Descrição de chapéu Crítica
Restaurantes

Pinocchio Cucina atrai notívagos com pizzas servidas madrugada adentro

Restaurante combina bar e pizzaria, com massa chocha, e pratos de apelo comercial

Luiza Fecarotta
São Paulo

Pinocchio Cucina

  • Quando Ter.: 19h às 2h30. Qua. a sáb.: 19h às 5h. Dom.: 12h às 2h.
  • Onde Al. Tietê, 140, Cerqueira César, região oeste, tel. 3060-8392. 60 lugares.

Desde sua abertura no final do ano passado, o Pinocchio Cucina mantém movimentada a esquina da alameda Tietê com a rua Augusta, no lado dos Jardins.

Com cardápio enxuto, que passeia pela Itália e pela França em receitas com apelo comercial, o restaurante combina bar e pizzaria, com massa chocha (ainda que agregue sedutores tostados) e opções como a carbonara. Em sua base, um pesado creme de queijos, bacon e ovos com gema mole e clara gelatinosa (R$ 75, individual).

Pizza carbonara servida no restaurante Pinocchio Cucina, nos Jardins
Pizza carbonara servida no restaurante Pinocchio Cucina, nos Jardins - Rubens Kato/Divulgação

Foi um acerto do chef e empresário Marcelo Mussi fazer dali uma alternativa para acolher os notívagos. A cozinha fecha meia-noite,  mas a casa serve pizzas e drinques até 5h. Outrora à frente do sofisticado italiano Magari, no Itaim, no novo negócio Mussi realça um ambiente descontraído, à meia-luz, mas com atendimento trôpego. Minúsculo, esparrama-se pela calçada sem muito conforto, especialmente diante dos preços cobrados.

De um bar vistoso saem drinques a valores acima do mercado. Clássicos, como negroni, custam R$ 38.
Nos pratos, notam-se traços inventivos sem que sejam, porém, grandes ideias. É o caso do steak tartare, com carne bem temperada, cortada na ponta da faca (R$ 56, como entrada), sob um ovo com gema mole empanado em farinha de pão.

Ao ser rompido, lambuza o conjunto da obra, tornando-a ainda mais untuosa e com sabor enriquecido. Soa excessiva a emulsão de trufa, cujo aroma agressivo inibe os demais elementos.

Falta esmero para acertar o ponto do polvo. Os tentáculos ganham graça na companhia de aspargos firmes, minicenouras e tomates, com reforço de um purê sedoso, amanteigado (R$ 89).

Também peca no ponto o fettuccine com ragu de pato —este macio, mas com sabor a competir com o perfume bruto de azeite de trufa (de novo!) no qual é embalado.

Mussi anuncia para outubro a abertura de mais um negócio, o Gepeto Cucina, no Itaim. Já em obra, trará pratos como galinha d’angola e ossobuco.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais