Bares abrem novos endereços em São Paulo na quarentena e driblam a crise

Locais tentam equilibrar protocolos exigidos pela pandemia com espaços criativos, comidinhas e boa carta de drinques

-
Esther Morel
São Paulo

O setor de bares e restaurantes foi profundamente abalado pela pandemia —um levantamento divulgado há quatro meses pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL-SP) estima que 12 mil estabelecimentos do tipo foram fechados entre abril e julho deste ano.

Mesmo assim, algumas casas decidiram apostar e inauguraram espaços. Neles, têm que lidar com os desafios típicos dos novos negócios ao mesmo tempo em que garantem as medidas de segurança recomendadas pelo governo estadual.

Vale lembrar que quem não se sentir à vontade para explorar os novos lugares pode criar uma happy hour no conforto do próprio lar —dos locais listados abaixo, dois oferecem delivery.

*

Bar Astor
Velho conhecido, o bar tem outra unidade e menu com novidades —como o salmão curado no gim e beterraba (R$ 39) e o drinque milanese (R$ 33), com vermute tinto, Aperol, Campari, cordial de morango e cold brew.
R. Oscar Freire 163, Jardim Paulista, região oeste, tel. 2299-5332. Seg. e ter.: 17h às 23h. Qua. a sáb.: 12h às 23h. Dom.: 12h às 22h. Delivery próprio pelo tel. 2883-5063, iFood e Rappi


Bourbon Street Jazz Café
O novo espaço de música e petiscos serve quitutes como o Tipitinas, com fatias de rosbife, temperadas com mostarda, mel e alcaparras, a R$ 60. O ambiente é um atrativo para quem quer aproveitar uma happy hour ao som de jazz.
R. dos Chanés, 127, Moema, região sul, tel. 5095-6100. Sex.: 17h às 19h30. Sáb. e dom.: 16h às 19h30


Tank Brewpub
Com capacidade para produzir até 8.000 litros de chope, o bar é a nova empreitada dos donos do Ambar. Há estilos variados da bebida, caso da Juicy in the Sky, a partir de R$ 19, uma juicy IPA aveludada que tem notas de frutas amarelas e coco.
R. Amaro Cavalheiro, 45, Pinheiros, região oeste, tel. 3208-2352. Ter. a sex.: 17h às 22h. Sáb.: 13h30 às 22h. Dom.: 13h30 às 21h.


Trago Bar
Novato da Barra Funda, tem aparência rústica com balcão de madeira. Depois de se acomodar, escolha o arancini, bolinho de risoto de abóbora recheado com bochecha de porco (R$ 29).
R. Souza Lima, 174, Barra Funda, região oeste. Qua. a sex.: 18h às 23h. Sáb.: 14h às 23h. Dom.: 15h às 21h. Reservas e retirada p/ instagram (@trago_bar)


A Ventana Bar & Café
Os ingredientes brasileiros são o destaque do menu e surgem em releituras como a do moscow mule, com vodca, cupuaçu, castanha-do-pará e espuma de açaí (R$ 29). Outra boa opção é o ceviche com peixe branco, rapadura, cachaça, cebola roxa, gengibre, hortelã, coentro e limão (R$ 38).
Pça. dos Omaguás, 110, Pinheiros, região oeste, tel. 97482-3451. Seg. a dom.: 12h às 22h.​

Drinque do A Ventana, bar de São Paulo
Drinque do A Ventana, bar de São Paulo - Divulgação

Vigga Bar
A proposta é promover uma viagem por paisagens de São Paulo. O Beco do Batman, por exemplo, dá nome a um drinque de rum com infusão de coco queimado, purê de abacaxi, limão-siciliano, caramelo salgado e carvão ativado (R$ 32).
R. Bacaetava, 186, Brooklin, região sul. Qua. a sex.: 18h às 23h. Sáb. e dom.: 14h às 23h.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais