Descrição de chapéu teatro
Teatro

Para celebrar o Dia Internacional do Idoso, mostra de espetáculos discute envelhecimento

Evento do Sesc traz peças como 'As Brasas', baseada em livro do húngaro Sándor Márai

Genézio de Barros e Herson Capri em “As Brasas"
Genézio de Barros e Herson Capri em “As Brasas" - Leo Aversa/Divulgação
Amanda Ribeiro
São Paulo

Para celebrar o Dia Internacional do Idoso,   em 1º/10, 38 unidades do Sesc na capital, no litoral e no interior participam da Mostra Sentidos: A Longevidade na Arte, que discute diversos aspectos do envelhecimento. O evento, que reúne 13 peças de teatro, três espetáculos de dança e quatro intervenções, é apresentado até 11/10.

O objetivo das atrações, que contemplam em seus elencos e tramas o tema do envelhecimento, é romper com estereótipos e preconceitos relacionados ao idoso.

Quem abre a programação, na segunda (1º), é o grupo mineiro Pigmalião Escultura que Mexe, que apresenta o espetáculo de bonecos “Bira e Bedé” na praça da Sé. Na trama, inspirada em “Esperando Godot”, do irlandês Samuel Beckett, duas irmãs idosas tentam se reintegrar à sociedade depois de passarem por um longo período de exclusão.

Entre outros destaques está a peça “As Brasas”, baseada no livro homônimo do escritor húngaro Sándor Márai (1900-1989). Adaptado para o teatro e apresentado pela primeira vez no Brasil pela escritora de telenovelas Duca Rachid, o espetáculo tem Herson Capri e Genézio de Barros no elenco e será encenado gratuitamente na próxima sexta (5) no Sesc Santana.

As Brasas: Sesc Santana - Av. Luiz Dumont Villares, 579, Jardim São Paulo, tel. 2971-8700. Sex. (5): 15h. Retirar ingr. uma hora antes. GRÁTIS

Programação completa: sescsp.org.br/mostrasentidos

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais