Frida Kahlo e David Lynch inspiram dança sobre sexualização feminina

No espetáculo "Ser Outra", que estreia neste sábado (dia 1º/2) na Funarte (centro de São Paulo), a Companhia das Meninas leva ao palco questões sobre a sexualização do corpo feminino a partir de experiências observadas em diversas culturas.

Encenada por Ana Paula Lopez e Paty Jaia (que também assinam a direção), a apresentação foi construída com base em pesquisas de campo feitas em delegacias da mulher e também em relatos de moças que foram vítimas de violências física e psicológica.

Paty Jaia (em cima) e Paula Lopez integram o espetáculo "Ser Outra", que estreia na Funarte
- Crédito: Divulgação

A coreografia traz, ainda, referências a pinturas da mexicana Frida Kahlo, a obras de Hilda Hilst e Simone de Beauvoir e até a filmes de David Lynch.

A temporada vai até 23 de fevereiro, e os ingressos custam R$ 20.

Informe-se sobre o evento

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais