De olho nos alérgicos e intolerantes, casas investem em pratos sem glúten e sem lactose

Confira seleção de restaurantes, docerias e padarias que servem quitutes para quem tem restrições

Priscila Camazano
São Paulo

Bem antes da moda dos regimes sem glúten, os celíacos e alérgicos ao componente —presente no trigo, na cevada, no centeio e no malte— já tinham de ler com atenção as listas de ingredientes e fazer perguntas aos funcionários de restaurantes. Ter uma dieta com restrições, porém, não significa ter de abrir mão de opções saborosas e criativas. 

Os intolerantes a lactose, que não conseguem quebrar o açúcar presente no leite animal, também não precisam abandonar os cappuccinos e chocolates quentes, nem passar vontade diante de iogurtes e queijos. 

Doces sem glúten da padaria Grão Fino
Doces sem glúten da padaria Grão Fino - Gabriel Cabral/Folhapress

O Guia visitou 15 cafeterias, padarias, docerias e restaurantes que oferecem produtos sem glúten e sem lactose em receitas que utilizam farinhas de amêndoas ou de grão-de-bico, biomassa de banana verde, tapioca e leites de coco e de castanha-de-caju.  

Entre as opções, há pães, salgados, sopas, sorbets, bolos, brownies, brigadeiros, tortas, cookies, além de bebidas quentes e frias, que não deixam a desejar frente às receitas com ingredientes tradicionais. Tendo alguma restrição ou não, aproveite o roteiro sem limitações. 

 

Entenda melhor

Glúten
Existem os celíacos, pessoas com grau extremo de alergia às proteínas do glúten, e os alérgicos, com sensibilidade ao consumo das proteínas.
Sintomas: diarreia, dor de cabeça, dor abdominal, flatulência, náuseas e até vômito.

Lactose
Quando o organismo não consegue quebrar o açúcar do leite, a pessoa tem a chamada intolerância à lactose.
Sintomas: cólicas abdominais, náuseas, flatulência e diarreia.

Fonte: Olga Amancio, presidente da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição

 

Cafeterias e padarias

Diaita
A padaria em uma rua residencial da zona norte oferece exclusivamente opções sem glúten e sem lactose. No cardápio, há pães, doces, salgados, sopas, sorbets, sanduíches e pizzas. É possível levar itens para casa ou fazer um lanche ali mesmo. Entre os pães, há sabores como o de abóbora (R$ 3,20), o de batata-doce e funghi secchi (R$ 3,50), o de feijão-preto e cebola (R$ 3,20) e o de grão-de-bico com açafrão (R$ 3,20). Entre os salgados, há falafel (R$ 12,50), quiches, como a de abóbora e coco (R$ 12,50) e a de brócolis e tofu (R$ 13,40), e samosa (quitute de origem indiana servido na versão assada) nos sabores palmito com azeitona e alho-poró com nozes (R$ 11,30). Entre os doces há cookies, brownies, bolos e muffins. 
R. Padre Luciano, 122, Jardim Franca, região norte, tel. 2548-7550. 16 lugares. Seg. a sáb.: 9h às 19h. Estac. (grátis).

Grão Fino
Esta mistura de padaria e restaurante no Itaim oferece diversas opções, todas sem glúten, desde pratos para almoço e jantar a pães, doces e bolos, além de bebidas sem lactose. Há também tapiocas, omeletes, risotos, lasanhas e escondidinhos. Para a sobremesa, há o bolo de brigadeiro (R$ 16,50), que tem cheiro e gosto de pão, ou o pudim de fava de baunilha e leite de coco (R$ 16,90), com textura e sabor de manjar. Já as opções de bebidas quentes com leite são pura alegria, ou melhor, espuminha. O leite de castanha-de-caju, rico em gordura, dá a cremosidade perfeita ao cappuccino (R$ 8,90) ou ao café com leite (R$ 8,90). Com o cardápio vasto, o serviço é um pouco atrapalhado, e bastante demorado.
R. Pedroso Alvarenga, 672, Itaim Bibi, região sul, tel. 3078-6062. 30 lugares. Seg. a qua.: 7h às 20h. Qui. e sex.: 7h às 22h30. Sáb.: 8h às 22h. Dom.: 8h às 19h.

Holy Nuts Café
Intolerantes, alérgicos e veganos podem tomar um chocolate quente ou um cappuccino sem medo nesta casa com cara hipster e cantinhos fotogênicos em Pinheiros. Celíacos, porém, são avisados do risco de contaminação cruzada pelos fornecedores, embora as receitas não tenham glúten. Como diz o nome em inglês (que quer dizer benditas castanhas) —língua também majoritária no cardápio—, o lugar é dedicado às castanhas, usadas para fazer sobremesas, bebidas e até queijo, como o de castanha-de-caju. O leite usado no cappuccino (R$ 10) e no achocolatado (R$ 10) é o de amêndoas. Um pouco frustrante para quem sonha com cremosidade, ele é ralo, mas o que deve na textura, entrega no sabor. Para comer, há o iogurte de castanha-de-caju com granola de aveia e compota de morango e tâmaras (R$ 18), ou o sanduíche “peanut butter jelly toast” (R$ 16), que leva, no pão de amêndoas, geleia de morango adoçada com tâmaras e creme de amendoim.
R. Inácio Pereira da Rocha, 246, Pinheiros, região oeste, tel. 2619-7610. 25 lugares. Seg. a sex.: 11h às 19h. Sáb.: 9h às 13h. Café expresso: R$ 5.

Lilóri
Celíacos, intolerantes e aqueles que seguem dietas restritivas ficam à vontade nesta padaria, que tem filial no shopping Pátio Higienópolis. Um recado na entrada adverte os clientes para que não entrem com outros alimentos na casa, evitando, assim, o risco de contaminação por glúten. O estabelecimento oferece opções para o café da manhã, almoço e lanche da tarde. Para o desjejum vale a pena pedir um dos combos, como o que leva o nome da casa, composto por duas fatias de pão na chapa com azeite, iogurte com salada de frutas e granola, ovo mexido, suco de laranja e mais uma bebida quente, que pode ser um expresso, pingado ou chá (R$ 40). Para o almoço, é possível pedir um estrogonofe de frango orgânico acompanhado de arroz integral e batata-doce chips ou assada (R$ 35,90) ou o picadinho de cogumelos servido com arroz integral e farofa de castanhas (R$ 37,80). Na sobremesa, brilham os brigadeiros feitos com leite condensado de amêndoas e cacau (R$ 5,20), o briganutri, que leva farinha de grão-de-bico, leite de coco e cacau (R$ 4,20), o quindim (R$ 10,50) e o bolo Sensação, feito com massa pão-de-ló, geleia de morango e cobertura de merengue (R$ 110 o quilo).
R. Peixoto Gomide, 1.486, Jardim Paulista, região oeste, tel. 3064-0516. 40 lugares. Seg. a sex.: 8h às 20h. Sáb. e dom.: 9h às 19h.

Docerias

Bolo do Bem
Localizado em Guarulhos, na Grande São Paulo, o misto de padaria e doceria costuma receber pessoas da capital à procura dos pães, bolos e doces produzidos pela casa. Há até quem encomende algum quitute para ser entregue no aeroporto de Cumbica quando está de passagem pela cidade. No cardápio, dito “do bem”, há uma variedade de pães, como o low carb (R$ 35, 900 g) e o de hambúrguer (R$ 8, 100 g), ambos feitos com farinha de amêndoas. Há também pão de amêndoas (R$ 35, 700 g) além de broa de milho (R$ 8, a mini). Na bancada, bolos inteiros estão prontos para serem levados para casa, como o de cenoura com chocolate, banana, milho e fubá (R$ 26, 600 g). Não deixe de provar o brownie de chocolate belga com amêndoas (R$ 30), que tem o mesmo gosto da versão já conhecida, com glúten. Doces também fazem a alegria de quem é alérgico, como os brigadeiros de biomassa de banana verde (R$ 2,50) ou, ainda, uma opção recheada com morango (R$ 8), saborosa. A casa alerta que não tem como garantir que os produtos vindos de fornecedores externos não tenham sido contaminados por glúten.
R. Josephina Mandotti, 78, Jardim Maia, Guarulhos, tel. 2600-3831. Seg. a sex.: 9h às 20h. Sáb.: 9h às 17h. Estac. (grátis).

Colher de Mel Pães e Doces sem Glúten
Neste misto de padaria e doceria os produtos à venda são sem glúten e, alguns, sem lactose. É possível levar pães para casa ou comer por ali. Disponíveis na bancada estão pães de queijo feitos com fécula de mandioca, ovos e leite de soja (R$ 4,20), empadas (R$ 6,50) e salgadinhos. Entre os doces, brilham os mini cupcakes de chocolate e o red velvet (R$ 3,90), além do brigadeiro com e sem lactose (R$ 4,80), a musse de limão (R$ 4,80) e o brownie (R$ 4,90). Bolos de laranja, fubá, maçã com canela, cenoura e de chocolate vegano também estão disponíveis em versões individuais (R$ 3,90).
R. Indiana, 47, Brooklin Paulista, região sul, tel. 5536-4008. 21 lugares. Seg. a sex.: 8h30 às 18h30. Sáb.: 9h às 14h.

A Dora Adora
Em uma pequena casa em uma rua quase escondida fica esta doceria, que funciona desde de dezembro ali. Porém, há três anos os produtos podem ser pedidos por encomenda. Destacam-se os itens sem glúten, feitos à base de farinha de amêndoas, e os sem lácteos, feitos com leite vegetal. Para levar para casa, doces e bolos no pote ficam dispostos em uma mesinha, há desde brigadeiros de café, trufado e de pistache até cocada e doce de leite (R$ 38, 210 g). Algumas opções de docinhos já enrolados e prontos para serem consumidos podem ser apreciados acompanhados de um expresso. Já os bolos inteiros podem ser encomendados, há desde versões simples, como banana com doce de leite e fubá com goiabada (R$ 160 o quilo), até as mais elaboradas, como os recheados (R$ 160 o quilo). Dá para escolher a massa, que pode ser de baunilha, chocolate ou laranja, o recheio, nas opções trufado de chocolate, creme de amêndoas ou doce de leite, e, por fim, a cobertura, como a de ganache, glacê ou frutas vermelhas.
R. Gararu, 132, Vila Nova Conceição, região sul, tel. 98082-9746. 20 lugares. Seg. a sáb.: 11h às 19h.

House of Maya
A casa, aberta somente de quarta a sábado, tem cardápio no qual se destacam os brownies. Há o de chocolate belga (R$ 9, 65 g) e uma versão feita com farinha de tapioca que vale a pena ser provada (R$ 7,50, 60 g). Pães costumam ser encomendados, mas também ficam disponíveis alguns para quem quiser comer no local. Há opções de tapioca com chia (R$ 12,50, 260 g), tapioca e orégano (R$ 13, 260 g), e açafrão da terra com gengibre (R$ 13, 270 g), entre outros. Bolos, tortas e cookies também aparecem entre as opções.
R. Gabriele D’Annunzio, 1.379, Campo Belo, região sul, tel. 5041-2820. Qua. a sex.: 10h às 18h. Sáb.: 10h às 17h.

Parise Gourmet
Com produção artesanal e vegana, a casa oferece um amplo cardápio de doces, salgados e algumas refeições para quem é celíaco e alérgico. Entre os doces, destacam-se os cremes de avelã, as pastas de amendoim e os brigadeiros, feitos com farinha de grão-de-bico ou com leite condensado de coco. Em uma geladeira estão pratos prontos, para serem levados para casa ou consumidos ali, como panquecas, que podem ser de espinafre com palmito e legumes ou de beterraba com alho-poró, e sopas orgânicas —de mandioquinha com couve ou de lentilha com quinoa e manjericão—, além dos hambúrgueres veganos. 
R. Indiana, 929, Brooklin Paulista, região sul, tel. 5041-5229. 20 lugares. Seg. a sex.: 10h30 às 18h. Sáb.: 10h30 às 16h.

Pra Lá de Bom - Delícias sem Glúten
“Era uma casa muito engraçada não tinha glúten, não tinha nada”. Esta paródia da canção está escrita em uma das paredes da casa comandada pela chef Paula Rosignoli, que é celíaca. A pequena loja localizada em Santana oferece variedade de opções de doces e salgados sem glúten e sem lactose. Entre os pães, há o de mandioquinha com chia, o de abóbora com girassol e o de beterraba com quinoa (R$ 35). Dos doces, fique com as tortinhas de morango (R$ 15) e de macadâmia (R$ 10) ou com os bolos, nos sabores de laranja, chocolate belga e limão-siciliano (R$ 60).
R. Da. Luiza Tolle, 678, Santana, região norte, tel. 2283-5633. Ter. a sex.: 10h às 20h. Sáb.: 9h às 18h.

Restaurantes

Pizza For Fun
Em uma pequena porta na região do Tatuapé, na zona leste, fica a principal unidade da pizzaria, que tem uma filial na Vila Clementino, na zona sul. Dentro, uma única e longa mesa pode ser compartilhada por clientes —a casa prioriza entregas e retiradas no balcão. A massa das redondas é feita sem glúten, com utensílios que passam longe da proteína. Entre os sabores, há clássicos, como marguerita (R$ 58,90) e calabresa (R$ 54,90), e opções pouco comuns, caso da Flavor Fun (mozarela de búfala, rúcula, atum, tomate-cereja e crispy de presunto de Parma; R$ 85,90). As pizzas do cardápio ainda podem ser adaptadas com queijos veganos, sem lactose, e borda recheada. Sabores doces, calzones e crostinis completam o menu.
R. São Jorge, 46, Parque São Jorge, região leste{leste}, tel. 3360-8075. 10 lugares. Seg. a qui. e dom.: 18h às 23h20. Sex. e sáb.: 18h às 23h40. $ 

Simplesmente
Neste restaurante vegano e sem glúten come-se à vontade no almoço por R$ 39. Pode-se encontrar arroz de beterraba com erva-doce, salada de grão-de-bico com tomate e rabanete e escondidinho. A casa recebe clientes celíacos com frequência e nunca teve problemas, mas alerta para o risco de que pessoas com grau de alergia extremo possam ter alguma reação, pois não tem como garantir que o grão-de-bico, comprado de fornecedor externo, esteja livre de contaminação cruzada.
R. Mourato Coelho, 1.008, Pinheiros, região oeste{oeste}, tel. 3032-4532. 40 lugares. Seg. a sex.: 8h às 15h. Sáb.: 8h às 16h. Dom.: 10h às 16h. $$

Reúna os amigos, intolerantes ou não

Di Fondi
Na pizzaria, todos os sabores podem ser pedidos com a massa sem glúten, acrescidos de uma taxa de R$ 6 na individual e R$ 12 na grande. A Verano, que leva mozarela de búfala, rúcula, tomate-cereja e queijo vegano (R$ 35 individual e R$ 70 a grande) não deixa a desejar perto das redondas tradicionais. Ali, as pizzas sem glúten são preparadas em bancada separada e com utensílios próprios, mas a casa alerta que há o risco de contaminação pelo ar, já que a farinha com glúten é manipulada no mesmo ambiente.
R. Inácio Pereira da Rocha, 15, Pinheiros, região oeste{oeste}, tel. 2506-0136. 60 lugares. Ter. a qui. e dom.: 19h às 24h. Sex. e sáb.: 18h às 24h. Não aceita tíquetes. $

P. F. Chang’s
A rede tem cozinha separada para o preparo dos pratos sem glúten e serve eles em louças diferentes em todas as unidades. As receitas para os celíacos são facilmente identificadas no cardápio por um símbolo indicativo. Entre as opções, há o Singapore Street Noodles, que traz finos macarrões de arroz com camarão, frango, vegetais, coentro, alho e curry (R$ 59), ou o Mongolian Beef, com lâminas de carnes caramelizadas em molho à base de shoyu, alho e cebolinhas verdes crocantes (R$ 63).
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 627, Vila Nova Conceição, região sul{sul}, tel. 3044-0571. 270 lugares. Seg., qua. e qui.: 18h30 às 22h30. Seg. a qui.: 12h às 15h30. Sex. e sáb.: 12h às 24h. Dom.: 12h às 22h. Valet R$ 25. $$$

Quattrino
Entre os pratos principais, o saboroso espaguete de quinoa vem com legumes, shoyu e amêndoas (R$ 58). A sobremesa, porém, deixa a desejar, só com três opções: creme de goiaba (R$ 18), banana assada com calda de laranja e gengibre (R$ 18) e delícia de papaia (R$ 18). Os pratos sem glúten são preparados com utensílios separados, mas na mesma cozinha.
R. Oscar Freire, 506, Cerqueira César, região oeste{oeste}, tel. 3068-0319. 72 lugares. Seg. e dom.: 12h às 23h. Ter. a qui.: 12h às 24h. Sex. e sáb.: 12h à 1h. $$$$

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais