Descrição de chapéu teatro
Teatro

Pedro Paulo Rangel apresenta monólogo inédito

Dirigido por Fernando Philbert, 'O Ator e o Lobo' celebra 50 anos de carreira do ator

São Paulo

Memória, família e solidão são alguns dos temas que pontuam “O Ator e o Lobo”, monólogo que o ator Pedro Paulo Rangel estreia nesta quarta (13) no Sesc Pinheiros. A empreitada, dirigida por Fernando Philbert, coroa cinco décadas de profissão de Rangel.

Homem faz sinal de silêncio com o dedo indicador
O ator Pedro Paulo Rangel, 70 - Lucio Luna/Divulgação

A montagem costura textos do escritor português António Lobo Antunes e do próprio ator, um cronista profícuo.

A princípio temeroso de justapôr os próprios escritos com o do ganhador do prêmio Camões, o mais importante da língua portuguesa, Rangel teve a ajuda do diretor para vasculhar mais de 300 excertos em busca de material para a peça.

"É bom, que, em certos momentos, a gente não saiba exatamente de quem é aquele trecho", comenta Philbert.

O resultado é um conjunto de cenas prosaicas, mas inundadas de afeto: a reunião de dois velhos amigos no hospital; a fuga de um menino de casa porque não quer comer abóbora; o incômodo encontro entre uma mãe, seu jovem amante, e um filho estupefato.

Em um cenário simples, composto por bancos e cadeiras, Rangel narra as histórias enquanto fotografias são projetadas em um fundo acortinado.​

Sesc Pinheiros - R. Pais Leme, 195, Pinheiros, região oeste, tel. 3095-9400. 100 lugares. Qui. a sáb.: 20h30. Estreia qua. (13). Até 6/4. Ingr.: R$ 7,50 a R$ 25. Ingr. p/ sescsp.org.br.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais