Superprodução celebra a cultura milenar chinesa em sessão única

Pela primeira vez no Brasil, o espetáculo chinês "Fu Yong - A Eterna Fortuna na Montanha" usa acrobacias, dança e música para abordar temas como tradições milenares e ritos religiosos.

A direção é de Deng Lin, um dos mais prestigiados coreógrafos da China e responsável por mais de 300 produções --conhecido por explorar, conhecer e resgatar a cultura das minorias.


Com sessão única na quarta-feira (dia 27), no Teatro Bradesco (zona oeste de São Paulo), a montagem conta com 39 dançarinos, cantores e acrobatas para apresentar ao público uma famosa lenda que retrata a vida de uma família da etnia Miao --a quinta mais populosa entre as 56 da República da China. Os ingressos custam de R$ 120 a R$ 180.

Ao mostrar o cotidiano do povo de lá, a história engloba a relação entre passado e futuro, amor e casamento, e o nascimento, a morte e o reencontro no Paraíso, além de dar destaque à forma de convivência do homem com a natureza ao seu redor.

A superprodução, que chama a atenção pelos figurinos coloridos, projeções e alegorias de todos os tipos, veio ao país para celebrar o Mês Cultural da China no Brasil.

O grupo já esteve no Rio de Janeiro, em Salvador e Brasília, entre outras cidades, e ainda passará por Belo Horizonte e Goiânia.

Informe-se sobre o evento

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais

Mais lidas