Das páginas para o palco, descubra dez peças inspiradas em livros

Das lendárias 'Mil e uma Noites' a James Joyce, há opções para todos os gostos

Clara Balbi
São Paulo

A partir desta sexta (5), estreiam, em São Paulo, quatro peças inspiradas em obras literárias.

São elas "O Nome das Coisas", solo que celebra os cem anos de nascimento da poeta portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen; "Matteo Perdeu o Emprego", adaptação da obra homônima do também português Gonçalo M. Tavares; "Águas do Mundo", monólogo inspirado no "Livros dos Prazeres" de Clarice Lispector; e, mais contemporâneo, o solo "O que É que Ele Tem", baseado no relato autobiográfico da cantora Olivia Byington publicado em 2016.

Confira, abaixo, essas e outras peças que tiveram origem nas páginas:

57 MINUTOS - O TEMPO QUE DURA ESTA PEÇA
Inspirado no livro “Ulisses”, do irlandês James Joyce (1882-1941), o monólogo acompanha um dia na vida de um morador de subúrbio metropolitano que sai de casa para cumprir afazeres.
Espaço Parlapatões - Pça. Franklin Roosevelt, 158, Consolação, tel. 3258-4449. 100 lugares. 70 min. 12 anos. Ter. e qua.: 21h. Até qua. (10). Ingr.: R$ 30. Ingr. p/ ingressoindependente.com.br.

OS 120 DIAS DE SODOMA
Baseada na obra de Marquês de Sade, a peça narra a história de quatro libertinos que sequestram os mais belos jovens do país para a satisfação de seus fetiches.
Espaço dos Satyros 1 - Pça. Franklin Roosevelt, 214, Consolação, região central, tel. 3255-0994. 70 lugares. 90 min. 18 anos. Sáb.: 21h. Até 27/7. Ingr.: R$ 40. Moradores da pça. Roosevelt: R$ 5.

ÁGUAS DO MUNDO
A peça inaugura a temporada da trilogia Solos Vulcão. Protagonizada por Vanessa Bruno, ela parte de “Uma Aprendizagem ou Livro dos Prazeres”, de Clarice Lispector, para narrar a trajetória de uma mulher que se reconecta com o prazer e o próprio corpo ao banhar-se no mar.
Teatro de Contêiner Mungunzá - R. dos Gusmões, 43, Santa Efigênia, região central, tel. 97632-7852. 99 lugares. 50 min. 14 anos. Qua. e qui.: 20h. Estreia qua. (10). Até 11/7. Ingr.: R$ 30.

AMAR, VERBO INTRANSITIVO
Adaptação do que é considerado o primeiro romance de Mário de Andrade, a trama acompanha uma governanta alemã —interpretada por Luciana Carnieli— contratada por uma família tradicional paulista nos anos de 1920 para fazer a iniciação do primogênito e herdeiro Carlos. O encontro se transforma, no entanto, em uma relação amorosa.
Livraria Cultura - teatro Eva Herz - Av. Paulista, 2.073, Bela Vista, região central, tel. 3170-4059. 168 lugares. 70 min. 12 anos. Qui.: 21h. Até 29/8. Ingr.: R$ 50.

HOMEM-BOMBA
Inspirada em “O Estranho Caso de Dr. Jekyll e Mr. Hyde”, de Robert Louis Stevenson, a trama se passa em um mundo desigual. Ao iniciar uma investigação sobre os vários eus que o habitam, um homem decide usar métodos drásticos.
Oficina Cultural Oswald de Andrade - R. Três Rios, 363, Bom Retiro, tel. 3222-2662. 30 lugares. 50 min. 12 anos. Qua. a sex.: 20h. Sáb.: 16h. Até 27/7. Retirar ingr. uma hora antes. GRÁTIS

INSTANTE-JÁ
O livro “Água Viva”, de Clarice Lispector, serve de motor para esta coreografia, resultante de uma residência da uruguaia Andrea Arobba no Centro de Referência de Dança. Em cena, ela investiga a construção das imagens no instante dos acontecimentos e a própria noção de tempo. Após a apresentação, Arobba se junta a Marcus Moreno para uma conversa aberta sobre a pesquisa.
Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo - Vd. do Chá, s/ nº, Centro, região central, tel. 3214-3249. 70 lugares. 60 min. Livre. Sex. (5): 19h. GRÁTIS

AS MIL E UMA NOITES
Assim como na história de Sherazade, que a toda noite adiava sua morte ao envolver o marido tirânico com uma nova narrativa, a montagem nunca faz uma apresentação idêntica à anterior. Desta vez, no entanto, não são apenas as histórias de Ali Babá que saem da boca da personagem, mas também assuntos como a guerra na Síria e os refugiados.
Sesc Avenida Paulista - Av. Paulista, 119, Bela Vista, tel. 3170-0800. 180 min. 16 anos. Ter. e dom.: 17h. Qua. a sáb.: 20h. Até 14/7. Ingr.: R$ 9 a R$ 30. Ingr. p/ sescsp.org.br.

MATTEO PERDEU O EMPREGO
Baseada em um livro do português Gonçalo M. Tavares, a obra constrói um mosaico das neuroses urbanas por meio de 26 personagens que perderam ou estão prestes a perder algo, da visão à sanidade, do emprego à própria vida.
Funarte - Al. Nothmann, 1.058, Campos Elíseos, região central, tel. 3662-5177. 143 lugares. 60 min. 14 anos. Sex. e sáb.: 20h30. Dom.: 19h. Estreia sex. (5). Até 4/8. Ingr.: R$ 30.

O NOME DAS COISAS
Poemas, contos e reflexões da poeta portuguesa Sophia de Mello Breyner Andresen, nascida há cem anos, guiam o monólogo protagonizado por Suia Legaspe. Em uma madrugada silenciosa, a personagem relembra fatos marcantes de sua trajetória.
SP Escola de Teatro - Pça. Franklin Roosevelt, 210, Consolação, tel. 3775-8600. 60 lugares. 60 min. 12 anos. Seg., sex. e sáb.: 21h. Dom.: 19h. Estreia sex. (5). Até 5/8. Ingr.: R$ 20.

UÍSQUE E VERGONHA
Adaptação do livro homônimo de Juliana Frank, a peça segue a adolescente rebelde e viciada em cola Charlotiê, vivida por Alessandra Negrini, em suas andanças pelo submundo paulistano.
Teatro Novo - R. Domingos de Morais, 348, Vila Mariana, região sul, tel. 2155-0665. 481 lugares. 80 min. 18 anos. Seg.: 21h. Sex. e sáb.: 21h30. Dom.: 19h. Até dom. (7). Ingr.: R$ 50 a R$ 60. Ingr. p/ ingressorapido.com.br.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais