Veja as exposições que abrem na capital paulista esta semana

Entre os destaques, estão individuais de Miguel Rio Branco e Hudinilson Jr.

Clara Balbi
São Paulo

Dez mostras individuais e coletivas começam esta semana. Veja abaixo:

EL SILENCIO
Composta por oito pinturas e um conjunto de objetos, a individual da argentina Magdalena Jitrik reinterpreta sob um viés crítico vanguardas históricas, como o cubismo ou o neoplasticismo.
Galeria Luisa Strina - R. Pe. João Manuel, 755, Cerqueira César, região oeste, tel. 3088-2471. Seg. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 10h às 17h. Abertura ter. (4), às 19h. Até 27/7. Livre. GRÁTIS

DA INDONÉSIA À AMAZÔNIA 
A mostra reúne cerca de 60 fotografias da vida marinha, fruto das expedições da ONG Ocean Futures Society a países como Indonésia, Estados Unidos e Brasil.
Centro Cultural Fiesp - Av. Paulista, 1.313, Bela Vista, tel. 3322-0050. Ter. a sáb.: 10h às 22h. Dom.: 10h às 20h. Abertura ter. (4). Até 4/8. Livre. GRÁTIS

HUDINILSON JR.
Pioneiro da xerografia no Brasil, o artista morto em 2013 protagoniza uma retrospectiva na Galeria Jaqueline Martins a partir deste sábado (1º). No recorte de 140 peças exibido, trabalhos em suportes pouco associados à sua obra, como pinturas e esculturas, lançam luz sobre uma outra face de Hudinilson.
Galeria Jaqueline Martins - R. Dr. Cesário Mota Jr., 443, Vila Buarque, tel. 2628-1943. Ter. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 12h às 17h. Abertura sáb. (1º), às 14h. Até 3/8. Livre. GRÁTIS 

JULIO GONZÁLEZ - ESPAÇO E MATÉRIA
Com cerca de 70 peças, entre esculturas, desenhos, pinturas, fotografias e documentos, a mostra revê a trajetória do consagrado artista Julio González (1876-1942), conhecido como pai da escultura moderna em ferro. Com curadoria de Elena Llorens e inédita no país, a retrospectiva desvenda cada uma das etapas criativas do catalão, do início da carreira, na oficina de serralheria do pai, às colaborações artísticas e intelectuais com nomes como Picasso e Kandinsky.
Instituto Tomie Ohtake - R. dos Coropés, 88, Pinheiros, região oeste, tel. 2245-1900. Ter. a dom.: 11h às 20h. Abertura ter. (4). Até 4/8. Livre. GRÁTIS

MIGUEL RIO BRANCO
Um dos maiores nomes da fotografia do país, Rio Branco retoma a série "Maldicidade", publicada em um livro em 2014, na exposição que abre na Galeria Luisa Strina nesta terça (4). A individual mescla, assim, novos e antigos registros de metrópoles pelo globo. 
Galeria Luisa Strina - R. Pe. João Manuel, 755, Cerqueira César, tel. 3088-2471. Seg. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 10h às 17h. Abertura ter. (4), às 19h. Até 27/7. Livre. GRÁTIS

UM MINUTO E MEIO COM CABEÇA
O artista Ricardo Muñoz dialoga com o jornalismo televisivo e os meios contemporâneos de comunicação nesta exposição, organizada por Francisco Rosa.
Galeria Zero - Rua Simpatia, 23, Vila Madalena, região oeste, tel. 2364-2634. Seg. à sáb.: 11h às 20h. Abertura qua. (5), às 19h. Até 27/7. Livre. GRÁTIS

MILTON BLASER
O artista exibe na individual uma série de pinturas com cores vibrantes que retratam objetos do cotidiano. Na finissage marcada para o sábado (1º), ele conduz uma visita guiada pela mostra.
Casagaleria Oficina de Arte - R. Fradique Coutinho, 1.216, Pinheiros, região oeste, tel. 3841-9620. Ter. a sex.: 13h às 19h. Sáb.: 13h às 17h. Até sáb. (1º). Livre. GRÁTIS

TODO MAR TEM UM RIO
Com três metros de altura cada uma, quatro pinturas em sequência formam esta individual de Marina Rheingantz. Nas telas, imagens de pântanos, ribanceiras e galhos se confundem com padronagens típicas das tapeçarias marroquinas.
Fortes D'Aloia & Gabriel | galpão - R. James Holland, 71, Barra Funda, região central, tel. 3392-3942. Ter. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 10h às 18h. Abertura sáb. (1º), às 15h. Até 20/7. Livre. GRÁTIS

TORRENTE
O gaúcho Eduardo Haesbaert exibe um conjunto de pinturas e desenhos nesta exposição, sua segunda na galeria Bolsa de Arte. Desenvolvidas a partir de experimentos com gravura em metal, as paisagens de destruição que ele retrata refletem sobre a dicotomia entre luz e escuridão.
Galeria Bolsa de Arte - R. Mourato Coelho, 790, Pinheiros, região oeste, tel. 3097-9673. Seg. a sex.: 10h às 19h. Sáb.: 11h às 17h. Abertura ter. (4), às 19h. Até 13/7. Livre. GRÁTIS

TEMPOS VIVIDOS
Nesta coletiva, a artista Ninetta Rabner convida Evandro Jardim, Jacqueline Aronis, Nicolas Vlavianos, Sergio Fingermann e Silvia Mecozzi a dialogarem com a sua obra em seu ateliê.
Ateliê Ninetta Rabner - R. Cel. José Eusébio, 109, trav. Dona Paula, casa 37, Higienópolis. Seg. a sex.: 13h às 17h. Sáb. e dom.: 11h às 17h. Abertura sáb. (1º), às 11h. Até 7/6. Livre. GRÁTIS

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais