Novo restaurante Boto tem menu autoral baseado no fogo

Em Pinheiros, esta é a primeira casa própria do chef Leo Botto

Marina Consiglio
São Paulo

O cantinho da Cônego Eugênio Leite, em Pinheiros, que por anos teve como principal atração noturna o boêmio Boca de Ouro está se povoando —abriu, há três semanas, o Boto, do chef Leo Botto. 

Dono de um currículo respeitável, com passagens por casas como Spot, Julia Cocina (onde cozinhou com Paola Crosella), Gero, La Frontera e grupo Chez (do qual também foi sócio), Botto inaugura sua primeira casa própria com um menu autoral baseado no fogo.

Ele usa diferentes equipamentos para explorar variados processos em receitas que fazem uso de ingredientes locais, muitos deles pouco conhecidos. Um bom exemplo é o acém preparado em defumação aberta, servido sobre chips de cará-moela (R$ 24), um tubérculo que lembra a batata.

A maior parte dos pratos principais são pedidas compartilhadas. Há o moqueado do dia (R$ 170) e o corte bovino disponível (R$ 120), entre outros. Os acompanhamentos, como o arroz-cateto com couve-flor assada (R$ 18) são pedidos à parte. Nas opções individuais, há o nhoque de batata ao molho de queijo e farofa de pão (R$ 52).

R. Con. Eugênio Leite, 1.152, tel. 3032-1029. Ter. a qui.: 19h às 24h. Sex. e sáb.: 19h à 1h.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais