Peça com Marcelo Airoldi e texto dirigido por Caco Ciocler estão entre as estreias da semana

Confira os 11 espetáculos que entram em cartaz

Daniel Infantini, Luisa Micheletti, Fernanda  Nobre e Geraldo Rodrigues em 'Soror'
Daniel Infantini, Luisa Micheletti, Fernanda Nobre e Geraldo Rodrigues em 'Soror' - Edson Kumasaka/Divulgação
Amanda Ribeiro
São Paulo

Soror
Derivada da palavra soror, que no latim significa irmã, a sororidade —o companheirismo e a união entre mulheres—, é uma das principais bandeiras feministas. É nesse conceito que se ancora “Soror”, texto de Luisa Micheletti que tem direção de Caco Ciocler. O espetáculo estreia nesta sexta (5) no Sesc Ipiranga.

No texto, uma releitura da história do Gênesis, Deus oferece como primeira companheira a Adão a rebelde Lilith, que não se submete ao companheiro. Insatisfeito, ele pede outra mulher, e recebe Eva, recatada e obediente. A situação foge ao controle do homem outra vez, no entanto, quando as duas mulheres decidem se unir.

Sesc Ipiranga - teatro - R. Bom Pastor, 822, Ipiranga, região sul, tel. 3340-2000. 200 lugares. Sex. e sáb.: 21h. Dom.: 18h. Estreia sex. (5). Até 5/5. sescsp.org.br. Ingr.: R$ 9 a R$ 30.

Marcelo Airoldi assina e protagoniza a peça 'A Queda'
Marcelo Airoldi assina e protagoniza a peça 'A Queda' - Priscila Prade/Divulgação

A Queda
Terceira parte da Trilogia Íntima do Teatro de Perto, que apresenta espetáculos com cenografia minimalista que enfocam o trabalho de atuação, o monólogo de Marcelo Airoldi tem como protagonista um homem que cai em queda livre. Sua única companhia é um pássaro, que vai lhe arrancando, aos poucos, os membros e as memórias. Com direção de Nelson Baskerville, “A Queda”  estreia na quinta (11) no Sesc Pompeia.

Ao longo da trama, diante da dor e da iminência da morte, o homem se volta cada vez mais para si mesmo. Enquanto cai, revê seus princípios, suas origens e seus sentimentos mais íntimos, o que acaba levando-o a uma reflexão sobre a própria civilização.

Sesc Pompeia - espaço cênico - R. Clélia, 93, Água Branca, região oeste, tel. 3871-7700. Qui. a sáb.: 21h30. Dom.: 18h30. Estreia qui. (11). Até 5/5. Ingr.: R$ 6 a R$ 20. Ingr. p/ sescsp.org.br.


Confira as outras estreias da semana:

Apenas o Fim do Mundo
O grupo Magiluth encena texto escrito em 1995 pelo francês Jean-Luc Lagarce. Com direção compartilhada entre Giovana Soar e Luiz Fernando Marques, do grupo XIX de Teatro, a trama acompanha um homem que volta para casa depois de muito tempo ausente. Ali, ele comunica aos familiares que morrerá em breve.
Sesc Avenida Paulista - Av. Paulista, 119, Bela Vista, tel. 3170-0800. Qui. a sáb.: 21h. Dom.: 18h. Estreia quinta (11). Até 5/5. Ingr.: R$ 9 a R$ 30. Ingr. p/ sescsp.org.br.

Apocalipse de um Diretor
Texto: Angela Ribeiro e Thiago Franco Balieiro. Direção: Thiago Franco Balieiro. Com: Alexandre Menezes, Fernanda Assef, Gabriela Roibeiri e outros. 120 min. 18 anos.
A nova produção do grupo Eco Teatral discute as relações hierárquicas e os abusos de poder. A trama apresenta os conflitos e as angústias de um elenco no dia da estreia de seu novo espetáculo, uma versão de “Hamlet”.
Masp - Av. Paulista, 1.578, Bela Vista, tel. 3149-5959. 374 lugares. Sáb.: 21h. Dom.: 19h30. Estreia sáb. (6). Até 26/5. Ingr.: R$ 50.

Espetáculo 'Chá e Catástrofe'
Espetáculo 'Chá e Catástrofe' - João Caldas Filho/Divulgação

Chá e Catástrofe
Texto: Caryl Churchill. Direção: Regina Galdino. Com: Chris Couto, Clarisse Abujamra, Selma Egrei e Agnes Zuliani. 50 min. 14 anos.
No texto da dramaturga britânica Caryl Churchill, quatro senhoras inglesas se reúnem em um quintal para falar sobre o cotidiano. Ao longo da conversa, assuntos bem-humorados e aparentemente banais são entrecortados por visões apocalípticas que envolvem guerras químicas e crimes ambientais.
CCSP - R. Vergueiro, 1.000, Liberdade, região central, tel. 3397-4002. 321 lugares. Sex. e sáb.: 21h. Dom.: 20h. Estreia sex. (5). Até 12/5. Ingr.: R$ 20. Ingr. p/ ingressorapido.com.br.

Conto de Inverno
Texto: William Shakespeare. Direção: Juliano Barone. Com: Ana Hikari, Evas Carretero, Juliane Arguello e outros. 110 min. 14 anos.
O Núcleo sem Querer de Tentativas Teatrais encerra a Trilogia da Taverna, que traz peças adaptadas para o público jovem, com esta comédia de Shakespeare. Na trama, o rei da Sicília se convence que seu amigo o trai com sua mulher. Enlouquecido de ciúmes, manda prendê-la grávida e rejeita sua filha.
Viga Espaço Cênico - R. Capote Valente, 1.323, Pinheiros, tel. 3801-1843. Seg., ter. e dom.: 15h. Estreia dom. (7). Até 21/5. Ingr.: R$ 20. Seg. e ter.: grátis.

Do Abismo às Estrelas
Texto: Lurimar Vianna. Direção: Renato Scarpin. Com: Carô Carvalho, Cláudia Gianini, Debora Munhyz e outros. 90 min. 14 anos.
Baseado no livro de Divaldo Pereira Franco, o espetáculo acompanha uma jovem médica que sofre com a morte do pai e das irmãs e a loucura da mãe. A trama, que se passa durante a Primeira Guerra, discute temas como aborto e eutanásia.
Teatro Santo Agostinho - R. Apeninos, 118, Aclimação, tel. 3209-4858. 690 lugares. Dom.: 18h. Estreia sáb. (7). Até 28/7. Ingr.: R$ 60.

Homens de Papel
Texto: Plínio Marcos. Direção: Sérgio Ferrara. Com: Adalia Pereira, Alyne Montenegro, Beatriz Eiras e outros. 80 min. 12 anos.
A trama do espetáculo de Plínio Marcos explora as relações de um grupo de catadores de papel e sua busca pela sobrevivência.
Teatro Nair Bello - R. Frei Caneca, 569, 3º piso, Consolação, tel. 3472-2414. 201 lugares. Sex. e sáb.: 21h. Dom.: 19h. Estreia sex. (5). Até 14/4. Ingr.: R$ 15.
 

Maria Clara Gueiros e Heloísa Périssé em 'Loloucas'
Maria Clara Gueiros e Heloísa Périssé em 'Loloucas' - Douglas Jaco/Divulgação

Loloucas
Texto: Heloísa Périssé. Direção: Otávio Muller. Com: Heloísa Périssé e Maria Clara Gueiros. 70 min. 12 anos.
Na comédia, duas mulheres chegam atrasadas a uma peça e, ao tentarem ir embora, se veem em cima do palco. Ali, falam dos amigos, dos sonhos, das frustrações e da passagem do tempo.
Teatro Raul Cortez - R. Dr. Plínio Barreto, 285, Bela Vista, tel. 3254-1631. Sex.: 21h30. Sáb.: 21h. Dom.: 18h. Estreia sex. (5). Até 26/5. Ingr.: R$ 90.

Mau Encontro
Texto: Guilherme Mattos. Direção: Imara Reis. Com: Eduardo Silva, Gabriela Rabelo, Graça Berman e outros. 70 min. 14 anos.
No espetáculo da Cia. Letras em Cena, um grupo de brasileiros está reunido na sala VIP de um aeroporto que teve os voos atrasados. Quando um homem discute com um segurança e quebra uma garrafa em sua cabeça, os estranhos se veem presos a uma situação complicada.
Espaço Cia da Revista - Al. Nothmann, 1.135, Campos Elíseos, tel. 3791-5200. Qui. e sex.: 20h. Estreia qui. (11). Até 31/5. Ingr.: R$ 20.

Morte e Dependência na Terra do Pau Brasil
Parceria entre a Cia. Livre e a Cia. 8 Nova Dança, o espetáculo se baseia em “Os Horácios e Os Curiácios”, de Brecht, e foi concebida para ser apresentada no espaço do Museu do Ipiranga. Na trama, em meio ao canto e à dança, oito atores narram a luta das populações ameríndias em território brasileiro.
Museu do Ipiranga - Av. Nazaré, s/ nº, Ipiranga, tel. 3340-2000. 40 lugares. Sáb. e dom.: 15h. Estreia sáb. (6). Até 28/4. Retirar ingr. c/ uma hora de antecedência no Sesc Ipiranga. mp.usp.br. GRÁTIS

As Quatro Direções do Céu
Texto: Roland Schimmelpfennig. Direção: Camilo de Lélis. Com: Diogo Cardoso, Maira Cibele e outros. 80 min. 12 anos.
Montagem de texto do alemão Roland Schimmelpfennig, o espetáculo apresenta as histórias de quatro personagens: um homem que, após sofrer um acidente de caminhão, abandona a carga, um homem que encontra a carga na estrada, uma jovem pela qual ambos se apaixonam e uma cartomante que prevê o destino de todos.
Teatro de Contêiner Mungunzá - R. dos Gusmões, 43, Santa Efigênia, tel. 97632-7852. Qui. e sex.: 21h. Sáb. e dom.: 20h. Estreia qui. (11). Até 14/4. Retirar ingr. uma hora antes. GRÁTIS

Vidas Medíocres ou Almas Líricas
Texto: Anton Tchékhov. Direção: Leonardo Karasek. Com: Aloysio Letra, César Figueiredo Cantão, Rita Teles, Vanise Carneiro e Flávio Gerab. 70 min. 12 anos. 
Na peça, a Cia. Alvorada apresenta uma mescla de quatro textos do russo Anton Tchékhov, além de trechos de cartas e contos do autor. Unem-se à dramaturgia sambas de nomes como Cartola, Paulinho da Viola, Manaceia da Portela e Nelson Cavaquinho.
Teatro Pequeno Ato - R. Dr. Teodoro Baima, 78, República, região central, tel. 99642-8350. 35 lugares. Sáb.: 21h. Dom.: 19h. Estreia sáb. (6). Ingr.: R$ 40. Ingr. p/ sympla.com.br.
 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais