Descrição de chapéu artes plásticas
Exposições

Paço das Artes abre as portas de sede definitiva com mostra de Regina Silveira

Neste sábado (25), espaço cultural passa a ocupar antigo casarão do Higienópolis

São Paulo

Desde a saída do prédio do Instituto Butantan, na Cidade Universitária, em 2016, o Paço das Artes passou a ocupar uma pequena sala do Museu da Imagem e do Som. 

A partir deste sábado (25), o espaço cultural ganha, enfim, uma sede definitiva e passa a ocupar 500 m² do casarão Nhonhô Magalhães, vizinho do shopping Pátio Higienópolis.

Na mansão dos anos 1930, inspirada nos palacetes franceses do século 19 e tombada pelo Condephaat, o museu ocupa a área da antiga garagem. O restante do casarão pertence ao shopping e conta com uma área que será usada para aluguel de eventos, além de um anfiteatro. 

A abertura do Paço é marcada pela exposição inédita de Regina Silveira, com curadoria de Priscila Antunes, diretora da instituição. A mostra Limiares traz duas instalações comissionadas e dois trabalhos em vídeo, que inauguram o acervo de arte contemporânea digital do espaço.

Antunes define como “conquista histórica” a nova sede do museu que completa 50 anos em 2020. Segundo ela, a escolha de Silveira para a abertura partiu da vontade de abrir o local com a mostra de uma “artista brasileira, mulher e que tivesse alguma história com o Paço”. 

Paço das Artes - R. Albuquerque Lins, 1.331, Consolação. Ter. a sáb.: 10h às 20h. Dom.: 12h às 18h. Até 10/5. Abertura sáb. (25). pacodasartes.org.br. GRÁTIS  

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais