de seu destino. Escrita pela jovem autora Ana Carolina durante sua passagem, em 2017, pelo Núcleo de Dramaturgia SESI-British Council 2017, a peça traz uma Ofélia contemporânea dividida em três vozes: o que pensa sobre si mesma, seu olhar sobre as situações e as visões dos outros pelo seu ponto de vista.
Centro Cultural Fiesp - Mezanino - Av. Paulista, 1.313, térreo, Bela Vista, região central, tel. 3146-7439. 50 lugares. Qua. a sáb.: 20h30. Dom.: 19h30. Até 22/7. É necessário fazer reserva p/ centroculturalfiesp.com.br. centroculturalfiesp.com.br. GRÁTIS 

'Siete Grande Hotel: A Sociedade das Portas Fechadas'
Texto e direção: Rudifran Pompeu. Com: Edmilson Cordeiro Cortez, Carlos Mendes, Keyth Pracanico e outros. 140 min. 14 anos.
O porão do Hotel Cambridge é um dos palcos desta peça do grupo Redimunho que, em determinado momento, migra para a própria sede, a alguns metros dali. A narrativa acompanha personagens solitários e, a partir de suas histórias, aborda temas como guerra, exílio e luta por moradia.
Espaço Redimunho - R. Álvaro de Carvalho, 75, Centro, região central, tel. 3101-9645. 40 lugares. Seg.: 20h. Dom.: 19h. Até 30/7. Não aceita cartões. Ingr.: contribuição voluntária. gruporedimunho.com.br. 

'Sutil Violento'
Texto: Evill Rebouças. Direção: Miguel Rocha. Com: Alex Mendes, Arthur Antonio, Dalma Régia, David Guimarães, Klaviany Costa e Walmir Bess. 90 min. 14 anos.
A Companhia de Teatro Heliópolis aborda neste espetáculo os atos de violência sutis do cotidiano. A encenação expõe os abusos, agressões, confrontos e opressões a que as pessoas podem estar expostas todos os dias.
Casa de Teatro Maria José de Carvalho - R. Silva Bueno, 1.533, Ipiranga, região sul, tel. 2060-0318. 48 lugares. Sáb.: 20h. Dom.: 19h. Até 8/7. Não aceita cartões. Ingr.: contribuição voluntária. facebook.com/mostradeteatrodeheliopolis. 

'Venus Ex Libris'
Texto: Criação coletiva. Direção: Luiz Fernando Marques. Com: Ana Carolina Godoy e Rafael Steinhauser. 90 min. 16 anos.
Livremente inspirada em A Vênus das Peles, obra do escritor austríaco Leopold von Sacher-Masoch (1836-1895), a peça discute sexo, arte e poder. Na trama, um homem e uma mulher se encontram para viver uma fantasia inspirada no livro de Sacher-Masoch. Os dois, então, iniciam um jogo erótico.
Instituto de Arquitetos do Brasil - R. Bento Freitas, 306, República, região central, tel. 3259-6866. 40 lugares. Sáb.: 21h. Dom.: 18h. Até 9/7. Não aceita cartões. Ingr.: contribuição voluntária.
 


 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais