Cinema UCI Santana Parque Shopping tem o melhor custo-benefício de SP

Espaço também foi eleito como o melhor da zona norte da cidade, segundo avaliação

Sala de cienam em preto e branco. Cadeiras na parte de baixo e ao fundo a tela de cinema em branco. Intervenções com riscos aleatórios vermelhos

Sala 8 do UCI Santana Parque Shopping, na zona norte Ilustração de João Montanaro sobre foto de Rubens Cavallari/Folhapress

Carlos Carvalho
São Paulo

Pela primeira vez, a avaliação do Guia que elege os melhores cinemas de São Paulo passou a premiar os endereços com a melhor relação custo-benefício da cidade —ou seja, que tenham um equilíbrio entre qualidade e preço baixo do ingresso.

Assim, cinemas com uma avaliação alta e ingressos caros não tiveram um bom desempenho nesse quesito. O mesmo ocorreu com locais que oferecem entradas mais baratas, mas que receberam notas baixas nas avaliações feitas pelos jurados.

Não foi o caso do UCI Santana Parque Shopping, o campeão da categoria estreante. O local recebeu nota 3,5, em uma escala de 0 a 5, e tem o ingresso inteiro mais barato por R$ 18.

O complexo também foi apontado como o melhor cinema da zona norte de São Paulo, ao alcançar a nota mais alta entre todos os endereços analisados nessa região.

Com uma avaliação ótima nos quesitos de projeção, som e programação, que prioriza blockbusters e tem uma das maiores variedades entre os endereços testados, o UCI Santana consegue manter os preços baixos no ingresso.

Atualmente, a entrada inteira para uma sessão 2D custa R$ 18 às segundas-feiras, exceto em feriados e vésperas. Às terças e quartas, o preço salta para R$ 24, enquanto de quinta a domingo e também nos feriados o valor passa para R$ 30. Já as sessões nas salas Xplus, cujo diferencial é o sistema de som Dolby Atmos, têm preços que variam entre R$ 26 e R$ 40. Porém, essa tabela vale apenas até o dia 31
—depois, o valor de cada entrada aumentará R$ 2.

De toda forma, os números se destacam nestes tempos de crise econômica e pandemia, que fizeram com que a reabertura das salas ainda não seduzisse o público a ponto de ele voltar a frequentar as sessões com a mesma frequência de antes da Covid-19.

Entre os 56 circuitos visitados pelo Guia, foi encontrada uma amplitude enorme de preços. O ingresso mais barato custou R$ 4 no CCSP, o Centro Cultural São Paulo. Já o mais caro chegou a R$ 176 no Cinépolis JK Iguatemi, para uma sessão na sala VIP com projeção 3D em poltrona dupla.

No caso do UCI Santana, uma família com dois adultos e dois filhos que paguem meia-entrada desembolsaria R$ 54 em ingressos no dia mais barato —a conta, é claro, não inclui gastos como pipoca,
bebidas, transporte e outros variáveis. O valor corresponde a 4,5% do salário mínimo atual, que é de R$ 1.212. Durante o fim de semana, os quatro bilhetes do grupo não ultrapassariam os R$ 100.

Para comparar, essa mesma família gastaria o dobro no Playarte Ibirapuera: R$ 114 apenas em ingressos. Já no Cinépolis JK Iguatemi, que tem a bilheteria mais cara da capital paulista, o passeio sairia por R$ 195 —ou 16% do salário mínimo.

UCI Santana Parque Shopping

  • Onde Santana Parque Shopping - r. Conselheiro Moreira de Barros, 2.780, Lauzane Paulista, região norte
  • Ingressos A partir de R$ 18
  • Site ucicinemas.com.br
  • Nota 3,5
  • Acessibilidade
    • Audiodescrição
      Audiodescrição Recurso de acessibilidade que transforma o visual em verbal e amplia o entendimento das pessoas com deficiência visual
    • Transtorno do Espectro Autista – TEA
      Transtorno do Espectro Autista – TEA Há atendimento prioritário a pessoas com autismo, adaptação de som, luz e temperaturas locais

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais