No Baixo Pinheiros, bar Ginger traz variedade de gim-tônica

No local, com luz baixa e poucas mesas, balcão é o centro das atenções

Marina Consiglio
São Paulo

Uma das entradas para a região do Baixo Pinheiros, a esquina das ruas Padre Carvalho e Vupabussu reúne casas animadas, como a Vinil Burger e os bares Pirajá e Negroni. Inaugurado em setembro, o Ginger é mais um atrativo da região.

No bar Ginger, a gim-tônica Grape Gin tem toranja (grapefruit) e hortelã
No bar Ginger, a gim-tônica Grape Gin tem toranja (grapefruit) e hortelã - Christian Maslowski/Divulgação

No local, com luz baixa e poucas mesas, o balcão virou o centro das atenções. É ali que os barmen e sócios Kelé e Mário César (ambos ex-Pirajá) preparam as gins-tônicas que brilham no menu. Na próxima semana, a carta ganha novas receitas, chegando a 13 variedades.

Dá para escolher a marca do destilado e a da tônica. O drinque que leva caju, manjericão, gim Tanqueray e tônica nacional, por exemplo, custa R$ 23.

Para comer, sugestão é a costelinha ao molho barbecue (R$ 28).

R. Pe. Carvalho, 26, Pinheiros, tel. 4175-4471. Ter. a sex.: 5h às 24h. Sáb.: 12h às 24h. Dom.: 12h às 22h. 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais