Descrição de chapéu Cinema
Cinema

Saiba quais são os filmes da 43ª Mostra que estreiam em breve no circuito

Entre as estreias estão 'A Vida Invisível' e 'O Farol', novo filme de Robert Eggers

A programação da 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo conta com 327 filmes de 65 países. Ainda que a maioria dos títulos não tenha previsão para entrar em cartaz no circuito nacional, alguns dos maiores destaques já tem dia marcado para estrear por aqui.

 

Entre esses, estão "Parasita", de Bong Joon-ho, vencedor da Palma de Ouro, e "A Vida Invisível", de Karim Aïnouz, representante brasileiro para a categoria de filme internacional no Oscar 2020.

 

Veja abaixo a lista completa das estreias, com datas:

 

OUTUBRO

Dia 31

Odisseia dos Tontos
La Odisea de los Giles. Argentina/Espanha, 2019. Direção: Sebastián Borensztein. Com: Ricardo Darín, Chino Darín e Luis Brandoni. 120 min.  Class. não informada.
Arruinados pelo congelamento bancário no auge da crise financeira argentina, um grupo resolve pegar de volta o dinheiro confiscado —onde quer que esteja. Representante da Argentina ao Oscar de filme internacional.

Papicha
França/Argélia/Bélgica/Qatar, 2019. Direção: Mounia Meddour. Com: Lyna Khoudri, Shirine Boutella e Amira Hilda Douaouda. 106 min. 16 anos.
Uma estudante universitária resiste ao conservadorismo de uma Argélia sob guerra civil ao planejar um desfile de moda. Representante da Argélia ao Oscar de melhor filme estrangeiro.

Segredos Oficiais
Official Secrets. Reino Unido/EUA, 2019. Direção: Gavin Hood. Com: Keira Knightley, Matt Smith e Ralph Fiennes. 112 min. 10 anos.
Baseado em fatos reais, narra a história da tradutora que vazou as informações que comprovaram que o governo dos Estados Unidos estava espionando diplomatas da ONU. O material seria potencialmente usado como chantagem em troca do apoio à invasão do Iraque, em 2003.

A Vida Invisível
Brasil, 2019. Direção: Karim Aïnouz. Com: Fernanda Montenegro, Carol Duarte e Gregório Duvivier. 139 min. 16 anos.
No Rio de Janeiro dos anos 1950, duas irmãs acreditam —equivocadamente— que a outra leva a vida dos sonhos. Vencedor do prêmio Um Certo Olhar em Cannes e representante do Brasil no Oscar de melhor filme estrangeiro.

NOVEMBRO

Dia 7

Parasita
Gisaengchung. Coreia do Sul, 2019. Direção: Bong Joon-ho. Com: Song Kang-ho, Choi Woo-shik e Cho Yeo-jong. 131 min. 16 anos.
A vida de uma família muda drasticamente quando o filho aceita tutorar uma adolescente rica. Vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes.

O Relatório
The Report. EUA, 2019. Direção: Scott Z. Burns. Com: Adam Driver, Jon Hamm e Michael C. Hall. 120 min. 14 anos.
Dramatização de eventos reais mostra elaboração de relatório sobre tortura empregada pela inteligência americana. O crime teria sido usado como tática da guerra ao terror.

 

Dia 21

O Último Amor de Casanova
Dernier Amour. França, 2019. Direção: Benoît Jacquot. Com: Vincent Lindon, Stacy Martin e Valeria Golino. 98 min. 16 anos.
Ao chegar na Londres do século 18, Casanova se encanta por uma esquiva cortesã. Do mesmo diretor da adaptação da ópera “Tosca” (2001).

Sinônimos
Synonymes. França/Israel/Alemanha, 2018. Direção: Nadav Lapid. Com: Tom Mercier, Quentin Dolmaire e Louise Chevillotte. 123 min. 16 anos.
Imigrante israelense em Paris tenta esconder sua nacionalidade com a ajuda de um dicionário. Vencedor do Urso de Ouro no Festival de Berlim.

Dia 28

Carcereiros - O Filme
Brasil, 2019. Direção: José Eduardo Belmonte. Com: Rodrigo Lombardi, Kaysar Daddour e Dan Stulbach. 110 min. 16 anos.
Um agente penitenciário tem de lidar com o aumento na tensão dentro da cadeia com a chegada de um terrorista internacional. Baseado na minissérie homônima exibida pela Rede Globo.

A Resistência De Inga
Héradid. Islândia/Dinamarca/Alemanha/França, 2019. Direção: Grímur Hákonarson. Com: Arndís Hrönn Egilsdóttir, Porsteinn Bachmann e Aevar pór Benediktsson. 92 min. Livre. 
Do mesmo diretor de “A Ovelha Negra" (2015), o filme narra a história de uma fazendeira de laticínios da Islândia que se rebela contra uma poderosa cooperativa.

DEZEMBRO

Dia 5

Cicatrizes
Savovi. Sérvia, 2019. Direção: Miroslav Terzic. 97 min. 16 anos.
Uma mulher não aceita a morte do filho recém-nascido e desconfia que ele foi roubado. Para descobrir a verdade, ela irá contra o hospital, a polícia e sua própria família.

Ainda Temos a Imensidão da Noite
Brasil/Alemanha, 2019. Direção: Gustavo Galvão. Com: Ayla Gresta, Gustavo Halfeld e Steven Lange. 98 min. 16 anos.
Neste drama, uma instrumentista brasiliense, integrante de uma banda de rock, vai tentar a vida na Alemanha.

Dia 12

O Juízo
Brasil, 2019. Direção: Andrucha Waddington. Com: Fernanda Montenegro, Lima Duarte e Criolo. 90 min. 16 anos.
Ao se mudar para uma fazenda abandonada, um homem é tomado pelo desejo de riqueza induzido pelo espírito de um escravo traficante de diamantes que ali vivia.

Dia 20 (Netflix)

Dois Papas
The Two Popes. Reino Unido, 2019. Direção: Fernando Meirelles. Com: Jonathan Pryce, Anthony Hopkins e Juan Minujín. 125 min. 12 anos.
Produzido pela Netflix, mostra a amizade e os conflitos entre o papa Bento 16 e seu sucessor, o papa Francisco. Do mesmo diretor de “Ensaio Sobre a Cegueira” (2008).

2020

JANEIRO

Dia 2

O Farol
The Lighthouse. EUA, 2019. Direção: Robert Eggers. Com: Robert Pattinson e Willem Dafoe. 110 min. 16 anos.
Do diretor do terror ‘A Bruxa’ (2015), o longa exibe, em preto e branco, a história de dois faroleiros de uma ilha remota, enfrentando a convivência forçada, a solidão e seus piores medos.

FEVEREIRO

Dia 6

Abe
EUA/Brasil, 2018. Direção: Fernando Grostein Andrade. Com: Noah Schnapp, Seu Jorge e Dagmara Dominczyk. 85 min. 12 anos.
Tutorado por um chef brasileiro, um garoto nova-iorquino usa seus dotes culinários para unir o lado palestino e o lado israelense de sua família.

Dia 20

Depois a Louca Sou Eu
Brasil, 2019. Direção: Julia Rezende. Com: Débora Falabella, Yara de Novaes e Evandro Mesquita. 86 min. 14 anos.
Baseada em livro homônimo da escritora Tati Bernardi, a comédia narra as desventuras de uma mulher ansiosa ao passar por terapias, medicações e aflições cotidianas.

Macabro
Brasil, 2019. Direção: Marcos Prado. Com: Renato Goés, Amanda Grimaldi e Guilherme Ferraz. 86 min. 14 anos.
Do diretor de “Curumim” (40ª Mostra), reconta a investigação e a ação do Bope no caso dos irmãos necrófilos que aterrorizaram a população da região serrana do Rio de Janeiro nos anos 1990.

Raia 4
Brasil, 2019. Direção: Emiliano Cunha. Com: Brídia Moni, Kethelen Guadagnini e Cauã Furtado. 92 min. 12 anos.
Uma adolescente tímida descobre o amor, a sexualidade e o corpo na piscina dos treinos de natação.

MARÇO (sem data de estreia)

O Homem Cordial
Brasil, 2019. Direção: Iberê Carvalho. Com: Paulo Miklos, Thaíde e Dandara de Morais. 83 min. 14 anos.
No dia em que uma famosa banda dos anos 1980 retorna aos palcos, um vídeo que liga o vocalista à morte de um policial viraliza na internet.

Pacarrete
Brasil, 2019. Direção: Allan Deberton. Com: Marcélia Cartaxo, Zezita Matos e João Miguel. 97 min. 10 anos.
Vencedor de melhor filme no Festival de Gramado, é inspirado na história real de uma bailarina aposentada que, ao ao voltar à sua cidade natal no interior do Ceará, encontra resistência para continuar a exibir sua arte.

Três Verões
Brasil/França, 2018. Direção: Sandra Kogut. Com: Regina Casé, Otavio Müller e Gisele Fróes. 94 min. 14 anos.
Ao pedir um empréstimo ao patrão para realizar seu sonho, uma caseira de um condomínio de luxo não imagina que será envolvida em um grande esquema de corrupção.​

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais