Descrição de chapéu artes plásticas
Exposições

'Ex Africa', no CCBB, destaca arte contemporânea do continente

Mostra, que já foi apresentada no Rio, exibe obras de 20 artistas

“Albert Badin”, do senegalês Omar Victor Diop
“Albert Badin”, do senegalês Omar Victor Diop   - Omar Victor Diop/Magnin-A Gallery/Divulgação
Amanda Ribeiro
São Paulo

Para destacar a produção de jovens artistas contemporâneos do continente africano, o CCBB inaugura, neste sábado (28), a mostra “Ex Africa”.

Já apresentada em Belo Horizonte e no Rio, a exposição traz um panorama da produção artística do continente por meio de cerca de 90 obras —entre fotos, instalações, pinturas e vídeos— de 20 artistas, 18 oriundos de países africanos, como Gana, Senegal e Zimbábue, e dois brasileiros.

Dividida em quatro eixos temáticos — Ecos da História, Corpos e Retratos, O Drama Urbano e Explosões Musicais—, a mostra tem curadoria do alemão Alfons Hug, que dirigiu o Instituto Goethe em Lagos, na Nigéria, e será curador da Bienal do Mercosul deste ano.

Um dos destaques da mostra, o ganês Ibrahim Mahama apresenta a instalação   “Non-Orientable Nkansa II”. A obra é composta por centenas de caixas de engraxar sapatos, obtidas pelo artista nas ruas de Acra, capital do país, e homenageia o trabalho de homens e mulheres que migraram das regiões rurais para a cidade em busca de emprego.

Também exibirão seus trabalhos o senegalês Omar Victor Diop  , conhecido pelos retratos fotográficos posados, o sul-africano Mohau Modisakeng, que discute por meio de uma videoinstalação as marcas deixadas pelo apartheid, e o nigeriano Jelili Atiku, um dos destaques da Bienal de Veneza de 2017, que integra a programação de performances.

Para homenagear as raízes africanas na produção artística brasileira, a exposição incorpora ainda os trabalhos de Arjan Martins e Dalton Paula. Os dois exibem obras produzidas ao longo de uma pesquisa realizada em um bairro brasileiro em Abuja, capital da Nigéria.

Enquanto Martins explora temáticas como a diáspora africana e o tráfico de negros para o Brasil, Paula trabalha com questões relacionadas ao corpo e à individualidade.

CCBB - R. Álvares Penteado, 112, Centro, tel. 3113-3651. Seg. e qua. a dom.: 9h às 21h. Até 16/7. Livre. Abertura 28/4. GRÁTIS

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas

Ver mais