Sucrier mescla confeitarias americana e francesa com pipocas caramelizadas

Entre as opções estão as banhadas com chocolate e uma pitada de flor de sal

São Paulo

Quando abriram as portas da doceria, em 2012, as irmãs Daniela e Gabriela Gotthilf uniram a paixão pela confeitaria americana com a formação em cozinha francesa para criar sobremesas. Cheesecakes, bolos em camadas e docinhos finos dividem a vitrine da casa.

O sucrier, que deu origem à marca, é obrigatório: uma bolachinha de amêndoas com recheio de marzipã e cobertura de chocolate belga, que pode ser ao leite, meio amargo ou branco. Vendido nos tamanhos pequeno (R$ 4,50) e médio (R$ 8,50), conta também com outros seis sabores, como pistache, framboesa e caramelo com flor de sal.

Outras opções são as dragées, gotinhas de chocolate com confeitos (R$ 28, por 85 g), ou os crispis, cereais banhados em chocolate meio amargo, branco e ao leite (R$ 42, 175 g).

Mas o grande Achado mesmo são as pipocas caramelizadas. Banhadas com chocolate ao leite ou meio amargo, elas ganham um toque salgadinho por causa da flor de sal. A embalagem com 150 g custa R$ 42, já as versões de 200 g (R$ 110) e 300 g (R$ 145) vêm em potes de vidro herméticos e são boas opções para presentear.

Sucrier

  • Onde R. Mateus Grou, 50, Pinheiros, zona oeste
  • Delivery iFood, site shop.sucrier.com.br e tel. (11) 2892-0929
  • Instagram @sucrier

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais