Bolovo com tudo: saiba onde comer o quitute em diferentes versões em SP

Salgado inspira receitas com massa de falafel, de palmito, de alheira e de risoto

São Paulo

Já faz algum tempo que o bolovo —aquele bolinho de ovo cozido envolto em carne— deixou de ser exclusividade dos botecos de São Paulo. Com isso, a receita, que já tinha diversas versões mundo afora, ganhou ainda mais variações. Conheça algumas delas.

Bar do Luiz Fernandes
Das fritadeiras comandadas por dona Idalina saem uma versão mini do salgado: chamada de Carequinha, a receita leva ovo de codorna (com a gema dura). Na massa, alheira e linguiça (R$ 5).
R. Augusto Tolle, 610, Mandaqui; tel. (11) 2976-3556. Ter. a sex.: 16h às 24h. Sáb.: 11h às 20h. Dom.: 11h às 19h.

Boca de Ouro
Faz sucesso o salgado deste bar apertadinho em Pinheiros. A receita tem carne bovina, gema cremosa e é servida com molho rosé apimentado (R$ 15). Para quem ainda não conhece o local, a dica é beliscar o salgado na companhia do Macunaíma (R$ 18), um drinque de cachaça, Fernet Branca, limão-taiti e açúcar.
R. Cônego Eugênio Leite, 1.121, Pinheiros, tel. (11) 4371-3933. Seg. a qua.: 18h às 24h. Qui. a sáb.: 18h às 2h.

Borgo Mooca
Não é de se estranhar que o quitute ganhe uma versão italianada nesta casa mooquense. No lugar da carne, entra o arancini, o bolinho siciliano de risoto —o usado neste fim de semana é o de funghi, mas o sabor do risoto pode variar. Com isso, a receita ganha o nome de Aranciovo (R$ 25). A verdade é que o chef da casa, Matheus Zanchini, deixa a criatividade fluir quando o assunto é bolovo: a depender do dia, a massa pode ser de bochecha de porco, de alheira, de bacalhau... 
R. Com. Roberto Ugolini, 129, Parque da Mooca, tel. 97041-7543. Qui.: 18h às 23h. Sex. e sáb.: 12h às 24h. Dom.: 12h às 17h.

Criação da casa, o Aranciovo é uma versão do bolovo feita com risoto (com sabor que pode variar) no lugar da massa
Criação da casa, o Aranciovo é uma versão do bolovo feita com risoto (com sabor que pode variar) no lugar da massa - Divulgação

Guarita
A estrela do bar é a carta de drinques do barman Jean Ponce, mas também brilha a versão da casa para o bolinho. Ali, o ovo cozido com a gema mole é envolvido com carne moída e massa de coxinha (R$ 9,90). O bocado também está no menu da hamburgueria que leva o nome do local, no Baixo Augusta.
R. Simão Álvares, 952, Pinheiros, tel. 3360-3651. Ter. a sex.: 18h às 2h. Sáb.: 17h às 2h. Dom.: 17h às 24h.

Pinati
Na lanchonete, que oferece comida israelense e mediterrânea, o bolinho foi apelidado de falovo (R$ 15). O motivo? O ovo é envolto em massa de falafel, típico bolinho de grão-de-bico.
Al. Barros, 782, Santa Cecília, tel. 3668-5424. Seg. a qui. e dom.: 12h às 22h. Sex.: 12h às 15h.

Pirajá
Já se chamou Talismã e era servida apenas às quartas a receita de bolovo do bar. Hoje, ganhou nome mais didático: bolovo de alheira (R$ 16). E, para a alegria dos convivas, é servida diariamente no happy hour.
Av. Brig. Faria Lima, 64, Pinheiros, tel. 3815-6881. Seg. a qua.: 12h à 1h. Qui. a sáb.: 12h às 2h. Dom.: 12h às 19h. 

No Pirajá, o bolovo tem massa de alheira
No Pirajá, o bolovo tem massa de alheira - Bruno Geraldi/Divulgação

Quincho
Este misto de bar e restaurante é outro endereço que oferece uma alternativa vegetariana para o quitute, que leva massa de palmito pupunha (R$ 15). A cozinha ali, aliás, é toda vegetariana.
R. Mourato Coelho, 1.140, Pinheiros, tel. 2597-6048 . Ter. a qui.: 12h às 15h30 e 19h às 23h. Sex.: 12h às 15h30 e 19h às 24h. Sáb.: 12h às 23h. Dom.: 10h às 16h.

Void
Point da juventude hipster —seja na matriz, no largo da Batata, seja na unidade do centrão—, a casa entrega um bolovo de respeito. A receita tem carne e é servida com maionese apimentada (R$ 11).
R. Martim Carrasco, 56, Pinheiros. Seg.: 11h às 24h. Ter. a sáb.: 11h à 1h.  Dom.: 12h às 24h.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais