Relação entre mãe e filho com síndrome rara inspira solo de Louise Cardoso

Com estreia na sexta (5) em SP, ele adapta livro autobiográfico de Olivia Byington

São Paulo

No livro “O que É que Ele Tem”, lançado pela editora Objetiva em 2016, a cantora Olivia Byington relembrava os desafios e alegrias que acompanharam o nascimento de seu primogênito, João.

Acometido pela síndrome de Apert, cujas características incluem o desenvolvimento anormal do crânio e mãos e pés fundidos, ele passou por dezenas de cirurgias. Ainda hoje, aos 37, ele enfrenta preconceito por causa de sua aparência.

O relato em primeira pessoa de Byington chega ao Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura, a partir deste sábado (6), pelas mãos da atriz Louise Cardoso, depois de uma temporada no Rio. A transposição do texto para o palco foi realizada pela dramaturga Renata Mizrahi.

No monólogo, Cardoso reflete sobre uma jornada que, afirma, é mais do que uma história de superação, mas um tratado sobre o amor e a vida em sociedade.

Livraria Cultura - teatro Eva Herz - Av. Paulista, 2.073, Bela Vista, região central, tel. 3170-4059. 168 lugares. 70 min. 12 anos. Sex. e sáb.: 21h. Dom.: 19h. Estreia sáb. (6). Até 25/8. Ingr.: R$ 70.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais