Com a chegada da primavera, conheça lugares para comer e beber em meio a muito verde

Cafeterias, restaurantes e floriculturas em São Paulo misturam gastronomia e plantas

Marina Consiglio
São Paulo

A chegada da primavera e, esperamos, de dias ensolarados e de temperaturas amenas, é mais um convite para se cercar de natureza. Contra o cinza da capital, a tendência tem sido trazer o verde para perto na decoração do lar ou ir a locais em que ele esteja presente.

Atentas a este momento, floriculturas e lojas de jardinagem descoladas investem em espaços para receber o público para um café ou um drinque em meio a plantas —que também podem ser levadas para casa. 

A loja Botanista, por exemplo, também recebe exposições de artistas mulheres. O Café Paulista, no centro, está instalado em um casarão do início do século passado e é rodeado de orquídeas. Já a loja Flo lança uma carta de drinques com infusões florais.

Quem busca uma refeição mais elaborada, mas não dispensa a presença das folhas, também encontra seu lugar à sombra. Lugares como o restaurante Ecully usam, inclusive, temperos da horta em suas refeições.

A matéria a seguir traz, ainda, dois eventos que celebram o início da estação, neste sábado (22). Floriculturas dos bairros de Santa Cecília e Vila Buarque oferecem atividades culturais gratuitas no evento A Primavera Chegou!; e o parque Burle Marx, no Morumbi, recebe o The Gaarden, com shows, feira de artesanato e gastronomia.

 

A Primavera Chegou!
Floriculturas da Vila Buarque e Santa Cecília comemoram, neste sábado (22), a chegada da estação com circuito de atividades gratuitas

9h30
Documentário “Margaret Mee e a Flor da Lua”, na Escola de Botânica (mediante inscrição em bit.ly/2DoYaWD)
Av. Angélica, 501, tel. 3826-3277

11h
Montagem de arranjos na Arranjo Tropical
R. Barão de Tatuí, 284, tel. 2589-5201

13h30
Churrasco vegano no Quintal do Centro (paga o que consome)

15h30
Aprenda a produzir mudas com as plantas de casa, na Escola de Botânica

Confira a programação completa em bit.ly/2xvkR4X

 

Floriculturas com bar e café

Botanista
O universo da botânica inspira esta loja, que, além de vender plantas ornamentais, medicinais e aromáticas, também oferece produtos como aromatizadores e sais de banho e tem um café com itens como o waffle de pão de queijo —nos dois primeiros sábados do mês, aliás, tem brunch. O local ainda abre espaço para exposições de artistas mulheres. Nesta sexta (21), inaugura “Inventário”, de Julia Balthazar, com pinturas, desenhos e cerâmicas.
R. Amaro Cav., 138, Pinheiros, região oeste, tel. 94205-9383. 25 lugares. Qui. e sex.: 11h às 19h. Sáb.: 10h às 16h. Café expresso: R$ 5. Estac. a partir de R$ 10 (nº 119).

Café Paulista
O café abriu as portas em meio a jabuticabeiras de um casarão de 1912. Instalado na Casa da Don’Anna, nos Campos Elíseos, serve cafés, bolos e salgados, como pão de queijo e quiche, em um quintal com uma floricultura que dá destaque para as orquídeas. Inicialmente a mansão de esquina estava em reforma, mas já abriga espaços para eventos, como casamentos, e salas disponíveis para aluguel e coworking.
R. Guaianases, 1.149, Campos Elíseos, região central, tel. 3798-2363. 100 lugares. Seg. a qua.: 7h às 19h. Qui. e sex.: 7h às 18h. Café expresso: R$ 5.

Flo Atelier Botânico
Os terrários e arranjos com flores diferentonas do local fazem sucesso com o público —tanto, que a loja se mudou para um espaço maior, há um ano. Ali, além de plantas, dá para encontrar produtos para casa, ferramentas de jardinagem e chás. Neste sábado (22), às 16h, a casa faz festa para comemorar a nova estufa no jardim e oferecer uma prévia dos drinques que serão oferecidos no bar do espaço, com infusões florais e criados em parceria com Ale D’Agostino, do Apothek.  
R. Delfina, 115, Vila Madalena, região oeste, tel. 2589-6116. 22 pessoas. Seg. a sáb.: 10h30 às 19h. Estac. (grátis).

Jardin do Centro
O negócio começou como uma loja de plantas, com decoração charmosa, cheia detalhes simpáticos, como uma máquina de escrever para os cartões de presente. Logo, ampliou o espaço e ganhou um café, cercado de verde. O menu traz diferentes métodos de preparo de café, a preços bem amigáveis —a xícara de coado, por exemplo, sai por R$ 3— além de doces, salgados e almoço, sempre com opção vegetariana.
R. Gen. Jardim, 494, Vila Buarque, região central, tel. 3151-3789. 50 lugares. Seg. a sáb.: 11h às 19h. Café expresso: R$ 4.

Quintal do Centro
Também uma loja de plantas com café, a casa segue o modelo e tem o menu do Jardin, dos mesmos sócios —a máquina de escrever para os cartões à moda antiga também está ali. A diferença é que ocupa um aconchegante e amplo imóvel com cara de casa de vó, com várias salas decoradas com itens garimpados e até um quintalzinho com grelha, onde aos sábados, é preparado churrasco vegano. 
R. Br. de Tatuí, 95, Vila Buarque, região central, s/ tel. 50 lugares. Seg. a sáb.: 11h às 19h. Café expresso: R$ 4.

 

Bares e restaurantes

Bar Botânico
Novidade em Pinheiros, o bar surpreende o público com um quintal arborizado, com mesas coletivas e charmosas luzinhas. O pessoal que frequenta o local é jovem e animado. As conversas são acompanhadas de drinques como o o mojito (feito com manjericão-roxo), clássicos, como bloody mary e alexander, e, como dita a moda atual, uma seção de gins-tônicas. 
R. Dep. Lacerda Franco, 344, Pinheiros, região oeste, tel. 99637-2900. 150 pessoas. Qua. a sex.: 18h à 1h. Sáb.: 16h à 1h. Estac. R$ 10. Não aceita tíquetes. Drinque G&T Vingro: R$ 20.

Bec Bar
Outro bar recém-inaugurado em Pinheiros, este ocupa um imóvel da década de 1930 que guarda uma jabuticabeira em seu amplo quintal. O nome da casa é uma sigla que indica suas especialidades: breja e churras —no caso, o xixo gaúcho, tipo de espeto. O carrro-chefe tem miolo de alcatra, linguiça toscana e copa lombo de leitão envolta por bacon. Para beber, tem seis torneiras com chopes, caso do Bec Westcoast IPA, feito para o local pela cervejaria Dádiva.
R. Pe. Garcia Velho, 72, Pinheiros, tel. 99660-2161. 110 pessoas. Ter. a qui.: 12h às 24h. Sex. e sáb.: 12h à 0h30. Dom.: 12h às 18h. Valet a partir de R$ 15. Couv. art.: R$ 7 a R$ 10. Cerveja Bec Westcoast - 325 ml: R$ 18. 

Bráz Quintal
Instalado em um charmoso casarão na Vila Clementino, o restaurante é a versão de bairro da pizzaria Bráz, com ambiente externo cheio de plantas, árvores e até uma lareira. O menu traz as tradicionais redondas do grupo, com coberturas como a com alcachofras assadas na lenha, azeite de ervas, queijo caciocavallo e tomates assados.
R. Gandavo, 447, Vila Clementino, região sul, tel. 5539-4912. 230 lugares. Seg. a qui. e dom.: 18h30 às 24h. Sex. e sáb.: 18h30 à 1h. Não aceita tíquetes. Estac. R$ 23. $

Capim Santo
No comando da casa está a chef Morena Leite, também do Santinho —outra que atrai pelo verde, na unidade do Museu da Casa Brasileira. Aqui, ela exibe toda a sua criatividade em cozinha que exalta os sabores brasileiros. O menu tem pratos como a moqueca de frutos do mar acompanhada de arroz de castanha, farofa de beiju e pirão. O ambiente é dominado pelo verde, seja na decoração e tinta das paredes, seja nas plantas que dão vida ao espaço.
Al. Min. Rocha Azevedo, 471, Cerqueira César, região oeste, tel. 3089-9500. 200 lugares. Ter. a sex.: 12h às 15h e 19h às 23h30. Sáb.: 12h30 às 16h30 e 20h às 24h. Dom.: 12h às 17h. Valet R$ 25. $$$$

Chou
O ambiente mais disputado da casa da chef Gabriela Barretto (também do Futuro Refeitório) é o intimista jardim dos fundos, decorado com luzinhas pendentes. Dica para petiscar por ali são as entradinhas, caso da abóbora cabotiá assada, com gergelim negro e coentro. As carnes, como o miolo de contra-filé argentino, são preparadas na grelha.
R. Mateus Grou, 345, Pinheiros, região oeste, tel. 3083-6998. 44 lugares. Ter. a qui.: 19h às 23h45. Sex. e sáb.: 19h à 0h30. Não aceita tíquetes. Valet R$ 20. $$$

Ecully
No restaurante  do casal de chefs Guilherme Tse Candido e Juliana Amorim, algumas das ervas usadas na cozinha são provenientes da horta nos fundos do imóvel, como o manjericão e o alecrim. Neste sábado (22), o local oferece um almoço para celebrar a primavera, em cinco etapas. Entre os pratos, há o tartare de atum com tempurá de lula e limão-cravo, servido com o vinho Espirit Mediterrane Rosé. O valor é R$ 249 por pessoa, com bebidas inclusas.
R. Cotoxó, 493, Perdizes, região oeste, tel. 3853-3933. 110 lugares. Ter. a qui.: 12h às 15h e 19h30 às 23h30. Sex.: 12h às 15h e 19h30 às 24h. Sáb.: 12h30 às 16h e 19h30 às 24h. Dom.: 12h30 às 16h. Não aceita tíquetes. Valet R$ 20. $$$$

Felix Bistrot
A visita a este restaurante francês faz parecer que você tirou férias: ele fica numa casa de campo, com jardim e mesas em torno da piscina, na Granja Viana. Depois de cinco anos, o chef francês Alain Uzan volta a assinar o menu do local com receitas como as ostras gratinadas. Elas fazem boa entrada para o filé-mignon de javali com crosta de pistache e molho de frutas secas.
R. José Felix de Oliveira, 555, Granja Viana, Cotia, tel. 4702-3555. 120 lugares. Ter. a qui.: 12h às 15h e 19h às 22h. Sex.: 12h às 15h e 19h às 23h. Sáb.: 12h às 16h e 19h às 23h. Dom.: 12h às 17h. Não aceita tíquetes. Valet (grátis). $$$$

A Figueira Rubaiyat
A centenária figueira que dá nome ao restaurante é destaque no cenário e fica bem no meio do salão. Recentemente, a casa teve cozinha renovada pelo catalão Daniel Redondo (ex-Maní) e ganhou receitas como o fideuá (um parente da paella, feito com macarrão) de lula ou de camarões com açafrão.
R. Haddock Lobo, 1.738, Cerqueira César, região oeste, tel. 3087-1399. 350 lugares. Seg. a sex.: 12h às 16h e 19h às 24h. Sáb.: 12h à 0h30. Dom.: 12h às 23h. Não aceita tíquetes. Valet R$ 25. $$$$$

Jacarandá
Em torno da frondosa árvore que nomeia o lugar, os clientes provam receitas como polvo grelhado na brasa, guarnecido de arroz negro, tomate confitado e molho de castanha-do-pará e pimentão.
R. Alves Guimarães, 153, Pinheiros, região oeste, tel. 3083-3003. 108 lugares. Seg. a dom.: 12h às 24h. Não aceita tíquetes. Valet R$ 20. $$$$

Kaá
Pé-direito alto, jardins verticais e espelho d’água compõem a sofisticada decoração deste restaurante de menu de inspiração franco-italiana. O filé au poivre é servido com nhoque de batata na manteiga.
Av. Juscelino Kubitschek, 279, Vila Nova Conceição, região sul, tel. 3045-0043. 185 lugares. Seg. a qui.: 12h às 15h e 19h às 24h. Sex.: 12h às 15h e 19h à 1h. Sáb.: 12h às 17h e 19h à 1h. Dom.: 12h às 17h. Valet R$ 25. $$$$

Pé de Manga
Clássico da Vila Madalena, o bar tem como atração, adivinhe, pés de manga. No plural: são três. O menu remete à temática tropical, com miniacarajés e caipirinhas de frutas da estação.
R. Arapiraca, 152, Vila Madalena, região oeste, tel. 3032-6068. 250 lugares. Seg. a qui.: 12h às 15h e 18h às 24h. Sex.: 12h às 15h e 18h à 1h. Sáb.: 12h à 1h. Dom.: 12h às 22h. Estac. a partir de R$ 25. Cerveja Bohemia - 355 ml: R$ 11.

Praça São Lourenço
Jabuticabeiras, amoreiras, goiabeiras e um lago ocupam a área externa desse restaurante de impressionantes 1.500 m² na Vila Olímpia. Para comer, há o vitelo à milanesa com pequenas bolotas de nhoque de abóbora, limão-galego grelhado e salada de miniagrião com picles de cebola-roxa.
R. Casa do Ator, 608, Vila Olímpia, região sul, tel. 3053-9300. Seg. a qui.: 12h às 15h e 19h às 23h30. Sex.: 12h às 15h30 e 19h à 0h30. Sáb.: 12h às 17h e 19h à 0h30. Dom.: 12h às 17h. Valet R$ 25. $$$$

 

The Gaarden
Neste sábado (22), o parque Burle Marx, no Morumbi, recebe uma festa gratuita para comemorar a chegada da primavera. O evento, promovido pela cerveja belga Hoegaarden, é animado pelos DJs Luísa Viscardi, Formiga e Bertho e pela banda cearense de rock Selvagens à Procura de Lei e recebe feira de artesanato e culinária. Para participar, é preciso se inscrever em thegaarden-hoegaarden.com.
Pq. Burle Marx - Av. Da. Helena Pereira de Moraes, 200, Parque do Morumbi, região oeste, tel. 3746-7631. Sáb. (22): 12h às 24h. Estac. a partir de R$ 15. GRÁTIS


Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais