Melhor cinema de SP, Cinépolis JK Iguatemi é o campeão pela quinta vez

Complexo liderou avaliação com variedade de salas e bom desempenho em imagem e som

Na foto em preto e branco, vista da sala 1 Imax do Cinépolis JK Iguatemi, vazia. Há luzes acesas nas laterais.Há uma ilustração está feita em cima da foto, que são mais luzes de cor amarela

Sala 1 Imax do Cinépolis JK Iguatemi, eleito pela quinta vez o melhor cinema no ranking ilustração de João Montanaro sobre foto de Rubens Cavallari

São Paulo

A capital paulista tem hoje 56 cinemas em funcionamento, que tentam lidar com estes tempos de reabertura depois de a Covid ter fechado muitas portas na cidade —e, mais do que isso, tentam voltar a atrair o paulistano de volta para a sala escura. Mas a pergunta que fica é: qual, entre esses endereços que estão abertos, é atualmente o melhor?

Desde que o Guia passou a avaliar os melhores cinemas de São Paulo, em 2008, oito complexos diferentes se intercalaram no pódio de campeão da cidade, ao longo de 14 edições. Neste ano, o Cinépolis JK Iguatemi alcança sua quinta vitória e se consagra como o cinema com o maior número de troféus.

Na disputa desde 2012, quando foi inaugurado, ele venceu na última edição da avaliação, em 2020, além de 2018, 2017 e 2015 —em 2019, ficou de fora pois estava fechado para reformas.

A variedade de salas, a qualidade de imagem e de som, que alcançaram as notas máximas, e o bom desempenho em conforto, bonbonnière, acessibilidade e programação contribuíram para o local se destacar entre os avaliados.​

Instalado no luxuoso shopping JK Iguatemi, na Vila Olímpia, o local tem capacidade de 1.106 lugares, divididos entre oito salas de tamanhos variados: a maior comporta 382 pessoas, na menor cabem 67.

Seis delas são VIPs —ou seja, contam com serviço de bonbonnière na área de exibição. Basta apertar um botão no assento que atendentes chegam para anotar o pedido, feitos em poltronas mais confortáveis do que as regulares.

Com estofado de couro e apoio para os pés, as cadeiras reclinam quase que totalmente e têm mais espaço entre elas. Contam ainda com carregadores USB para os celulares —embora não seja de bom-tom usá-los durante a sessão— e uma mesinha acoplada, na qual é possível consumir comes e bebes listados em um menu que pode ser acessado por um código QR.

A principal é a sala 1, escolhida como a melhor sala de São Paulo e que apresenta o sistema Imax, eleito a melhor projeção.

Mas a sala 2 também tem destaque. Ela é VIP e conta com projeção a laser e duas fileiras das chamadas poltronas lounges, que mais parecem sofás. O preço para ver um filme nelas chega a R$ 176 —o mais caro da cidade em valores absolutos, mas o assento comporta duas pessoas, o que dá um valor de R$ 88 por cabeça. Mesmo assim, vale a pena só se você quiser impressionar aquela paquera.

Já o ingresso mais barato custa R$ 65, numa sessão 2D na sala 1 Imax, entre segunda e quarta, exceto em feriados.

Na sala 5, batizada de Samsung Onyx, impressiona pela imagem, que tem resolução 4K na primeira tela LED do país. Isso se traduz em imagens mais nítidas, com maior contraste e luminosidade, e cores mais vivas, o que permite perceber detalhes imperceptíveis em outras projeções. É o caso da silhueta do herói de "Batman", que surge bem definida em meio à fotografia carregada de tons escuros.

Por isso, ali, a dica é escolher títulos que apostam nas cores, como animações ou aventuras como "Uncharted: Fora do Mapa". Mas cuidado: na primeira fileira, o alto brilho pode cansar um pouco a vista.

O último destaque é a sala 4DX, com poltronas que se movimentam de acordo com as cenas do filme, além de contar com efeitos de luz, vento, água e odores. Quer exemplos? Quando em "Batman" o bátmovel faz uma curva à direta, as cadeiras se inclinam na mesma direção. Se o tempo em Gotham estiver fechado, ventiladores sopram vento no público. As poltronas, porém, passam longe de ser onfortáveis, porque parecem mais uma atração de parque de diversões, com um mexe-mexe incessante.

Na programação, costumam figurar blockbusters como o do Homem-Morcego e os principais títulos do circuito comercial, além de Oscarizados como "Belfast​" e animações como "Os Caras Malvados".

Enquanto espera a sessão ter início, o visitante pode aproveitar mesinhas e poltronas espalhadas pelo saguão ou ir à bonbonnière, que oferece variações de combos de pipoca e refrigerante e lanches como cachorro-quente (R$ 21) e sanduíche de pernil (R$ 41). Entre os pratos mais elaborados, aparecem sugestões como o hambúrguer de costela com batata chips (R$ 46,50). Para beber, há refrigerantes —o pequeno custa R$ 21—, energético, chá e cerveja long neck (R$ 12,50).

A rede lista outras três unidades na capital paulista. A Jardim Pamplona tem apenas salas VIP, com 43 assentos cada uma. As outras duas, localizadas no Mais Shopping e no shopping Metrô Itaquera, são mais simples, possuem só salas regulares e conforto inferior às primas chiques e caras.

Embora seja o melhor cinema de São Paulo, a unidade do JK Iguatemi também teve pontos negativos. Durante a visita do júri, em dois dias diferentes, algumas portas do banheiro feminino estavam quebradas, os totens de autoatendimento misturavam inglês e português e uma sala estava suja de pipoca.

O som dos longas, em especial nas cenas de ação, também acaba vazando para o saguão, que pode ficar apertado em sessões de estreias aguardadas, com filas invadindo o corredor do shopping. Afinal, apesar dos preços alto, o Cinépolis JK Iguatemi parece não afugentar os frequentadores do centro de compras.

Cinépolis JK Iguatemi

  • Onde Shopping JK Iguatemi - av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Olímpia, região sul
  • Ingressos A partir de R$ 65
  • Site cinepolis.com.br
  • Nota 4,5
  • Acessibilidade
    • Acessibilidade Arquitetônica
      Acessibilidade Arquitetônica Há acesso e circulação sem barreiras físicas, sanitário adequado e local reservado para cadeirantes com acompanhante
    • Audiodescrição
      Audiodescrição Recurso de acessibilidade que transforma o visual em verbal e amplia o entendimento das pessoas com deficiência visual
    • Closed Caption (legendas ocultas)
      Closed Caption (legendas ocultas) Programação possui legendas descritivas que podem ser ativadas
    • Transtorno do Espectro Autista – TEA
      Transtorno do Espectro Autista – TEA Há atendimento prioritário a pessoas com autismo, adaptação de som, luz e temperaturas locais

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais