Relação entre mãe e filho com síndrome rara inspira solo de Louise Cardoso

Com estreia na sexta (5) em SP, ele adapta livro autobiográfico de Olivia Byington

Clara Balbi
São Paulo

No livro “O que É que Ele Tem”, lançado pela editora Objetiva em 2016, a cantora Olivia Byington relembrava os desafios e alegrias que acompanharam o nascimento de seu primogênito, João.

Acometido pela síndrome de Apert, cujas características incluem o desenvolvimento anormal do crânio e mãos e pés fundidos, ele passou por dezenas de cirurgias. Ainda hoje, aos 37, ele enfrenta preconceito por causa de sua aparência.

O relato em primeira pessoa de Byington chega ao Teatro Eva Herz, na Livraria Cultura, a partir deste sábado (6), pelas mãos da atriz Louise Cardoso, depois de uma temporada no Rio. A transposição do texto para o palco foi realizada pela dramaturga Renata Mizrahi.

No monólogo, Cardoso reflete sobre uma jornada que, afirma, é mais do que uma história de superação, mas um tratado sobre o amor e a vida em sociedade.

Livraria Cultura - teatro Eva Herz - Av. Paulista, 2.073, Bela Vista, região central, tel. 3170-4059. 168 lugares. 70 min. 12 anos. Sex. e sáb.: 21h. Dom.: 19h. Estreia sáb. (6). Até 25/8. Ingr.: R$ 70.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais