Paella espanhola ganha versão vegetariana em restaurante de SP

Escondido nas ruelas do bairro São Joaquim, região central de São Paulo, o Broto de Primavera é velho conhecido dos vegetarianos e se destaca por ter umas das melhores paellas veganas da cidade.

Pequeno e aconchegante, o restaurante passou recentemente por obras para aumentar o espaço do salão e receber mais gente, além de focar mais em refeições, abrindo um pouco mão dos lanches que servia. Hoje só mantém o hambúrguer no cardápio, por exemplo.

Paella vegetariana do Broto de Primavera
Paella vegetariana do Broto de Primavera - Issamu/Divulgação
Paella vegetariana do Broto de Primavera

Paella vegetariana do Broto de Primavera

Issamu/Divulgação

Quem cozinha a paella todo primeiro e terceiro sábados do mês  é a espanhola Maria del Pillar, sócia do local, natural de Zaragoza. No Brasil desde criança, ela aprendeu a receita com a mãe, que fez a vida vendendo o prato por encomenda. O quitute é uma adaptação vegana do original espanhol, feita com o empenho e cuidado que exige a tradição.

Na receita da casa, só o caldo leva mais de 30 ingredientes, mais os vegetais (boa parte deles orgânicos), pelo menos quatro tipos de cogumelos e três de algas. A cenoura é cortada em um formato parecido com camarão e acompanha a fava bareza, um tipo de feijão pouco conhecido.

O prato sai por R$ 43,50, com uma salada de folhas de entrada. Como todo prato do dia no Broto de Primavera, o valor dá direito à repetição. 

R. São Joaquim, 295, Liberdade, região central, tel. 3203-1340. 21 lugares. Ter. a sáb.: 11h30 às 15h30.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais