Clássicos de Nelson Rodrigues ganham montagens inéditas

'Boca de Ouro' estreia na quinta (16); 'A Valsa Nº 6' está em cartaz

Clara Balbi
São Paulo

BOCA DE OURO
Na montagem do grupo mineiro Oficcina Multimédia para o clássico de Nelson Rodrigues, o bicheiro Boca de Ouro —assim apelidado porque trocou todos os dentes da boca por versões de ouro maciço— é interpretado por dois atores. Sua biografia é relembrada pela ex-mulher, dona Guigui, em três versões contraditórias.

Sesc Santo Amaro - teatro - R. Amador Bueno, 505, Santo Amaro, região sul, tel. 5541-4000. 279 lugares. Qui. a sáb.: 21h. Dom.: 18h. Estreia qui. (16). Até 9/6. Ingr.: R$ 6 a R$ 20. Ingr. p/ sescsp.org.br.

A VALSA Nº 6
Único monólogo da obra do dramaturgo, a peça acompanha os questionamentos póstumos de Sônia, jovem de 15 anos assassinada enquanto tocava a música do título. Nesta versão do Grupo Queda Livre, porém, a personagem é interpretada por cinco atores diferentes, entre homens e mulheres.

Espaço Elevador - R. Treze de Maio, 222, Bela Vista, tel. 3477-7732. 50 lugares. Sáb.: 21h. Dom.: 19h. Até 26/5. Ingr.: R$ 20 a R$ 50.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais