SP-Foto inspira roteiro que destaca artistas famosos, eventos paralelos e exposições

Feira de fotografia ocupa o JK Iguatemi e motiva programação em galerias e centros culturais

Foto de Pachi Santiago exibida durante o SP-Foto na Galeria Zielinsky

Foto de Pachi Santiago exibida durante o SP-Foto na Galeria Zielinsky Pachi Santiago/Divulgação

Isabella Menon
São Paulo

​​

​Esqueça o Instagram ou os milhares de filtros e recursos que os celulares mais modernos permitem. Foto é uma arte muito mais complexa, celebrada nesta segunda (19), com o Dia da Fotografia.

Não por coincidência, a cidade recebe também nesta semana uma das principais mostras do gênero, a SP-Foto, a partir desta quarta (21).

Sediada no JK Iguatemi, a 13ª edição do evento conta com 43 das principais galerias da cidade, que expõem imagens de cerca de 300 artistas entre destaques brasileiros e internacionais.

É a oportunidade para ver obras icônicas, apesar do foco comercial do evento, como da americana Francesca Woodman, do inglês Martin Parr, do espanhol José Manuel Ballester e do brasileiro Sebastião Salgado e Ana Maria Tavares. 

Confira, nas próximas páginas, destaques da feira, bate-papos e exposições dedicadas à fotografia em galerias e em centros culturais. 

JK Iguatemi - Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Nova Conceição, tel. 3152-6800. Qui. a sáb.: 14h às 21h. Dom.: 14h às 20h. Até 25/8. Livre. Abertura 21/8, 17h às 21h. Grátis

 

OS IMPERDÍVEIS

Francesca Woodman
Um dos grandes destaques da feira é Francesca Woodman, americana que teve a vida interrompida precocemente aos 22 anos, quando se jogou do alto de um prédio em Nova York. Apesar da pouca idade, ela é um grande nome da fotografia visceral e ficou reconhecida por autorretratos de cunho romântico e surreal. A artista é lembrada pelas fotos em preto e branco, que quase sempre deixavam o rosto para fora do quadro. Na feira, porém, uma série pouco conhecida em cores é exposta pela Galeria Mendes Wood DM —as imagens foram exibidas na Fondation Henri Cartier-Bresson, em 2017.  

Martin Parr
Um dos fotógrafos mais influentes do mundo, Martin Parr tem obras expostas pela Galeria Lume no evento —ele é conhecido por fotos que mostram o consumo em massa. Entre as imagens, estão algumas da série “Beach Therapy”, registradas em praias, em que o britânico retrata com humor e sarcasmo os costumes da contemporaneidade. Ali, ele retrata velhinhos com sandálias e meias, crianças babando e multidões aglomeradas na areia. Com mais de 40 álbuns já revelados, ele é um dos membro da Magnum Photos e já foi presidente da cooperativa.  

Miguel Rio Branco
Miguel Rio Branco é avesso ao rótulo de fotógrafo. Na SP-Foto, ele tem suas obras expostas pela Galeria Silvia Cintra. Espanhol radicado no Brasil, ele é correspondente da agência Magnum e não segue uma fotografia descritiva. Seus registros são carregados de cores saturadas que se fundem às suas experiências na pintura e no cinema. Na feira, por exemplo, ele apresenta a “Apple Lioness”, de 2011, uma colagem de duas imagens com tom avermelhado em que maças caramelizadas aparecem ao lado da imagem de leões dentro de uma jaula. 

Sebastião Salgado
O preto e branco de Sebastião Salgado também aparece na SP-Foto. Um dos fotógrafos brasileiros mais renomados do mundo, ele se tornou membro da Academia de Belas Artes francesa em 2017. Na feira, Salgado tem uma das fotos da série que apresenta na exposição “Gold - Mina de Ouro Serra Pelada”, em cartaz no Sesc Avenida Paulista (ver pág. 11) pela Galeria Mario Cohen. O destaque do fotógrafo no evento é a presença da imagem inédita “Índia se Maquiando” (2016), que deve integrar seu próximo livro, previsto para 2021. As outras imagens de Salgado ali expostas foram tiradas no Pará e na Amazônia. 

DESTAQUES INTERNACIONAIS

Antoni Abad
O fotógrafo espanhol assina a imagem que ilustra a capa deste Guia, exposta na feira pela Galeria Zielinsky. Nela, uma mulher interpreta, na linguagem de sinais, uma frase em italiano atribuída por alguns ao filósofo alemão Nietzsche e, por outros, ao mestre espiritual persa Rumi, que diz: “E aqueles que foram vistos dançando foram julgados insanos por aqueles que não podiam escutar a música”. No trabalho do artista, é comum observar a presença do espaço e do tempo. 

Helmut Newton
O fotógrafo Helmut Newton, morto em 2004 aos 84 anos, ficou conhecido pelos estudos de nus femininos. Na feira, seus trabalhos são exibidos pela MaPa, com retratos do camaleão do rock David Bowie, quando tinha 37 anos. Há, ainda, um retrato do colecionador e dono das fotografias de Newton ali presentes, Kim Esteve. 

José Manuel Ballester
O fotógrafo espanhol José Manuel Ballester costuma registrar as cidades que passa, como já fez com Berlim, Chicago e Xangai. Na feira, ele é representado pela Dan Galeria e apresenta uma série de imagens emblemáticas de São Paulo que retratam ícones da arquitetura como o Pavilhão Ciccillo Matarazzo e o Edifício Copan. Em outra série feita em 2019, exibe cocares indígenas. 

DESTAQUES NACIONAIS

Ana Maria Tavares
A artista mineira é reconhecida pelas obras em diferentes suportes com implicações políticas, econômicas e sociais, mais especificamente sobre gênero e raça. Na SP-Foto, ela é representada pela Galeria Vermelho e apresenta a obra inédita da série “Skena in Acqua”, com fotografias bordadas. 

Ayrson Heráclito
Nascido na Bahia, o artista desenvolve trabalhos em diferentes plataformas que dialogam com as conexões do Brasil com a África e o histórico da diáspora nas Américas. Heráclito, que é representado pela Portas Vilaseca Galeria, apresenta fotografias que mostram o corpo negro em contraste com a cor amarela (foto à direita). 

Cinthia Marcelle
Também mineira, a artista Cinthia Marcelle foi a única brasileira a receber menção honrosa na Bienal de Veneza, em 2017 —um dos prêmios mais importantes do evento que reúne artistas de todo o mundo. Inspirada, principalmente, no caos da vida cotidiana em que atribui novos significados para objetos comuns (foto acima), ela tem fotografias expostas pela Galeria Vermelho. 

German Lorca
Aos 97 anos, o fotógrafo tem obras que marcaram os 70 anos de sua carreira exibidas pela Galeria Utópica. Lorca foi membro do Foto Cine Clube Bandeirante e um dos nomes responsáveis pela modernização da linguagem da fotografia no Brasil na primeira metade do século passado. Para transmitir, por exemplo, movimento por meio das imagens, ele desenvolveu a técnica de sobrepor dois negativos e ampliá-los numa só fotografia.

Luciana Magno
Com a pesquisa focada no corpo e ações performáticas, Luciana Magno firma o trabalho sobre questões políticas, sociais e antropológicas, relacionadas ao impacto da região amazônica. Na SP-Foto, ela é representada pela galerista Janaina Torres, e exibe imagens da série Orgânicas, que registra performances realizadas na Amazônia.

 

VISITAS

Circuito Ateliês Abertos
O evento reúne seis galerias que abrem as portas para o público conhecer os bastidores do processo criativo de artistas ligados à fotografia, no sábado (17). Participam três espaços localizadas no centro, a Pivô, o Atelier do Centro e a Residência Faap, com atividades das 14h às 18h. As outras três ficam na Vila Madalena, como o Ateliê Fidalga, o Vão - Espaço Independente de Arte e a Fonte. As visitas acontecem das 17h às 21h. 
Para mais informações, acesse: sp-arte.com.

Visitas Guiadas
Para quem quiser se aprofundar um pouco mais na história da fotografia, visitas guiadas acontecem durante todos os dias da SP-Foto. As atividades são divididas em quatro temas: Breve História da Fotografia, Fotografia e Modernidade, Corpos e Identidades e Cidades e Natureza, e contam com a presença dos especialistas Paola Fabres, Isabella Lenzi e Gustavo Colombini.
JK Iguatemi - Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Olímpia,tel.: 3152-6800. Breve História da Fotografia: Qua. (21): 18h e 20h. Qui. (22) a sáb. (24): 16h, 18h e 20h.Dom. (25): 15h, 17h e 19h. Fotografia e Modernidade: Qua (21): 18h30. Qui (22) a sáb (24): 16h30 e 18h30. Dom (25): 15h30 e 17h30. Corpos e Identidades: Qua. (21) a sáb. (24): 17h e 19h. Dom. (25): 16h e 18h. Cidades e Natureza: Qua. (21) a sáb. (24):  17h30 e 19h30. Dom. (25): 16h30 e 18h30. GRÁTIS 

 

BATE-PAPOS

Elogiemos os Homens Ilustres
O fotógrafo Bob Wolfenson conversa com o jornalista Matinas Suzuki sobre o livro “Elogiemos os Homens Ilustres” (Companhia das Letras), do escritor James Agee e do fotógrafo Walker Evans. O livro retrata os lavradores pobres do Alabama, em 1936, e discute os efeitos da Grande Depressão, um dos maiores períodos de recessão econômica nos Estados Unidos, que começou em 1929 e durou até o fim da Segunda Guerra, em 1939. 
Escrevedeira - R. Isabel de Castela, 141, Vila Madalena, região oeste, tel.: 94499-0141. Sáb. (17): 14h. GRÁTIS 

A Febre do Ouro: Serra Pelada, 1980-1986
Antes de Sebastião Salgado, o fotógrafo Jucá Martins registrou o garimpo na Serra Pelada, em que homens tentavam a sorte para encontrar ouro nos anos 1980. Vencedor do prêmio Esso de fotojornalismo, Martins conduz um bate-papo na galeria que expõe seu trabalho. Ali, ele fala sobre fotografia e o desenvolvimento da imprensa ilustrada no Brasil e no mundo.
Galeria Utópica - R. Rodesia, 26, Pinheiros, região oeste, tel. 3037-7349. Sáb. (17): 15h. GRÁTIS

A Imagem e a Fotografia na Era Digital
Margot Norton, curadora do New Museum, em Nova York, se une ao arquiteto paulistano Guilherme Wisnik na conversa sobre o impacto das fotografias que sofrem transformações digitais e os desdobramentos sociais consequentes desse movimento. A mediação é do escritor carioca Miguel del Castillo.
JK Iguatemi - Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Olímpia,tel.: 3152-6800. Qui. (22), às 17h. GRÁTIS 

O Sucesso Pode  Estragar a Fotografia?
Na conversa, Barbara Tannenbaum, curadora do Cleveland Museum of Arts, nos Estados Unidos, faz um panorama sobre a evolução da fotografia dentro do mercado da arte e a valorização da imagem como obra. Também participa Mario Cohen, galerista que representa Sebastião Salgado na feira. Ele reflete sobre as mudanças do mercado da fotografias no Brasil. 
JK Iguatemi - Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Olímpia,tel.: 3152-6800. Qui. (22): 19h. GRÁTIS

EXPOSIÇÕES

Espaços culturais

Instante
A exposição do fotógrafo Miguel Costa Júnior, especializado em automobilismo esportivo, apresenta paisagens paulistanas em movimento capturadas com a câmera do celular.
MIS - Av. Europa, 158, Jardim Europa, região oeste, tel. 2117-4777. Ter. a sáb.: 10h às 20h. Dom.: 10h às 19h. Até 18/8. Livre. mis-sp.org.br. GRÁTIS  

Letizia Battaglia
Conhecida por fotografar a máfia em Palermo, a italiana Letizia Battaglia é protagonista desta mostra, que tem curadoria de Paolo Falcone, responsável pela Fundação Sambuca. A exposição cobre quatro décadas de produção da fotojornalista e apresenta, além de imagens que mostram a atuação da máfia italiana entre as décadas de 1970 e 1980, retratos do cotidiano, da vida cultural e das transformações pelas quais passou a cidade de Palermo.
IMS Paulista - Av. Paulista, 2.424, Bela Vista, tel. 2842-9120. Ter., qua. e sex. a dom.: 10h às 20h. Qui.: 10h às 22h. Até 22/9. Livre. ims.com.br. GRÁTIS  

Oxímoro
Também chamada de paradoxismo, a figura de linguagem que designa a combinação de palavras de sentidos opostos batiza esta individual do fotógrafo Antonio Saggese. Nela, fotos, vídeos e projeções que retratam o cotidiano paulistano mesclam a primitiva técnica do pinhole, no qual um microfuro em um recipiente vedado para a entrada de luz faz as vezes de lente da câmera, com a tecnologia digital de captação de imagens.
Biblioteca Mário de Andrade - R. da Consolação, 94, Consolação, tel. 3775-0020. Seg. a sex.: 8h às 22h. Sáb. e dom.: 8h às 20h. Até 31/8. facebook.com/BibliotecaMariodeAndrade. GRÁTIS  

Un’Altra Storia
Com curadoria da própria galerista, a coletiva inclui 25 imagens de oito fotógrafos, como Antonio Garcia, Giovanna Nucci, Marcelo Greco, Nelson Porto e Pico Garcez. Ali, cada artista retrata a história sob sua ótica.
Bianca Boeckel Galeria - R. Domingos Leme, 73, Vila Nova Conceição, região sul, tel. 2691-1190. Qui. a sáb.: 12h às 19h. Até 22/9. Livre. Seg. a qua. somente com agendamento. Abertura qui. (22). biancaboeckelgaleria.com. GRÁTIS  

Wrong so Well
Carlos Moreira tem a sua carreira revisitada em 400 imagens expostas na mostra. O fotógrafo tem o olhar muito ligado aos temas urbanos de São Paulo e seus habitantes. A exposição é dividida entre obras inéditas, coloridas, digitais e preto e branco. 
Espaço Cultural Porto Seguro - Al. Br. de Piracicaba, 610, Campos Elíseos, tel. 3226-7361. Ter. a sáb.: 10h às 19h. Dom.: 10h às 17h. Até 21/10. Livre. espacoculturalportoseguro.com.br. GRÁTIS  

Imagem que integra a exposição no Espaço Cultural Porto Seguro  
Imagem que integra a exposição no Espaço Cultural Porto Seguro   - Divulgação

Galerias

Interiores, Retratos [e Paisagens]
Como o nome já prevê, a exposição do fotógrafo Luiz Braga reúne retratos e cenas de interiores que realçam o poder do artista de brincar com luz e cores, ora sutis, ora bem marcadas, com pessoas desenvolvendo atividades ou cenas vazias com olhar para a disposição de objetos.
Galeria Leme/AD - Av. Valdemar Ferreira, 130, Butantã, região oeste, tel. 3093-8184. Ter. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 10h às 17h. Até 28/9. Livre. Abertura sáb. (17), às 14h. galerialeme.com. GRÁTIS  

Renascimento
Com trabalho que incita o dialogo entre pintura e fotografia, a colombiana Adriana Duque apresenta uma série de 18 imagens que refletem sobre a pintura de retratos no período renascentista, quando cresceu o interesse pela individualidade.
Zipper Galeria - R. Estados Unidos, 1.494, Jardim América, tel. 4306-4306. Seg. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 11h às 17h. Até 31/8. Livre. zippergaleria.com.br. GRÁTIS

Unidades do Sesc

Gold - Mina de Ouro Serra Pelada
Mais de 50 imagens feitas por Sebastião Salgado no garimpo da Serra Pelada são exibidas pela primeira vez na mostra. Organizada pela mulher do fotógrafo, Lélia Wanick Salgado, e ocupando um andar inteiro da unidade, ela exibe desde impressionantes registros da tumultuada cratera, até detalhes do dia a dia dos mineiros, como o sobe e desce constante nas escadas de madeira.
Sesc Avenida Paulista - Av. Paulista, 119, Bela Vista, tel. 3170-0800. Ter. a sáb.: 10h às 21h30. Dom.: 10h às 18h30. Até 3/11. Livre. GRÁTIS  

Fotografia de Sebastião Salgado exibida em 'Gold - Mina de Ouro Serra Pelada', no Sesc Avenida Paulista
Fotografia de Sebastião Salgado exibida em 'Gold - Mina de Ouro Serra Pelada', no Sesc Avenida Paulista - © Sebastião Salgado

 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais