Descrição de chapéu artes plásticas
Exposições

Mostra canadense recria dez bibliotecas reais e ficcionais

Idealizada por Robert Lepage e Alberto Manguel, 'A Biblioteca à Noite' abre na quarta (3)

Amanda Ribeiro
São Paulo

Um dos mais importantes centros de conhecimento da Antiguidade, a Biblioteca de Alexandria, no Egito, foi completamente destruída por um incêndio de grandes proporções há mais de 2.000 anos. Com um acervo de milhares de obras sobre os mais variados temas, a  biblioteca do submarino Nautilus, que detém grande parcela do conhecimento do mundo, só pode ser visitada através das páginas do romance “Vinte Mil Léguas Submarinas”, de Julio ​Verne.

Até agora inacessíveis, os dois espaços podem ser ocupados pelo público na mostra “A Biblioteca à Noite”, que abre na quarta (3) no Sesc Avenida Paulista.

Idealizada pelo ator, diretor e artista visual canadense Robert Lepage —que também encena a peça “887”, no Sesc Pinheiros (pág. 66)— e pelo escritor argentino Alberto Manguel, a mostra usa realidade virtual para recriar dez bibliotecas —ficcionais ou não.

Na primeira sala expositiva, o público visita uma recriação cenográfica da biblioteca do próprio Manguel, na França. Na segunda sala, que imita uma floresta escura, os visitantes usam óculos de realidade virtual para fazer um tour pelos dez espaços culturais.

Sesc Avenida Paulista - Av. Paulista, 119, tel. 3170-0800. Ter. a sáb.: 10h30 às 21h. Dom.: 10h30 às 18h30. Até 10/2. 14 anos. Abertura quarta (3). É necessário fazer inscrição p/ sescsp.org.br. GRÁTIS

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais