Descrição de chapéu teatro Globo
Teatro

Monólogo com Irene Ravache fala de terceira idade e memória com humor

'Alma Despejada' estreia nesta quarta (18), no Teatro Porto Seguro

São Paulo

Escrito especialmente para Irene Ravache, que neste ano comemora 75 anos de idade e 56 de carreira, “Alma Despejada” fala com leveza sobre a memória, a morte e ainda tece uma crítica à sociedade contemporânea e às transformações da paisagem urbana por meio da especulação imobiliária. 

A peça conta a história de Teresa, uma senhora com mais de 70 anos de vida que, depois de morta, faz uma última visita à casa onde morava e revisita as lembranças de uma vida feliz, porém imperfeita, ao lado do marido e dos filhos. 

Depois de vendido, entretanto, o imóvel precisa ser desocupado e sua alma, que ali estava até então, é despejada do lugar.

Neste contexto, o espetáculo  tece um tipo de ensaio sobre a vida da classe média brasileira, o mito da superação no capitalismo, a política nacional e os problemas familiares, usando de humor e ironia a todo momento.

O monólogo bem-humorado tem roteiro de Andréa Bassitt —de “As Turca” (2005) e da infantil “Operilda na Orquestra Amazônica” (2016)— e conta com direção de Elias Andreato —também ator, diretor e roteirista em “Arap”. Inédita, a peça sobe ao palco do Teatro Porto Seguro pela primeira vez nesta quarta (18), às 21h.

Teatro Porto Seguro - Al. Br. de Piracicaba, 740, Campos Elíseos, região central, tel. 3226-7300. 496 lugares. Qua. e qui.: 21h. Estreia qua. (18). Até 28/11. 80 min. 14 anos. Ingr.: R$ 60 a R$ 70 p/ tudus.com.br. 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais