Descrição de chapéu Crítica
Restaurantes

Em ambiente despojado, Lolla surfa direitinho na onda do fogo direto

No Itaim Bibi, casa trabalha ingredientes na grelha e nos fornos de defumação

Lolla Meets Fire

  • Quando Seg.: 12 às 15h.Ter. a qui.: 12h às 15h e 18h às 23h. Sex.: 12h às 15h e 18h às 24h. Sáb.: 12h às 24h. Dom.: 12h às 17h.
  • Onde R. Manuel Guedes, 545, Itaim Bibi, tel. 3624-8142.
  • Preço $$

Mais um restaurante adere à moda de homenagem ao fogo direto, e o faz direitinho: o Lolla Meets Fire.
No ambiente despojado, com janelões mostrando a rua, a cozinha fica visível tanto para quem entra com para quem está na calçada (onde também desponta o vizinho Lollita, com sanduíches para viagem).

Nesta cozinha, a primeira visão é a da grelha, com um forno sobre ela, e, ao lado, dos fornos de defumação (pit) do tipo americano, alimentados a carvão e lenha para cozimentos lentos e esfumaçados.

Deste sai a obra mais vistosa da casa, uma bela costela bovina com osso, de sabor defumado sem exagero, e carne tenra depois de horas de processo. No dia da visita, a peça estava saborosa, mas com excesso de gordura.

Ela teoricamente (e visualmente) serve duas pessoas, e o preço (R$ 98) é bom se você tiver sorte de vir com mais carne. Ainda mais considerando que, como nos grelhados, vêm dois acompanhamentos, sobre os quais vale a pena falar: a farofa é bem torradinha, com aromas de manteiga e cebola (discreta). E a salsa creola é um vinagrete com tiras de tomates que serve como uma boa salada.

Sob o comando do chef Nando Carneiro, também passa pelo pit de defumação o cupim (R$ 57). Já pela grelha, há cortes bovinos como o ancho (R$ 69) e a fraldinha (R$ 67), além de um original assado de tira suíno, que vem sem osso (pena) e, mesmo não estando seco, poderia estar mais suculento (R$ 57).

O menu tem entradas com destaque para a lula recheada com cuscuz de costela defumada e um molho intenso de tinta do animal (R$ 25), além de um belo espeto de camarão, polvo e uma carnuda pancetta (duas unidades, R$ 27).

Algumas porções de acompanhamento para compartilhar têm tamanho suficiente para servirem como pratos individuais (como o arroz de polvo, camarão e conchas, R$ 69). Das duas sobremesas, uma tem sabor bem brasileiro, a tortinha de requeijão baiano, toffee, café e sorbet de banana (R$ 23). O serviço precisa de reforço para dar conta do movimento, que é grande.

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais