Lendas que cercam monumento indiano inspiram espetáculo 'Os Guardas do Taj'

AMANDA RIBEIRO
São Paulo

As lendas que cercam a história da construção do Taj Mahal, na Índia, monumento que tem inscrições do Corão e pedras preciosas decorando suas paredes, inspiraram o americano de ascendência indiana Rajiv Joseph a escrever "Os Guardas do Taj".

A versão brasileira da peça, dirigida por Rafael Primot e João Fonseca, chega ao palco do Teatro Raul Cortez no sábado (13), depois de apresentar temporada em Portugal.

Reynaldo Gianecchini e Ricardo Tozzi interpretam dois guardas que vigiam as obras do monumento, construído em memória à mulher do imperador.

Proibidos de olhar para o Taj, sob pena de sofrer represálias, eles enfrentam uma série de embates morais ao longo da história.

Teatro Raul Cortez - R. Dr. Plínio Barreto, 285, Bela Vista, tel. 3254-1631. 513 lugares. Sex. e sáb.: 21h. Dom.: 18h. Estreia 13/1. Até 25/3. Ingresso: R$ 60 a R$ 80.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais