Bailarinos e coreógrafos indicam locais para dançar e assistir a espetáculos em SP

Neste sábado (29) celebra-se o Dia Internacional da Dança. Em São Paulo, a data será marcada pelo festival "Abril Para Dança", promovido pela Secretaria Municipal de Cultura em 13 palcos da cidade —além da programação regular, que conta com ao menos 12 apresentações.

O "Guia" também entrou na dança e convidou sete bailarinos, coreógrafos e diretores para indicar seus endereços preferidos na cidade ligados a essa arte.

Cada um apontou três locais para assistir a espetáculos de dança e outros três para quem quer se arriscar a dar os próprios passos.

Foram ouvidos Alex Soares (bailarino e coreógrafo), Cristian Duarte (bailarino e coreógrafo), Diogo Granato (bailarino), Erika Novachi (coreógrafa e diretora da Galpão 1 Erika Novachi, de Indaiatuba), Inês Bogéa (diretora artística da São Paulo Companhia de Dança), Ismael Ivo (diretor artístico do Balé da Cidade de São Paulo) e Kelson Barros (produtor executivo dos grupos Zumb.boys, Gumboot Dance Brasil e Projeto Co.).

Veja abaixo as indicações dos profissionais, que também disseram o que significa dançar em São Paulo hoje.


PARA VER ESPETÁCULOS

Galeria Olido 
"Tem boa programação e é um teatro público", diz Diogo Granato. A galeria também foi citada por Alex Soares, Cristian Duarte, Inês Bogéa e Kelson Barros.

Grupo de dança se apresenta na Galeria Olido ***  ****
Grupo de dança se apresenta na Galeria Olido - Divulgação

Teatro Sergio Cardoso
"Tem espetáculos diversificados, da dança clássica à contemporânea", afirma Erika Novachi. O espaço foi lembrado também por Inês Bogéa, Ismael Ivo e Kelson Barros.

Palco do Teatro Sergio Cardoso *** ****
Palco do Teatro Sergio Cardoso - Marlene Bergamo/Folhapress

Teatro Alfa
"Sua temporada de dança reúne nomes brasileiros e estrangeiros", diz Inês Bogéa. O teatro também citado por Alex Soares e Erika Novachi.

Apresentação no Teatro Alfa *** ****
Apresentação no Teatro Alfa - Junior Lago/UOL

Outros endereços: Centro Cultural São Paulo (indicado por Alex Soares e Ismael Ivo), Casa do Povo (indicada por Cristian Duarte), Centro de Referência da Dança de São Paulo (indicada por Kelson Barros), Sesc Belenzinho (indicado por Cristian Duarte), Teatro Renault (indicado por Erika Novachi) e Theatro Municipal de São Paulo (Indicado por Ismael Ivo).


PARA DANÇAR

Centro Cultural São Paulo 
"
Sempre há grupos treinando algum estilo", afirma Kelson Barros. O local também foi lembrado por Alex Soares e Inês Bogéa.

Espaço do Centro Cultural São Paulo *** ****
Espaço do Centro Cultural São Paulo - João Silva/Divulgação

Av. Paulista aos domingos 
"
Já esbarrei em roda de samba e em grupo ensinando passinhos de baile à moda antiga", diz Cristian Soares.

Casal dança na avenida Paulista *** ****
Casal dança na avenida Paulista - Zanone Fraissat/Folhapress

Festas Amem, Capslock e Mamba Negra 
"Por permitirem muitas danças, sem julgamentos, e pelo prazer de se mover e suar", diz Cristian Soares.

Outros endereços: Azucar, Bourbon Street e Sesc Pompeia (indicados por Erika Novachi), Centro de Referência da Dança de SP (indicado por Alex Soares), Centros Rio Verde e Oswald de Andrade (indicados por Inês Bogéa), Talco Bells, Santo Forte e Jongo Reverendo (indicados por Diogo Granato), Lourdes Bar (indicado por Cristian Duarte) Festa Rockmaster e Centro Cult. da Juventude ( indicados por Kelson Barros).


DANÇAR EM SÃO PAULO É...

"... trabalho e diversão, independentemente da ordem" —Diogo Granato

"... mover-se a todo instante. Até o movimento de chamar um ônibus pode ser o início de uma coreografia. O paulistano dança, e com sensibilidade" —Ismael Ivo

Ismael Ivo, diretor artístico do Balé da Cidade de São Paulo *** ****
Ismael Ivo, diretor artístico do Balé da Cidade de São Paulo - Bruno Santos/Folhapress

"... revelar uma dança, o jazz, que tem história e precisa ser preservado" —Erika Novachi

"... nossa missão e nosso maior prazer, já que temos um público diverso, entusiasmado e presente" —Inês Bogéa

"... resistência para os profissionais e para os amadores é descontração" —Kelson Barros

"... sinônimo de entretenimento precário. Lamentavelmente, a cidade vem sofrendo duros golpes na cultura. A bandeira da gestão é a democratização, mas a prática é shopping center e varejo" —Cristian Duarte

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais

Mais lidas