Restaurante Lavianna almeja alta gastronomia em clima de balada

Com chef espanhol, casa divide espaço com a balada Sutton, na avenida Faria Lima

Marina Consiglio
São Paulo

Jantar no novo Lavianna é quase como ir a uma balada. Não à toa, já que o restaurante pertence e divide espaço com a Sutton, filial de uma casa noturna de Barcelona.

O clube fica no terraço de um prédio comercial no Itaim Bibi. No térreo, uma hostess recebe o público em uma área adesivada com o logo do clube —para quem quiser tirar fotos. 

Ao chegar no topo do prédio, antes de entrar na área da Sutton, é preciso abrir uma comanda. Na visita, a reportagem pagou entrada de R$ 75 (consumíveis) para ir ao Lavianna. Era período de soft opening. Agora, o valor é de R$ 100, cobrados somente à noite.

Em contraste com a música eletrônica que ecoa em altos decibéis por ali (e impede conversas mais intimistas), o salão tem decoração clean e elegante. Esta combina melhor com o menu do chef espanhol David Andrés (do estrelado ABaC).

De acento mediterrâneo, a cozinha tem pratos como o lombinho de porco ibérico com fetuccine (R$ 42). Na seção dos arrozes, há o negro com lula com mexilhões (R$ 78).

Também merece atenção a carta de drinques, assinada pelo barman Derivan Ferreira.

Sutton - Av. Brig. Faria Lima, 4.509, Itaim Bibi, região sul, tel. 5041-1533. 85 lugares. Qui. e sex.: a partir das 20h. Sáb.: a partir das 12h. Não aceita tíquetes. Valet R$ 30. $$$

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais