Clássico da Broadway, 'Pippin' vem a São Paulo pela primeira vez

Montagem de Charles Möeller e Claudio Botelho traz Totia Meireles no papel de mestre de cerimônias

Manuela Tecchio
São Paulo

Sucesso na Broadway nos anos 1970, quando estreou pela primeira vez, “Pippin” encena a fábula baseada na vida do príncipe herdeiro de Carlos Magno, que, no Brasil, é conhecido como Pepino, o Breve. Na trama, o sensível personagem embarca numa jornada existencial em busca do sentido da vida. 

Nesta montagem, de Charles Möeller e Claudio Botelho, que estreia na sexta (19), o próprio Stephen Schwartz (“Godspell”, “Wicked”, e, no cinema, "Pocahontas"), autor da trilha original, acompanha a adaptação das músicas para o português.

Pela primeira vez na capital paulista, o musical apresenta Totia Meireles no papel da mestre de cerimônias que conduz a trama e realiza números de mágica. 

Totia Meireles na montagem brasileira de Pippin, que estreia na sexta (19)
Totia Meireles na montagem brasileira de Pippin, que estreia na sexta (19) - Daniel Coelho/Divulgação

Este papel foi ocupado por uma mulher (Marília Pêra e, mais tarde, Suely Franco) pela primeira vez em 1974, durante a primeira montagem brasileira do musical, feita por Adolpho Bloch, no Rio de Janeiro. 

Teatro Faap - R. Alagoas, 903, Higienópolis, tel. 3662-7233. 486 lugares. Sex.: 21h. Sáb.: 17h e 21h. Dom.: 15h e 19h. Estreia sex. (19). Até 18/8. Ingr.: R$ 75 a R$ 120 p/ teatrofaap.showare.com.br. 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais