Restaurante Dona Canô é esquina nordestina em Perdizes

Espaço também tem empório com itens como pimenta caseira e cachaça orgânica

Marina Consiglio
São Paulo

A rede e a decoração rústica desta simpática casa avarandada dão dicas do que se come ali. O nome, Dona Canô, mata a charada para o público: a cozinha tem raízes no Nordeste.

Desde maio em Perdizes, o local também abriga um empório com pimentas caseiras, cachaça orgânica e cafés especiais. 

Funciona apenas no horário do almoço, quando serve combinados. Primeiro, escolhe-se o principal, entre quatro opções de proteína e três vegetarianas. Depois, os dois acompanhamentos.

Carne de sol, queijo de coalho, macaxeira e risoto em combinação servida no restaurante Dona Canô, em Perdizes
Carne de sol, queijo de coalho, macaxeira e risoto em combinação servida no restaurante Dona Canô, em Perdizes - Reprodução/Instagram.com/donacanorestaurante

Com isso, dá para combinar a carne de sol na chapa (R$ 31) com itens como macaxeira e risoto do sertão (arroz preparado com leite e nata fresca). Por mais R$ 8, inclui-se uma generosa fatia de queijo de coalho à mistura.

Há, ainda, o prato do dia (R$ 30), com opções como a rabada, servida às quintas-feiras, e a favada, às sextas. 

Para adoçar, tem sugestões como o Lampião e Maria Bonita (R$ 25), uma goiabada cremosa servida com gorgonzola, e uma versão da clássica Cartola (R$ 20) na qual o queijo manteiga é substituído por uma fatia de queijo de coalho.

R. Pe. Chico, 275, Perdizes, região oeste, tel. 3862-1307. 50 lugares. Ter. a sex.: 11h30 às 15h30. Sáb. e dom.: 11h30 às 16h30.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais