Descrição de chapéu Crítica
Restaurantes

Mesmo com chegada de Masterchef, novidades do Tatá Sushi são tediosas

Novo menu é assinado por Leo Young, vencedor da terceira temporada do reality culinário

Josimar Melo
São Paulo

Tatá Sushi

  • Quando Ter. a qui.: 12h às 15h e 19h às 23h30. Sex. e sáb.: 12h às 15h e 19h às 24h. Dom.: 12h às 16h e 19h às 22h30.
  • Onde R. João Cachoeira, 278, Vila Nova Conceição, região sul, tel. 3078-2006. 92 lugares.

Dois anos depois de inaugurado, o Tatá Sushi acaba de passar por mudanças, ainda que sem grandes reflexos em sua cozinha. A sociedade se ampliou com a entrada do chef Leo Young, 33, que virou celebridade ao vencer a terceira edição do reality culinário Masterchef (Band), e agora empresta sua visibilidade para a casa.

O ambiente continua bonito e confortável, especialmente no primeiro salão, dominado pelo sushi-bar e um outro balcão de bebidas, abrigados sob grandes lustres de papel de arroz que pendem do teto. Na nova fase, o balcão de sushi ganha o reforço do sushiman Fábio Shiguematsu, que nos últimos oito anos trabalhou no Empório Santa Maria.

Sashimi de barriga de salmão trufada com raspas de limão do Tatá Sushi
Sashimi de barriga de salmão trufada com raspas de limão do Tatá Sushi - Angelo Dal Bó/Divulgação

Uma forma de conhecer o menu, inclusive algumas novas receitas, é pedir a chamada Sugestão do Chef (R$ 190, ou R$ 350 para duas pessoas). É um menu fixo de crus e cozidos, começando com carpaccio de polvo salpicado de curry e limão-siciliano; e, como entradas quentes, berinjela crocante com tempero de missô bem balanceado por um toque adocicado, e cogumelo shiitake na manteiga.

O menu segue com uma seleção de seis sushis, como o já tedioso de barriga de salmão maçaricado e desnecessariamente trufado. O toque artificial de trufa também aparece numa especialidade, o By Luizinho, versão do chamado dyo de salmão recoberto com ovas do peixe e gema de codorna (se pedidos fora do menu fixo custam, respectivamente, R$ 30 e R$ 32 a dupla).

Entre os sushis há também um de camarão maçaricado (outra recorrência) com um vinagrete de sabor asiático, e outro mais simples, de dourada com folhinha de shissô (se pedidos separadamente, os sushis vão de R$ 20 a R$ 36, a dupla).

A sequência se encerra com uma boa vieira servida com foie gras, flor de sal e molho teriyaki; e, como último prato, merluza negra com um molho (muito engrossado e doce) de missô e gergelim.

Se der sorte, o restaurante estará servindo também atum bluefin importado, disponível poucos dias por mês —tive esta sorte, e o peixe estava bom e nada caro, R$ 45 por dois sushis (um de lombo, outro de barriga).

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais