Festival É Tudo Verdade termina domingo; veja lista de filmes

Cena de "Crazy Horse", de Frederick Wiseman, que será exibido nesta sexta-feira (30), no CCBB, dentro da programação do festival - Crédito: Divulgação
<> Spiffy Imagem
Cena de "Crazy Horse", de Frederick Wiseman, que será exibido nesta sexta-feira (30), no CCBB, dentro da programação do festival
Matéria importada do Spiffy News

O festival É Tudo Verdade, que tem programação dedicada aos documentários, termina neste domingo (1º/4).

O evento é gratuito e ocupa as salas do Cinemateca, Cinesesc, MIS e CCBB.

Entre os destaques deste fim de semana está o longa "Com Amor, Carolyn". O filme segue Carolyn Cassidy, viúva de Neil Cassidy, personagem que inspirou o protagonista de Jack Kerouac no livro "On the Road".

No documentário, Carolyn dismistifica a geração beat. O longa será exibido nesta sexta-feira (30), no Cinesesc.

A lista também inclui o clássico de Eduardo Coutinho, "Cabra Marcado pra Morrer", em cópia restaurada pela Cinemateca Brasileira. A sessão ocorre na Cinemateca, neste sábado (31).


VEJA A PROGRAMAÇÃO:

SEXTA (30)

CCBB

11h: "Shoot Yourself"
Brasil, 2011. Direção: Paula Alzugaray e Ricardo Van Steen. 69 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Investiga as fronteiras e as relações entre o ato performático e o ato fotográfico, por meio de um videoensaio.

15h: "Crazy Horse"
Idem. França/Inglaterra, 2010. Direção: Frederick Wiseman. 134 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Os bastidores de um dos mais famosos cabarés do mundo, o parisiense Crazy Horse. A câmera capta o funcionamento do que os proprietários do local dizem ser "o melhor show de striptease de luxo do mundo".

17h30: "A Televisão e Eu"
La T.V. y Yo. Argentina, 2002. Direção: Andrés di Tella. 75 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Mescla de episódios da televisão argentina com as lembranças do róprio cineasta.

19h: "Barulho"
Raash. Israel, 2012. Direção: Dan Geva e Noit Geva. 70 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Investigação de uma sociedade barulhenta por meio de câmeras instaladas em uma casa que captam as fontes da massa sonora.

20h30: "Montoneros, Uma História"
Argentina, 1995. Direção: Andrés di Tella. 90 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Através da história pessoal de Ana, uma ex-militante dos Montoneros, principal grupo armado argentino contra a ditadura militar dos anos 70/80, reconstitui-se a memória coletiva não só dessa organização, como do próprio país num momento de crise e fragmentação social e política.

CCBB - r. Álvares Penteado, 112, centro, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/3113-3651 ou 0/xx/11/3113-3652. Grátis.


Cinesesc

15h: "Cuíca de Santo Amaro"
Brasil, 2012. Direção: Joel de Almeida e Josias Pires. 74 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
As histórias do cordelista baiano Cuíca de Santo Amaro, que foi transformado em personagem dos escritores Dias Gomes e Jorge Amado.

17: "Com Amor, Carolyn"
Love Always, Carolyn. Suécia, 2011. Direção: Maria Ramström e Malin Korkeasalo. 70 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Mulher de Neal Cassady e amante de Jack Kerouac, Carolyn Cassady viveu a sua longa vida lidando com o dúbio legado da convivência íntima com dois dos maiores ícones da geração beat. Neal largou-a com seu filho, de apenas três meses, para lançar-se à viagem com Jack Kerouac da qual nasceria o livro "Pé na Estrada", do qual Cassady virou personagem.

19h: "Jorge Mautner - O Filho do Holocausto"
Brasil, 2011. Direção: Pedro Bial e Heitor D`Alincourt. 93 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Jorge Mautner nasceu no Rio, em 1941, sob a marca da mescla de influências, culturas e religiões. Escritor precoce, publicou seu primeiro livro aos 21 anos, iniciando-se também no jornalismo. Preso pela ditadura de 1964, refugia-se na Europa, conhecendo Caetano Veloso e Gilberto Gil em Londres, o que marca uma definitiva aproximação ao núcleo tropicalista.

21h: "Coração do Brasil"
Brasil, 2011. Direção: Daniel Solá Santiago. Não recomendado para menores de 16 anos.
Em 1958, a Fundação Brasil Central confiou aos sertanistas e irmãos Villas Boas a tarefa de demarcar o centro geográfico do Brasil. Cinquenta anos depois, três participantes da expedição original, Sérgio Vahia de Abreu, o documentarista Adrian Cowell e o cacique Raoni, agora contando com tecnologia moderna, como cartas náuticas e GPS, retomam o mesmo trajeto.

Cinesesc - r. Augusta, 2.075, Cerqueira César, centro, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/3087-0500. Grátis.


MIS

14h: "Consideração do Poema"
Brasil, 2011. Direção: Gustavo Rosa de Moura, Eucanaã Ferraz e Flávio Rosa de Moura. 70 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Panorama da obra poética de Carlos Drummond de Andrade a partir de leituras.

16h: "O Cultivo da Flor Invisível"
El Cultivo de la Flor Invisible. Uruguai, 2011. Direção: Juan Alvarez Neme. 90 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
No governo de Vásquez (2005-2010), os restos mortais de prisioneiros desaparecidos durante a ditadura uruguaia (1973-1985) são localizados.

18h: Retrospectiva Brasileira - Coutinho: O Caminho Até "Cabra"
Integram a sessão os curtas "Coutinho Repórter", "Exu, Uma Tragédia Sertaneja" e "Theodorico, O Imperador do Sertão".

20h: "Santos, 100 Anos de Futebol Arte"
Brasil, 2012. Direção: Lina Chamie. 96 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Um retrato do Santos F. C. em seu centenário. A trajetória do primeiro time brasileiro a se tornar bicampeão mundial.

MIS - av. Europa, 158, Jardim Europa, zona oeste, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/2117-4777. Grátis.


SÁBADO (31)

CCBB

11h: Competição Internacional - Curtas
Serão exibidos curtas como "Descarrilamentos", de Chelsea McMullan, e "Tilman no Paraíso", de Julian Vogel.

15h: "O Homem que Ninguém Conheceu"
The Man Nobody Knew: In Search of My Father, CIA Spymaster William Colby. EUA, 2011. Direção: Carl Colby. 104 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Integrante da CIA, William Colby comandou operações clandestinas, mas liberou ao Congresso o conhecimento sobre os abusos do passado.

17h: "Fotografias"
Fotografías. Argentina, 2007. Direção: Andrés di Tella. 110 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Para desvendar a história de sua mãe, nascida na Índia, o diretor argentino empreende uma viagem às suas origens. Na própria Argentina, ele acha pistas sobre o passado de sua mãe. Na Índia, o diretor tenta preencher as lacunas da identidade de ambos.

19h: "Com Amor, Carolyn"

20h30: "O Emprego"
La Gueule de L'Emploi. França, 2011. Direção: Didier Cros. 95 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Dez pessoas de diferentes idades e experiências à procura de emprego participam de um processo seletivo durante dois dias.


Cinesesc

15h: "Coração do Brasil"

17h: "Xaréu - Memórias do Arraial"


Cinemateca - sala BNDES

14h: "Cabra Marcado para Morrer"
Brasil, 1984. Direção: Eduardo Coutinho. 119 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Em 1964, o golpe militar interrompe na Paraíba as filmagens por Eduardo Coutinho de um longa ficcional sobre o assassinato de um líder das Ligas Camponesas, João Pedro Teixeira. Vinte anos se passaram até que Coutinho, agora documentarista, revisite os negativos preservados e reconstitua o destino da familia Teixeira durante o regime militar.

16h: Coutinho: O Caminho até 'Cabra'

18h: Retrospectiva Brasileira - Coutinho: O Caminho Até "Cabra"
Integram a sessão os curtas "Coutinho Repórter", "Exu, Uma Tragédia Sertaneja" e "Theodorico, O Imperador do Sertão".

20h: "Augusto Boal e o Teatro do Oprimido"
Brasil, 2012. Direção: Zelito Viana. 62 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Retrato da vida e da obra do diretor e dramaturgo brasileiro Augusto Boal (1931-2009), consagrado pela criação do Teatro do Oprimido.

Cinemateca Brasileira - lgo. Sen. Raul Cardoso, 207, Vila Clementino, zona sul, São Paulo, SP. Tel.: 0/xx/11/3512-6111. Grátis.


MIS

14h: "Duch, o Mestre das Forjas do Inferno"
Duch, le Maître des Forges de L'Enfer. França, 2011. Direção: Rithy Panh. 103 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Em 1970, Duch comandou um sistema de torturas e execuções que matou pelo menos 12.280 pessoas no Camboja.

16h: Competição Brasileira - Curtas
Serão exibidos curtas como "Ser Tão Cinzento", de Henrique Dantas, e "Barbara em Cena", de Ellen Ferreira.

18h: Retrospectiva Brasileira - Coutinho: O Caminho Até "Cabra"
Serão exibidos os curtas "Coutinho Repórter", de Rená Tardin, "Seis Dias de Ouricuri" e "O Pistoleiro de Serra Talhada", de Eduardo Coutinho.

20h: "O Huaso"
El Huaso. Canadá/Chile, 2011. Direção: Carlo Guillermo Proto. 80 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Sofrendo de uma progressiva deterioração da memória, Gustavo Proto abandona seus negócios e dedica seu tempo a exames médicos.


DOMINGO (1º/4)

CCBB
11h: Competição Internacional - Curtas
Integram a sessão curtas como "Osso Vento Fogo", de Jill Sharpe, e "Vovós", de Afarin Eghbal.

15h: "Cinco Câmeras Quebradas"
5 Broken Cameras. França, 2011. Direção: Emad Bornat e Guy Davidi. 90 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Em 2005, o governo de Israel construiu um muro em uma cidade da Cisjordânia. Um dos moradores do local se vê transformado em documentarista amador do conflito e de sua vida privada.

17h: "O País do Diabo"
_ El País Del Diablo. Argentina, 2008. Direção: Andrés di Tella. 77 min. Não recomendado para menores de 16 anos._
Ensaio de um perfil do controverso escritor, jurista, etnógrafo e geógrafo Estanislao Zeballos (1854-1923), principal ideólogo da chamada Conquista do Deserto, campanha deflagrada pelo exército no final do século XIX que acarretou o extermínio da maioria dos indígenas argentinos.

19h: "Planeta Caracol"
Planet of Snail. Coreia do Sul, 2011. Direção: Seung-Jun Yi. 89 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Desde a infância, quando perdeu a visão e a audição, Young-Chan vive uma vida solitária. Isso muda quando ele conhece Soon-Hoo, com quem se casa.

20h30: "China Peso-Pesado"
China Heavyweight. China, 2011. Direção: Yung Chang. 89 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Caçadores de talentos esportivos percorrem o interior da China à procura de jovens talentos para o boxe --banido do país em 1959, após a revolução chinesa.


Cinesesc

15h: "Carrière 250 Metros"
Idem. México, 2011. Direção: Juan Carlos Rulfo. 88 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
O escritor e roteirista Jean-Claude Carrière inicia um percurso que o levará a Paris, Nova York, México e Índia.

17h: "Ricky em Leacock"
Ricky on Leacock. França, 2012. Direção: Jane Weiner. 89 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Mergulho em raras imagens de arquivo do cineasta britânico Richard Leacock, alternadas com registros de encontros com o diretor e amigos.

19h: "Crazy Horse"


Cinemateca - sala BNDES

14h: "Crônica de um Verão"
Chronique d'un Été. França, 1959. Direção: Jean Rouch e Edgar Morin. 85 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Em Paris, no verão de 1960, um sociólogo e um etnólogo interrogam transeuntes, operários, estudantes e alguns casais sobre suas motivações e se são felizes.

16h: Retrospectiva Brasileira - Coutinho: O Caminho Até "Cabra"
Serão exibidos os curtas "Coutinho Repórter", de Rená Tardin, "Seis Dias de Ouricuri" e "O Pistoleiro de Serra Talhada", de Eduardo Coutinho.

18h: "Xaréu - Memórias do Arraial"

20h: "Jorge Mautner - O Filho do Holocausto"


MIS

14h: "Vivam os Antípodas!"
¡Vivan las Antipodas! Argentina, 2011. Direção: Victor Kossakovsky. 106 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
Visita a oito antípodas --lugares situados em posições diametralmente opostos um ao outro desde o centro da Terra.

16h: Competição Brasileira - Curtas
Serão exibidos curtas como "A Galinha Que Burlou o Sistema", de Quico Meirelles, e "A Cidade", Liliana Sulzbach.

18h: "Cabra Marcado para Morrer"

20h: "O Céu Aberto"
El Cielo Abierto. México, 2011. Direção: Everardo González. 100 min. Não recomendado para menores de 16 anos.
A figura do arcebispo salvadorenho Oscar Arnulfo Romero (1917-1980), 32 anos após seu assassinato, enquanto celebrava uma missa.

Acesse o site Catraca Livre para saber informações sobre eventos gratuitos ou populares.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais

Mais lidas