Descrição de chapéu teatro
Teatro

Yoshi Oida remonta 'Fim de Partida', clássico de Beckett

Peça estreia nesta sexta (20), no Sesc Ipiranga

Manuela Tecchio
São Paulo

Considerado um clássico de Samuel Beckett, “Fim de Partida” ganha nova montagem pelas mãos de Yoshi Oida, consagrado ator e diretor japonês radicado em Paris —que ganhou reconhecimento ao integrar o grupo do britânico Peter Brook durante suas mais marcantes montagens, como “Orghast”, “A Conferência dos Pássaros” e “O Mahabharata”.

Uma parceria entre Oida e o diretor Matteo Bonfitto, que também atua, nascida de um encontro na França, gerou esta montagem, que ainda conta com Rodrigo Pocidônio, Milton de Andrade e Suia Legaspe no elenco. 

Depois de meses de ensaio em Paris, sobre a orientação do encenador, o espetáculo chega ao teatro do Sesc Ipiranga  nesta sexta (20), às 21h, com ingressos praticamente esgotados —disponíveis apenas na hora.

Ao contar a história de um patriarca cego, com as pernas amputadas, que vive mais de memória do que de tempo presente, a peça revela a micropolítica presente nas relações de uma família, como um espelho satírico da sociedade em si, e propõe uma reflexão sobre os mecanismos do poder. 

No texto, estão presentes discussões sobre questões como a dor, a desorientação, a tristeza e a raiva, sempre tratadas com um senso de humor ácido.

Sesc Ipiranga - teatro - R. Bom Pastor, 822, Ipiranga, tel. 3340-2000. Sex. e sáb.: 21h. Dom.: 18h. Estreia sex. (20). Até 20/10. Ingr.: R$ 9 a R$ 30 p/ sescsp.org.br. 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais