Descrição de chapéu Crítica
Restaurantes

Laskarina Bouboulina é casa descontraída com receitas de viés mediterrâneo

Na Barra Funda, restaurante ocupa o imóvel da antiga Casa Belfiore

São Paulo

Laskarina Boubolina

  • Quando Ter. a sex.: 18h às 23h. Sáb.: 13h às 23h.
  • Onde R. Sousa Lima, 67, Barra Funda, região central, s/ tel.

É encantador observar a Barra Funda, esse bairro que nasceu de uma chácara com criação de cavalos, foi morada de Mário de Andrade e cantado nos sambas de Geraldo Filme, ser habitado por uma nova e consistente safra de bares e restaurantes. 

O Laskarina Bouboulina, cujo nome homenageia uma comandante naval envolvida na luta pela independência da Grécia, reativou, com ânimo e frescor, a esquina que outrora acomodou a saudosa Casa Belfiore

Um pequeno salão, conectado à rua, surge integrado a uma cozinha com um bojudo forno a lenha. Este enriquece boa parte das receitas, reunidas em um cardápio compacto e simples, em sintonia com o espaço, rústico, descontraído e alegre. 

Gözleme: sanduíche turco de espinafre com queijo no pão folha servido no Laskarina Boubolina - Reprodução/Instagram.com/laskarinaboubolina

Geralmente são itens com acento mediterrâneo, para compartilhar —traço que reforça um ambiente de convivência, cujo conceito, que também dialoga com a ideia de uma cozinha de pirata, foi concebido pela chef e consultora Daniela França Pinto e pelas sócias Viviana Gelpi e Camila Moura. 

A pide, esfiha turca semelhante a uma pizza delgada, pode receber cordeiro, tomate e ervas frescas (R$ 26). A massa, fininha, sai-se bem; a carne, porém, resultou seca. 

Mais suculência também faria bem ao pernil de porco servido na companhia de abóbora —seu adocicado ganha força com a presença de cebolas assadas. Coalhada seca, sedosa, láctea e ligeiramente ácida faz bom contraponto (R$ 32). 

Na seleção de acepipes, eis de novo a coalhada, ao lado de cafta crua, homus de feijão-fradinho (boa ideia) e grão-de-bico crocante, um acerto (R$ 35). 

Croquetes cremosos de carne de panela podem ser mergulhados em um pesto de tomates assados com pimenta-dedo-de-moça, esta bem sutil (R$ 19). Revela-se suave, ainda, a acidez do escabeche de carapau —se pujante seria capaz de atiçar as papilas com mais vigor (R$ 29). 

A moelada em molho profuso, no qual afunda-se o pão para não perder nada, é um conforto (R$ 31). Guarde espaço e dedique atenção à musse de chocolate.

Meia-luz, decoração charmosa e particular e mesas na calçada convidam à carta de drinques —da qual saem boas e bem-executadas ideias. Tim-tim!

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais