Gisele Fróes encena monólogo baseado em conto de Jorge Luis Borges

'O Imortal' estreia nesta sexta (26) no Sesc Avenida Paulista

Amanda Ribeiro
São Paulo

No início de “O Imortal”, monólogo de Gisele Fróes baseado em conto do argentino Jorge Luis Borges, uma mulher recebe de um antiquário seis volumes em inglês da “Ilíada”, clássico grego de Homero.

Dentro de um dos livros, ela encontra um manuscrito que narra a busca de um homem pela imortalidade. A desafiadora trajetória do guerreiro guia a trama do espetáculo, já apresentado em Brasília e no Rio. Dirigido pelos irmãos Guimarães, “O Imortal” estreia nesta sexta (26) no Sesc Avenida Paulista.

Primeiro monólogo da carreira de Fróes, o espetáculo rendeu à atriz a indicação ao prêmio Shell na categoria de melhor intérprete. A narrativa procura investigar os diversos sentidos atribuídos por Borges à imortalidade, tema que perpassa toda a sua produção.

Na história, a mulher se debruça sobre o relato autobiográfico, assinado por um tribuno militar do Império Romano. Ela narra toda a trajetória de sua aventura, desde o momento em que descobre a existência de uma cidade que guarda a fonte da imortalidade até as inúmeras tentativas de encontrá-la em meio a terríveis paisagens desérticas.

Sesc Avenida Paulista - Arte 2 - 13º andar - Av. Paulista, 119, Bela Vista, região central, tel. 3170-0800. 50 lugares. Qui. a sáb.: 21h. Dom.: 18h. Estreia sexta (26). Até 18/11. Não haverá espetáculo no domingo  (28). sescsp.org.br. Ingr.: R$ 9 a R$ 30. Ingr. p/ sescsp.org.br.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais