Descrição de chapéu teatro
Teatro

Espetáculo de Guillermo Calderón investiga ditadura chilena

Peça ganha montagem dirigida por Diego Moschkovich

Flávia Strongolli (cabelo enrolado), Rita Pisano (xadrez azul) e Angela Ribeiro (rosa) em "Villa", montagem do diretor Diego Moschkovich para a peça de Guillermo Calderón
Angela Ribeiro, Flávia Strongolli e Rita Pisano em "Villa", montagem do diretor Diego Moschkovich para a peça de Guillermo Calderón - Leekyung Kim/Divulgação
Amanda Ribeiro
São Paulo

Em 2015, o diretor Diego Moschkovich fez sua primeira incursão na obra do chileno Guillermo Calderón com a peça “Dezembro”, até então inédita no Brasil. Três anos mais tarde, ele volta a adentrar o universo do dramaturgo com “Villa”, texto que investiga a ditadura chilena. O espetáculo apresenta temporada no Sesc Pinheiros.

Na trama, três mulheres se reúnem para decidir o destino da Villa Grimaldi, espaço usado como campo de execução durante a ditadura do chileno Augusto Pinochet, que se estendeu entre 1973 e 1990. O objetivo das personagens é trazer ao público a consciência dos horrores do passado sem, no entanto, espetacularizar a história dos que ali sofreram.

Sesc Pinheiros - auditório - 3º andar - R. Paes Leme, 195, Pinheiros, região oeste, tel. 3095-9400. 98 lugares. Qui. a sáb.: 20h30. Até 24/11. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Ingr. p/ sescsp.org.br.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais