Descrição de chapéu artes plásticas
Exposições

Dissidente chinês, Ai Weiwei abre sua primeira exposição no Brasil

Mostra é a maior individual do artista já apresentada

Úrsula Passos
São Paulo

Ele já se fotografou destruindo um vaso chinês de mais de 2.000 anos. Também já retratou seu dedo do meio em gesto ofensivo na praça símbolo de Pequim, cercado de símbolos da revolução.
Ai Weiwei foi preso em 2011, ficou “desaparecido” por mais de 80 dias e esteve em prisão domiciliar até 2015.

O artista chinês abre neste sábado (20), na Oca, no parque Ibirapuera, sua primeira exposição individual no Brasil. “Raíz” é, também, a maior mostra de Weiwei, com 70 obras ocupando 8.000 m².

O artista participou da Bienal de São Paulo em 2010, com uma enorme obra com cabeças dos 12 animais do zodíaco chinês. 

A mostra de agora tem trabalhos já expostos anteriormente e obras inéditas, produzidas no Brasil, por artesãos locais pelo país.

Entre as já conhecidas estão “Forever Bicycles”, escultura gigante feita com bicicletas, instalada do lado de fora do parque, na avenida Pedro Álvares Cabral, e “Sunflower Seeds”, exposta pela primeira vez na Tate, em Londres, em 2010. A instalação tem 100 milhões de sementes de girassol de porcelana feitas por uma comunidade de mulheres do sul da China.

Em São Caetano do Sul, no ABC paulista, foram produzidas as porcelanas que compõem a obra “F.O.D.A.”, espécies de bibelôs de fruta-do-conde, ostra, dendê e abacaxi. E já flutua no lago do parque a “Law of the

Journey” (lei da jornada), uma escultura que representa refugiados em um barco.

A curadoria da exposição é de Marcello Dantas.

Oca - Pavilhão Lucas Nogeuria Garcez - Av. Pedro Álvares Cabral, s/ nº, portão 3, Parque Ibirapuera, região sul, tel. 3105-6118. Ter. a sáb.: 11h às 20h. Dom.: 11h às 19h. Até 20/1. Livre. Abertura sábado (20). Ingr.: R$ 20. Ingr. p/ eventin.com.br.


Obras feitas no Brasil

“F.O.D.A.”
Bibelôs de porcelana em forma de fruta-do-conde, ostra, dendê e abacaxi feitos em ateliê em São Caetano do Sul, no ABC paulista

“Ex-votos”
Pequenas esculturas de madeira talhadas em Juazeiro do Norte, no Ceará, que representam o artista chinês em algumas de suas obras
 

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais