Cia. Hiato reestreia 'O Jardim', peça sobre as memórias inesquecíveis e as que perdemos

Grupo também prepara mostra para comemorar dez anos de atividade

AMANDA RIBEIRO
São Paulo
Cena de "O Jardim", da Cia. Hiato
Cena de "O Jardim", da Cia. Hiato - Otávio Dantas/Divulgação

Para celebrar dez anos de atuação, a Cia. Hiato, conhecida por "Cachorro Morto" e "Escuro", reestreia o premiado "O Jardim" no Teatro João Caetano nesta sexta (9), e prepara mostra com reapresentações de todos os seus espetáculos ao longo do ano.

Apropriando-se de clássicos literários como "Em Busca do Tempo Perdido" (1913), de Marcel Proust, a peça de Leonardo Moreira investiga o mal de Alzheimer e fala sobre as memórias perdidas, as inventadas e as inesquecíveis.

Além de "O Jardim", a cia. vai reencenar suas outras peças em datas ainda não confirmadas. Em maio, apresentam na Grécia um novo espetáculo, Odisseia, ainda sem previsão de estreia no Brasil.

Teatro João Caetano - R. Borges Lagoa, 650, Vila Clementino, tel. 5573-3774. 110 lugares. Sex. e sáb.: 21h. Dom.: 19h. Até 25/2. prefeitura.sp.gov.br. Ingresso: R$ 20.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais