Descrição de chapéu teatro
Teatro

Com ingressos quase esgotados, 'Rigoletto' estreia no Theatro Municipal de SP

Para ver o clássico de Giuseppe Verdi é preciso chegar duas horas antes e sentar em lugares com visão prejudicada do palco

Manuela Tecchio
São Paulo

O Theatro Municipal dá sequência à sua Temporada Lírica com “Rigoletto”, clássico do italiano Giuseppe Verdi, de 1951, baseado no texto “O Rei se Diverte”, de Victor Hugo. Esta é a segunda montagem da série, que já apresentou "O Barbeiro de Sevilha", em fevereiro deste ano.

Em três atos, a ópera conta a história de um bobo da corte que tem sua filha Gilda sequestrada pelo Duque de Mântua, um monarca com sede de vingança. O texto faz uma sátira da monarquia, discutindo temas como assédio, vingança e poder.

O prestigiado papel de Gilda fica ora com a soprano russa Olga Pudova, ora com a brasileira Carla Cottini, que vem de Berlim para se apresentar. Já no papel-título se revezam dois barítonos, o argentino Fabián Veloz e o brasileiro Rodrigo Esteves.

A Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, sob a regência do maestro Roberto Minczuk, acompanha todas as sessões, assim como o Coro Lírico Municipal, preparado pelo maestro Mário Zaccaro.

Em poucas semanas de vendas, os ingressos estão esgotados, mas duas horas antes de cada récita são disponibilizados assentos com visão prejudicada do palco por R$ 10.

Theatro Municipal de São Paulo - Pça. Ramos de Azevedo, República, tel. 3053-2100. Ter., qua. e sáb.: 20h. Dom.: 18h. Até 30/7. Ingr.: R$ 20 a R$ 120 p/ theatromunicipal.org.br.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais